Siga o Blog, nas redes sociais

domingo, 13 de janeiro de 2013

“Teu nome é poesia”


Navegas nos sonhos de todos nós.
Deixa tua marca em cada escrito.
Conhece o segredo da minha alma aflita.
Palavras que por medo nunca serão ditas.

Descortina minhas noites de solidão.
Mostra a realidade dos meus desejos
Com seus poemas aquece o coração
E vou lendo e aprendendo com sua mansidão.

Faltam-me palavras para descrever teu canto
Em cada poema escrito me devolveste a magia
Palavra não tem para descrever o meu encanto.
Tu és pra mim, a luz da poesia.

Se eu compusesse uma linda melodia
Escolheria Danúbio azul de Straus
E no grande salão te convidaria
Ser meu par constante, na doce poesia.

(Clara Arruda)