Siga o Blog, nas redes sociais

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

INTERMEZZO



Fátima Irene Pinto


Sinto-me brutalmente bloqueada
em todo e qualquer nível de expressão.
Olho para trás em busca de situações e sentimentos
que esvaneceram-se contra a minha vontade.
Não posso resgatá-los,
não os alcanço mais.

Eu já os exauri, esgotei,
e confesso que nem sei onde venci ou fracassei.
Olho para frente e me perco na escuridão.
Nada se configura, além de amorfas
conjecturas de possíveis sonhos que ainda não sonhei.

Dentro e fora de mim, um vazio insustentável...
acho que cristalizei.
Então, aquieto-me na minha dor,
que de tanta e de tão grande,
encolhe-me ao estado de embrião.

Volto ao útero da "Grande Mãe",
levando comigo sementes infinitas em gestação.
E espero em espasmos, dolorida,
a última contração que me fará renascer...
viver...pra de novo morrer!

DESESPERO



Autora: Clicia Pavan


Cheia de saudades, me deito, rolo na cama
Mas o sono não chega...
Sinto falta do teu beijo, do teu cheiro...
No meu peito ficou essa vontade de te querer tanto
Um amor imenso, leva-me ao desespero.

Quando mesmo te querendo
Nego que te quero
Quando sonho contigo, com teu abraço
Fico confusa, não sei o que faço
Domina-me esse teu olhar
Penetrante e apaixonado...
Esse sorriso, esse jeito de olhar...
Essa forma tão tua de amar

Sinto saudade de cada momento,
Cada porção de felicidade
Que vivi ao teu lado.
Daria tudo por um beijo teu agora
Com a face molhada pelas lágrimas
Cheia de saudades, de desejos de ser amada
Adormeço pensando em ti...

DIFERENÇA



Autora: Mônica Ferreira Camargo

Saudades seu nome verdadeiro será amor
Fonte das emoções sentidas e até sonhadas
Aquele que acalentado nunca foi vivenciado
Mas pode nas solitárias horas ser imaginado.

No carinho que sendo expresso foi em quantidade
Deixou-se então perder aos poucos na qualidade
E ao tentar a diferença em sua vida fazer
O atalho que encontrei foi começar esquecer


Consciente desvendei meu direito e avesso
Escondendo fui é certo um coração sentido
A distância não culpo por esta despedida
E sim não existir real lugar em sua vida

No silêncio que chegar e nenhum som à ouvir
Nas palavras não proferidas e nada mais à sentir
Constatada será a ausência abrindo um novo lugar
À quem esperada, finalmente Você há de amar

A diferença que fiz em sua vida
foi não ter feito diferença...

CONQUISTA-ME

Walter Pereira Pimentel


Ternura no olhar
Luz no sorriso
Eis apenas o que é preciso
Se queres me conquistar.


Não é proibido fantasiar
Todos nós fantasiamos
E o que desejo é muito pouco, convenhamos
Para quem com o amor vive a sonhar.


Ah, gostaria que fosses exatamente assim!
Que o teu olhar refletisse todo desejo por mim...
Todo o teu querer, todo o teu gostar



Assim me quedaria feliz inteiramente
Teu olhar e teu sorriso teria comigo para sempre...
Meu coração pede: conquista-me! Quero te ama
r! 

AMANDO ...



Walter Pereira Pimentel

Quando seguro tua mão
E saímos a correr por parques e jardins
Parece que a vida mais sorri pra ti e pra mim
Sacode a nossa emoção!

Tudo fica diferente, nos tornamos bobos,
impacientes...
Só queremos estar juntos, abraçar, beijar...
O que importa mesmo para nós é amar
Nos comportamos como verdadeiros adolescentes!


Vemo-nos como donos do mundo,
dos parques, das ruas...
Nossos olhos brilham, dentro deles
conseguimos colocar a lua.
Andamos, pulamos, cantamos...
nada nos cansa

Escrevemos nossos nomes em troncos,
fazemos juramentos
Alimentamos com carinho a chama
dos nossos sentimentos
Vivemos o amor como um tempo de sonho
e de esperança

BRILHO PERDIDO



Autor: Rubenio Marcelo


Oh! como tudo passou sem querer...
E foi quase sem a gente perceber.
Você nem teve tempo pra me amar
e eu nem tive tempo pra ficar...
E assim, sem se notar,
tudo foi esvaindo-se pelo ar...

E as coisas que tínhamos pra falar
ficaram entravadas no meu ser,
ficaram ocultadas em você...
Mas não tem nada,
perdoe o meu coração
(ele não soube lhe entender);
que eu perdôo o seu coração
(ele não soube me querer).


Isso, às vezes, acontece
e logo tudo se esquece...
Logo, tudo vai findar,
e o que tínhamos pra falar,
sei que nem iremos mais lembrar...
Por isso, não vamos procurar
motivos para explicar
tudo que, enfim, aconteceu...

Pois isso é muito natural;
e a todo instante
há um caso igual;
tal qual
Você e Eu!

AMOR AMANTE



Autor: Carlos Saad

Ah, esse teu perfume que me deixa
saudade e desperta doce lembrança,
ainda está em minhas mãos...

Ah, esse teu olhar que minh'alma invade
e me desnuda a ser em louco desejo,
e desperta doce lembrança,
ainda está em meu olhar...

Ah, esse teu corpo que se entrega
e se perde na carícia, no beijo,
e que recebe meu corpo quase cego,
e desperta doce lembrança,
ainda sinto ao meu lado...

Ah, esse amor que me consome,
maltrata sufoca e conforta,
é alimento, é vida, sabor de pecado...
faz renascer minh'alma quase morta...

Ah, essa saudade que sinto a
todo instante...
e desperta doce lembrança,
é a certeza de que vivo,
de que amo... e sou amante...

Amor Bandido!


Ana Amélia Donádio

Você foi chegando de mansinho
Com jeitinho meigo e muito carente,
palavras doces e um olhar envolvente.
Era o homem perfeito,
o homem dos meus sonhos.

Ouvi da sua boca palavras que eu
jamais ouvira de outro alguém.
Me senti amada, desejada,
como nenhuma outra mulher.
Você me fez acreditar no amor puro e verdadeiro,
me fez sentir segura, sem medo de ser feliz.



Acabei me entregando a esse amor.
Uma entrega de corpo e alma.
Já não me importava com o mundo lá fora,
pois meu mundo era você.
Meu amor era puro e incondicional.

Mas como tudo na vida passa,
acordei desse sonho que parecia lindo.
Percebi que estava vivendo um pesadelo.
Não estava sendo amada, e sim usada,
que não era desejada, e sim dominada.



Entendi que tudo não passou de palavras.
Palavras que não me levaram a lugar nenhum,
apenas para um mundo de incertezas.
No peito fiquei com um vazio profundo,
e uma grande desilusão e tristeza.

O sonho acabou!
Vivi de mentirosas juras de amor eterno,
de promessas sem nexos que jamais foram cumpridas.
Hoje resta-me apenas uma companheira
chamada solidão,
juntamente com a certeza que te amei,
me entreguei e acreditei.
Pena que você tenha sido um amor bandido.

ANJO MENINA



Autor : Walter Pereira Pimentel

Uma figura angelical
Anjo menina
Assim te imagino e vejo
Dando causa às minhas fantasias
E razão aos meus desejos

Parece que vens do céu!
Sabes distinguir o bem do mal
Mexes com o meu coração
Fazendo girar meu pensamento
Com a força de um turbilhão
E o romantismo de um carrossel.

Em ti Deus colocou ternura
Amor...sensibilidade...candura...
Tudo enfim
E ainda me presenteou com a felicidade
Ao separar no teu coração
Um cantinho pra mim!


terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Veronica Shoffstall

Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

Ter amigos"


É caminhar pela estrada da vida sem olhar para o destino.

É algo profundo, divino!

É oferecer tudo e não esperar nada.

É esperar o inesperado.

É vencer o invencível.

Sentimento puro, incontestável, sublime!!!

Amigos?! Anjos abençoados.

Anjos que iluminam.

Fazem florescer luz sobre a rocha da vida.



Ter amigos é uma dádiva.

É ver no semblante um sorriso!

É com uma simples carícia instalar o melhor.

É auxiliar, torcer, vibrar!!!

Também é sentir saudades...

Assim são os amigos.

Assim sentem os amigos.

Maria Rita Avelar

São tantos os amigos, tantas as histórias pra contar, tantos tombos e risadas...

Tem amigo que aparece todo dia e quando não aparece telefona...

Tem amigo que eu fiz na fila do banco e que se faz presente até hoje...

Tem amigo que aparece só no dia do meu aniversário, mas isto prova que ele não esqueceu de mim...

Tem amigo da Faculdade, que passa cola, que mata aula junto e que passa aperto junto...

Tem amigo que aguenta a choradeira, os dias ruins, a melancolia, e até minha TPM...

Tem amigo que partiu sem tempo pra se despedir e deixou um imenso vazio...

Tem amigo já o deixou de ser e nem sabe...

Tem amigo que fala demais... mas sempre fala o que eu preciso ouvir...

Tem amigo que é muito sincero... ás vezes até demais...

Tem amigo que compra a briga da gente, tomas as dores, as tristezas e o sofrimento e parte pro ataque...

Tem amigo que eu convivo muito mais do que com a minha família...

Tem amigo que vira parente e parente que vira amigo...

Tem amigo que foi apresentado por outro amigo e agora já é amigo de todo os meus amigos...

Tem amigo que eu trago desde a infância e não me canso deles...

Tem amigo que surgiu agora e já ganhou espaço...

Tem amigo que some por um tempo e depois reaparece...

São tantos amigos, tantos tipos... Mas isto não importa...

O importante é que Foram, São e Sempre Serão os MEUS AMIGOS!!!

Verônica Luz

Amigos dividem seus sonhos,
mesmo que não se pareçam.
Amigos dividem suas lagrimas,
mesmo que provoque tristeza.
Amigos se apoiam uns nos outros,
para que os fortaleça.
Amigos de verdade perdoam,
mesmo que você não mereça.
Amigos são aquele que você precisa aqui perto,
Amigos são aquele que você precisa pra pensar, pra falar e que pode contar
Amigos são aqueles que dizem do mais profundo olhar
Com algumas palavras que vão te consolar
Amigos te fazem rir e chorar,
E não importa a distancia, nem o lugar
Sempre eles vão estar la pra te apoiar
São aqueles que não te deixam chorar
e te fazem pensar, o quanto amar.

Declaração aos amigos de uma forma caípira



Ces são o colírio do meu ôiu.
São o chiclete garrado na minha carça dins.
São a maionese do meu pão.
São o cisco no meu ôiu (o ôtro oiu - eu ten dois).
O limão da minha caipirinha.
O rechei do meu biscoito.
A masstumate do meu macarrão.
A pincumel do meu buteco.

Nossinhora!
Gosto dimais da conta docêis, uai.

Ces são tamém:
O videperfume da minha pintiadêra.
O dentifriço da minha iscovdidente.

Óiproceisvê,
Quem tem amigos assim, tem um tisôru!

Eu guárdêsse tisouro, com todo carin,
Do Lado Esquerdupeito !!!
Dentro do Meu Coração!!!

CONHECIDOS E AMIGOS: AS GRADAÇÕES



Amigo do peito.
Amigão.
Velho amigo.
Meu melhor amigo.
Conheço-o há muito tempo.
Conhecido metido a amigo.
Amigo que cai de turma e vira conhecido.
Sempre foi muito legal comigo.
Conhecido íntimo.
Conhecido afetuoso.
Conhecido que se diz amigo.
Conhecido que finge que não nos vê em certas situações.
Amigo intenso que não se vê há muitos anos.
Amigo passivo.
Amigo de convivência esparsa e rara.
Amigo de todas as horas.
Amigo das horas difíceis.
Amigo só de horas fáceis.
Amigos encrenqueiros.
Amigos adoráveis.
Amigos trabalhosos.
Amigo de Fé.
Conhecido de vista.
Falso íntimo.
Amigo a quem não se conhece pessoalmente.
Amigo da Internet.
Conhecido da Internet.
Chato da Internet.
Afinidade especial na Internet.
Amigo dela de quem foi caso secreto no passado.
Amiga dele de quem foi caso secreto no passado.
Ex–amigo que ainda não sabe que já é.
Candidato a ex-amigo.
Amizade que deixamos escapar.
Amizade unilateral.
Admiração sem amizade.
Amizade com inveja.
A mútua admiração da amizade.
A impossibilidade do amigo morto.Mario Prata

Se você é...



Se você é um vencedor,
terá alguns falsos amigos
e alguns amigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco,
as pessoas podem enganá-lo
Seja honesto e franco assim mesmo.

O que você levou anos para construir
Alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz,
As pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você,
mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja você que, no final de tudo
Será você ... e Deus.

E não você ... e as pessoas!

Amizade



Amigos verdadeiros, são para sempre porque...
não importa a distância,
no coração estarão sempre perto.
não importam as diferenças,
no coração sempre terão um ponto de acordo.
não importam as brigas,
no coração sempre haverá lugar para o perdão.
não importam circunstâncias,
sempre haverá um ombro para recostar,
mãos para ajudar,
olhos para enxergar e chorar de alegria e dor,
bocas para expressar as verdades e sorrir.
Amigos, verdadeiros são para sempre, porque
quando dois corações se unem, formando um só,
DEUS se manifesta ali, através do amor
e o amor é mais forte que a morte,
é benigno, paciente, tudo sofre, crê, supera.
não se ufana, nem se ensoberbece, apenas ...ama.
certamente, permanece.

TRAIÇÃO



Hoje,
que as memórias se esvaem
e os amigos fogem de mim,
só tenho minhas poesias
como amigas
confidentes,
mesmo assim,
impertinentes,
sem rima e vazias
não inspiram a menor confiança:
elas também me traem.

Martha Medeiros

"Tudo se passou como num teatro, eu e Gustavo os atores principais e, na platéia, os amigos. Dissemra que eu estava bonita, mas não existe noiva feia. Casei com Gustavo. Não casei com um namorado. Ele já era meu marido.
Agente casou no primeiro dia em que nos vimos, pulamos a parte do reconhecimento, foi desde inicio um salto sem rede. Estávamos predestinados, sabíamos disso antes mesmo de tocarmos um no outro. Mesmo quando houve brigas e implicâncias, elas faziam parte do querer-se. Não forjamos isso, aconteceu, e não se deve esnobar um presente do destino. Casamos porque já estávamos casados e não tinha cabimento fingir-se de solteiros.
Gustavo e eu trocamos alianças. Gustavo e eu dançamos a valsa. Gustavo e eu cortamos o bolo. Gustavo e eu fizemos tudo o que todos os noivos fazem, cumprimos o ritual até o fim. Quando chegamos ao hotel ele fechou a porta do quarto, a gente soubre que o nosso casamento não seria igual aos outros. Ele não disse enfim sós. Disse enfim juntos."

Teoria do Humanitismo (Quincas Borba)

Supõe tu um campo de batatas e duas tribos famintas. As batatas apenas chegam para alimentar uma das tribos, que assim adquire forças para transpor a montanha e ir à outra vertente, onde há batatas em abundância; mas, se as duas tribos dividirem em paz as batatas do campo, não chegam a nutrir-se suficientemente e morrem de inanição. A paz, nesse caso, é a destruição; a guerra é a conservação. Uma das tribos extermina a outra e recolhe os despojos. (...) aao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas.

Os dois horizontes



Dois horizontes fecham nossa vida:

Um horizonte, — a saudade
Do que não há de voltar;
Outro horizonte, — a esperança
Dos tempos que hão de chegar;
No presente, — sempre escuro, —
Vive a alma ambiciosa
Na ilusão voluptuosa
Do passado e do futuro.

Os doces brincos da infância
Sob as asas maternais,
O vôo das andorinhas,
A onda viva e os rosais.
O gozo do amor, sonhado
Num olhar profundo e ardente,
Tal é na hora presente
O horizonte do passado.

Ou ambição de grandeza
Que no espírito calou,
Desejo de amor sincero
Que o coração não gozou;
Ou um viver calmo e puro
À alma convalescente,
Tal é na hora presente
O horizonte do futuro.

No breve correr dos dias
Sob o azul do céu, — tais são
Limites no mar da vida:
Saudade ou aspiração;
Ao nosso espírito ardente,
Na avidez do bem sonhado,
Nunca o presente é passado,
Nunca o futuro é presente.

Que cismas, homem? — Perdido
No mar das recordações,
Escuto um eco sentido
Das passadas ilusões.
Que buscas, homem? — Procuro,
Através da imensidade,
Ler a doce realidade
Das ilusões do futuro.

Dois horizontes fecham nossa vida.Machado de Assis

Machado de Assis

A primeira glória é a reparação dos erros.
As ocasiões fazem as revoluções.
O amor é o rei dos moços e o tirano dos velhos.
O amor é o egoísmo duplicado.

Não se perde nada em parecer mau - ganha-se tanto como em sê-lo.

Também a dor tem suas hipocrisias.

O medo é um preconceito dos nervos. E um preconceito, desfaz-se - basta a simples reflexão.

Dormir é um modo interino de morrer.

O tempo é um rato roedor das coisas, que as diminui ou altera no sentido de lhes dar outro aspecto.

Matamos o tempo - o tempo nos enterra.

Amor repelido é amor multiplicado.

De todas as coisas humanas, a única que tem o fim em si mesma é a arte.

O destino, como os dramaturgos, não anuncia as peripécias nem o desfecho.

Não se ama duas vezes a mesma mulher.

A vaidade é um princípio de corrupção.

Não há alegria pública que valha uma boa alegria particular.

Suporta-se com muita paciência a dor no fígado alheio.

A fortuna troca, ás vezes, os cálculos da natureza.

Uma Criatura



Sei de uma criatura antiga e formidável,
Que a si mesma devora os membros e as entranhas,
Com a sofreguidão da fome insaciável.
Habita juntamente os vales e as montanhas;
E no mar, que se rasga, à maneira do abismo,
Espreguiça-se toda em convulsões estranhas.
Traz impresso na fronte o obscuro despotismo;
Cada olhar que despede, acerbo e mavioso,
Parece uma expansão de amor e egoísmo.
Friamente contempla o desespero e o gozo,
Gosta do colibri, como gosta do verme,
E cinge ao coração o belo e o monstruoso.
Para ela o chacal é, como a rola, inerme;
E caminha na terra imperturbável, como
Pelo vasto arealum vasto paquiderme.
Na árvore que rebenta o seu primeiro gomo
Vem a folha, que lento e lento se desdobra,
Depois a flor, depois o suspirado pomo.
Pois essa criatura está em toda a obra:
Cresta o seio da flor e corrompe-lhe o fruto,
E é nesse destruir que as suas forças dobra.
Ama de igual amor o poluto e o impoluto;
Começa e recomeça uma perpétua lida;
E sorrindo obedece ao divino estatuto.
Tu dirás que é a morte; eu direi que é a vida.

Machado de Assis



Quando ela fala, parece
Que a voz da brisa se cala;
Talvez um anjo emudece
Quando ela fala.

Meu coração dolorido
As suas mágoas exala,
E volta ao gozo perdido
Quando ela fala.

Pudesse eu eternamente,
Ao lado dela, escutá-la,
Ouvir sua alma inocente
Quando ela fala.

Minha alma, já semimorta,
Conseguira ao céu alçá-la
Porque o céu abre uma porta
Quando ela fala.

SAUDADE



Por que sinto falta de você? Por que está saudade?
Eu não te vejo mas imagino suas expressões, sua voz teu cheiro.
Sua amizade me faz sonhar com um carinho,
Um caminhar, a luz da lua, a beira mar.
Saudade este sentimento de vazio que me tira o sono
me fazendo sentir num triste abandono, é amizade eu sei, será amor talvez...
Só não quero perder sua amizade, esta amizade...
Que me fortalece me enobrece por ter você.

A uma senhora que me pediu versos



Pensa em ti mesma, acharás
Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
Doçura e paz.

Se já dei flores um dia,
Quando rapaz,
As que ora dou têm assaz
Melancolia.

Uma só das horas tuas
Valem um mês
Das almas já ressequidas.

Os sóis e as luas
Creio bem que Deus os fez
Para outras vidas.

No alto



O poeta chegara ao alto da montanha,
E quando ia a descer a vertente do oeste,
Viu uma cousa estranha,
Uma figura má.

Então, volvendo o olhar ao subtil, ao celeste,
Ao gracioso Ariel, que de baixo o acompanha,
Num tom medroso e agreste
Pergunta o que será.

Como se perde no ar um som festivo e doce,
Ou bem como se fosse
Um pensamento vão,

Ariel se desfez sem lhe dar mais resposta.
Para descer a encosta
O outro lhe deu a mão.

Círculo Vicioso



Bailando no ar, gemia inquieto vaga-lume:
- Quem me dera que fosse aquela loura estrela,
que arde no eterno azul, como uma eterna vela !
Mas a estrela, fitando a lua, com ciúme:

- Pudesse eu copiar o transparente lume,
que, da grega coluna á gótica janela,
contemplou, suspirosa, a fronte amada e bela !
Mas a lua, fitando o sol, com azedume:

- Misera ! tivesse eu aquela enorme, aquela
claridade imortal, que toda a luz resume !
Mas o sol, inclinando a rutila capela:

- Pesa-me esta brilhante aureola de nume...
Enfara-me esta azul e desmedida umbela...
Porque não nasci eu um simples vaga-lume? 

Livros e flores



Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?

Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor,
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor? 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

BONS AMIGOS



Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas! 

A uma senhora que me pediu versos



Pensa em ti mesma, acharás
Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
Doçura e paz.

Se já dei flores um dia,
Quando rapaz,
As que ora dou têm assaz
Melancolia.

Uma só das horas tuas
Valem um mês
Das almas já ressequidas.

Os sóis e as luas
Creio bem que Deus os fez
Para outras vidas.

No alto



O poeta chegara ao alto da montanha,
E quando ia a descer a vertente do oeste,
Viu uma cousa estranha,
Uma figura má.

Então, volvendo o olhar ao subtil, ao celeste,
Ao gracioso Ariel, que de baixo o acompanha,
Num tom medroso e agreste
Pergunta o que será.

Como se perde no ar um som festivo e doce,
Ou bem como se fosse
Um pensamento vão,

Ariel se desfez sem lhe dar mais resposta.
Para descer a encosta
O outro lhe deu a mão .

Círculo Vicioso



Bailando no ar, gemia inquieto vaga-lume:
- Quem me dera que fosse aquela loura estrela,
que arde no eterno azul, como uma eterna vela !
Mas a estrela, fitando a lua, com ciúme:

- Pudesse eu copiar o transparente lume,
que, da grega coluna á gótica janela,
contemplou, suspirosa, a fronte amada e bela !
Mas a lua, fitando o sol, com azedume:

- Misera ! tivesse eu aquela enorme, aquela
claridade imortal, que toda a luz resume !
Mas o sol, inclinando a rutila capela:

- Pesa-me esta brilhante aureola de nume...
Enfara-me esta azul e desmedida umbela...
Porque não nasci eu um simples vaga-lume?

Livros e flores



Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?

Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor,
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor?

A amizade consegue ser tão complexa



A amizade consegue ser tão complexa...
Deixa uns desanimados, outros bem felizes...
É a alimentação dos fracos
É o reino dos fortes

Faz-nos cometer erros
Os fracos deixam se ir abaixo
Os fortes erguem sempre a cabeça
os assim assim assumem-os

Sem pensar conquistamos
O mundo geral
e construimos o nosso pequeno lugar
deixando brilhar cada estrelinha

Estrelinhas...
Doces, sensiveis, frias, ternurentas...
Mas sempre presentes em qualquer parte
Os donos da Amizade...desconhecido

Feliz aniversário



Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós capacidade de recomeçar a cada ano.
Desejo a você, um ano cheio de amor e de alegrias.
Afinal fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.
Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes.
Fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus.
É ser grato, reconhecido, forte, destemido.
É ser rima, é ser verso, é ver Deus no universo;
Parabéns a você nesse dia tão grandioso.desconhecido

O USO DAS PALAVRAS OBSCENAS



Desmedido eu que vivo com medida
Amigos, deixai-me que vos explique
Com grosseiras palavras vos fustigue
Como se aos milhares fossem nesta vida!

Há palavras que a foder dão euforia:
Para o fodidor, foda é palavra louca
E se a palavra traz sempre na boca
Qualquer colchão furado o alivia.

O puro fodilhão é de enforcar!
Se ela o der até se esvaziar: bem.
Maré não lava o que a arvore retém!

Só não façam lavagem ao juizo!
Do homem a arte é: foder e pensar.
(Mas o luxo do homem é: o riso).Bertolt Brecht

A Lista



Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?Oswaldo Montenegro

BONS AMIGOS



Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis

Vinícius de Morais

Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.
Assim como o Oceano, só é belo com o luar
Assim como a Canção, só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem, só acontece se chover
Assim como o poeta, só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor, não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você!

Pela Luz dos Olhos Teus (Vinícius de Morais)

Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só pra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar
.

A Rosa de Hiroshima (Vinícius de Morais)

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada

Soneto a Quatro Mãos (Paulo Mendes Campos/ Vinicius de Morais)

Tudo de amor que existe em mim foi dado.
Tudo que fala em mim de amor foi dito.
Do nada em mim o amor fez o infinito
Que por muito tornou-me escravizado.
Tão pródigo de amor fiquei coitado
Tão fácil para amar fiquei proscrito.
Cada voto que fiz ergueu-se em grito
Contra o meu próprio dar demasiado.
Tenho dado de amor mais que coubesse
Nesse meu pobre coração humano
Desse eterno amor meu antes não desse.
Pois se por tanto dar me fiz engano
Melhor fora que desse e recebesse
Para viver da vida o amor sem dano.

De Repente (Vinícius de Morais)

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.
De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Vinícius de Morais

Ai, quem me dera terminasse a espera
Retornasse o canto simples e sem fim
E ouvindo o canto se chorasse tanto
Que do mundo o pranto se estancasse enfim
Ai, quem me dera ver morrer a fera
Ver nascer o anjo, ver brotar a flor.
Ai, quem me dera uma manhã feliz.
Ai, quem me dera uma estação de amor
Ah, se as pessoas se tornassem boas
E cantassem loas e tivessem paz
E pelas ruas se abraçassem nuas
E duas a duas fossem ser casais
Ai, quem me dera ao som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim
Ai, quem me dera ouvir o nunca-mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E, finda a espera, ouvir na primavera
Alguém chamar por mim.

Ausência (Vinícius de Morais)

Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar seus olhos que são doces...
Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres exausto...
No entanto a tua presença é qualquer coisa, como a luz e a vida...
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto...
E em minha voz, a tua voz...
Não te quero ter, pois em meu ser tudo estaria terminado...
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados...
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra amaldiçoada...
Que ficou em minha carne como uma nódoa do passado...
Eu deixarei...Tu irás e encostarás tua face em outra face...
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada...
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu...
porque eu fui o grande íntimo da noite...
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa...
Porque os meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
E eu ficarei só como os veleiros nos portos silenciosos
Mas eu te possuirei mais que ninguém, porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas,
serão a tua voz presente, tua voz ausente, a tua voz serenizada.

Soneto de Devoção (Vinícius de Morais)

Essa mulher que se arremessa, fria
E lúbrica em meus braços, e nos seios
Me arrebata e me beija e balbucia
Versos, votos de amor e nomes feios.
Essa mulher, flor de melancolia
Que se ri dos meus pálidos receios
A única entre todas a quem dei
Os carinhos que nunca a outra daria.
Essa mulher que a cada amor proclama
A miséria e a grandeza de quem ama
E guarda a marca dos meus dentes nela.
Essa mulher é um mundo! - uma cadela
Talvez... - mas na moldura de uma cama
Nunca mulher nenhuma foi tão bela!

Soneto do Amor Total (Vinícius de Morais)

Amo-te tanto meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.
Amo-te enfim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.
Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.
E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Soneto da Fidelidade

(Vinícius de Morais)

E tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meus pensamentos
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento
E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

Peixe e libra


Eduardo Baqueiro

Ela é do signo de peixes,
uma golfinha linda
Ele é de libra,
Um lobo solitário que se apaixonou
pela golfinha
Mas não sabia nadar
Sentava à beira da lagoa
e admirava sua amada
Suas palhaçadas e traquinagens
deixava o lobo feliz
Com o tempo ele se acostumou
com os respingos d'água
Aos poucos, molhava suas patas
e conseguia tocar a pele da amada
Esta, por sua vez,
se entregava nestes momentos
Seu olhar falava-lhe do amor
que os unia
O lobo já não temia a água
e aprendeu a nadar
A golfinha colocava-o em seu dorso
e passeava pelo mar afora
O amor os unia e eram felizes
Era um lobo do signo de libra
Tinha no coração a pureza
de uma criança
A valentia de uma fera selvagem
A golfinha era do signo de peixes
Tinha no coração a essência do amor
Acalmava seu lobo
e seu amor expandia no infinito...
O lobo desejava ser um peixe
Desejava viver com sua amada
nos oceanos do mundo
A golfinha desejava ter asas
ser um pássaro para, com seu lobo,
poder conhecer o mundo
Um completava o outro e,
Numa estranha simbiose,
eram felizes à sua maneira
Driblavam a natureza, fugiam do cotidiano
Amavam a lua que era o guia do lobo
Curtiam o sol que era o guia
da golfinha
Não viviam um sem o outro
Apesar da natureza não aprovar
esta união
Eram felizes
Simplesmente se amavam....

Eu te amo



Amo você
Não apenas por que estás comigo
Eu te amo por seres quem és
Pelo que recebo de ti
Pelo seu amor que chega até mim...

Amo você
Não apenas por que o amor é bonito
Eu te amo por ser uma pequena especial
Pelo carinho e atenção que recebo
Pela alegria que chega até mim...

Amo você
Não apenas porque és linda e gostosa
Eu te amo por seres a pequena
com quem sempre sonhei
Pelo prazer que recebo quando estamos juntos
Pelo tesão que chega até mim...

Amo você
Não apenas porque és uma parceira perfeita
Eu te amo por me tornares teu homem
Pelo êxtase que atinjo quando nos amamos
Pela sensação de paz que chega até mim...

Eu amo você
Não apenas porque tens ou és alguma coisa
Eu te amo pela soma do que és e tens
Pela bagagem que trazes em tua mala
Pela felicidade que sinto quando estou com você...

Eu amo você
Não apenas porque tenho motivos
Eu te amo porque meu coração quer
Pelo simples fato de você me fazer bem
Pela alegria que nos envolve quando, juntos,
nos encontramos...

Dia da Mulher

Eduardo Baqueiro

Mulher(minha), hoje é teu dia,

Mas não devia ser assim...

O teu dia é todo dia!

Todo dia é dia de dizer

algo bonito para você,

Todo dia é dia para te enviar flores,

Todo dia é dia para dizer

que não vivo sem você...

Não! Hoje não devia ser seu dia,

Pois todos os dias você é mãe

Todos os dias é a minha namorada

Todos os dias é a minha amante

Pois não há um dia sequer

que você deixa de ser mulher:

Mulher de minha vida

Mulher dos meus sonhos

Dos meus segredos mais secretos...

São teus todos os meus dias!

Crianças diferentes



Sou uma criança especial.

Sei que não consigo realizar tudo

que meus amiguinhos realizam.

Mas não gostaria de ser tratado

como uma criança diferente.

Minhas limitações não me impedem

de ser feliz, de sorrir e de amar.

Gostaria que as pessoas não vissem

minhas limitações.

Gostaria de ser tratado como

uma criança normal.

Gosto de brincar, estudar e ser feliz.

De ser tratado como meus amiguinhos.

Eles não vêem minhas diferenças...

Não me isole, trate-me como se não

tivesse limitações.

Assim eu não me importarei com elas.

Assim serei feliz.

Antes que seja tarde

O simples fato de amar
não te dá segurança para o futuro...
Assim como atirar uma semente no chão
não garante que florescerá uma rosa!

Amar vai além de suas expectativas
O coração tem sua própria lógica,
Suas regras ainda não foram compreendidas
O caminho é sempre traiçoeiro...

A dor é companheira daquele que ama
Amar significa abrir mão de suas convicções
Significa tomar novos rumos
Tornar-se tolo e ridículo se preciso for!

Não acreditar nos conselhos
de quem já percorreu o caminho
Cada um terá que fazer o percurso
e experimentar o gosto doce e ácido
da alegria e dá desilusão...

Porque a vida é assim
Aproveite o tempo que ainda tens
Hoje pode estar tudo bem
Amanhã, talvez, não haja mais tempo!

Não deixe nada para depois
Não acumule sentimentos no peito
Desejos são para serem realizados
Siga em paz contigo mesmo!

Quando o amor chegar

Esta paz que sentes no peito
É coisa passageira,
É apenas calmaria,
Prepara-te para a tempestade!

Assim é a vida...
Não te dará trégua,
Deixar-te-á apenas descansar.
O turbilhão está nascendo
Em teu peito.

Aquela bandida está chegando...
Está invadindo tua intimidade...
Já não irás dormir esta noite,
Teus pensamentos serão roubados.

É o amor que vem!
Chega sem pedir-te licença,
Acomodando-se em teu peito,
É a paz dizendo adeus.

Vive estes momentos de amor
Como se fosse a última vez,
Talvez o seja!
Não te importes,
Entrega-te aos braços de teu amor!

Talvez amanhã possa ser tarde...
Ela pode não esperar.
No peito, ela carrega muito amor
Pra dividir com aquele
Que se atreva a amá-la.

Assim como chegou
Ela poderá partir...
A dor se instalará no teu peito,
Mas sentirás a sensação doce de saber
que um dia ela te pertenceu!

Nós que não desatam Eduardo Baqueiro

Gostaria ao menos uma vez,
sentar em qualquer lugar com você.
Gostaria de que o mundo parasse para
que tivéssemos todo tempo só para nós
Gostaria de falar de nossas coisas,
mas sem nenhuma crítica,
sem nenhum rancor
Gostaria de saber como andas,
como tem sido sua vida,
se tem sido feliz ou se tem chorado
Gostaria de conversar com você
como se conversa com um velho amigo
Deixando de lado tudo que não
prestou para nós.
Gostaria de ouvir sua risada gostosa,
debochando do passado
e dos erros que ambos cometemos.
Gostaria de poder estar ao seu lado despido de qualquer sentimento inútil
Gostaria de não deixar para depois
Gostaria de que ele se realizasse brevemente
È uma necessidade de minha alma desfazer
os nós que ficaram no passado
Mesmo que eu quisesse,
eles não poderiam deixar de existir,
fazem parte da minha história
Talvez, também façam parte de sua história
e estes nós não desatam sozinhos
Talvez com pouco de amizade e boas risadas
possamos enterrar nossos erros
Não sei se significa alguma coisa pra você.
mas minha consciência me cobra
Gostaria de me olhar no espelho
e sorrir para mim mesmo
Sorrir satisfeito de ter desfeito mais um nó,
dentre muitos que tenho na vida.
Que bom seria...

Revelações de mim

Eduardo Baqueiro


Se um dia eu entrar em tua casa não te assustes
Foi a saudade que apertou demais meu coração...
Se sentires uma presença em teu quarto não te alardes
Sou eu que venho implorar teu amor
É o desejo que sinto por ti...

Se um dia tocarem teu corpo não te assustes
Sou eu, venho conferir o amor que me juras
Não que não acredite em tuas palavras
Mas meu corpo necessita sentir teu calor...


Se chegar sem muito falar,
olhe bem em meus olhos
Escute o que eles têm para te falar
Não te surpreendas com o que ouvires deles
Será a verdade guardada em meu peito
que eles te dirão...

Se eu nada disser,
não fiques preocupada, relaxa
Apenas me abras teus braços
e digas que me ama
Não quero ouvir mais nada...
Quero apenas sentir teu ritmo em contato
com meu corpo!

Se invadir tua intimidade não te preocupes
com teus segredos
Estarão todos guardados dentro de mim
E de lá jamais sairão...

Mas não me negues teu carinho e teu amor
Chegarei como um mendigo faminto!
Saberás o que desejo com apenas um olhar
Mata minha fome e a sede que tenho de ti!

Não ficarei muito tempo,
não quero roubar-te o sossego
Ficarei o suficiente para marcar teu coração
Para matar minha vontade de ti
E para matar tua sede de mim...

Assim como entrei, sairei de tua vida
Mas nunca mais seremos os mesmos...
Sentiremos na alma que a felicidade é real
Apenas ainda não podemos alcançá-lá.

Levarei o gosto de tua boca
O sal de teu suor em contato com minha língua
Levarei além de tua doce lembrança
A certeza de que não somos apenas um caso
Somos duas almas a caminho da perfeição

Pelo menos uma vez


Menina, não diga nada agora!
Qualquer coisa que possa dizer
vai estragar a mágica deste momento...
Deixe seus temores de lado
Meu coração está batendo,
descompassado,
por você...
Neste momento,
a única coisa que desejo
é sentir teus lábios colados ao meus!
Quero matar esta sede que sinto
por você
Uma sede que nunca acaba,
Aumenta quando você está ausente...
Esta boca cheia de feitiço e malícia
Me faz sentir menino novamente.
Vem menina, vem sentar no meu colo,
Vem sentir minhas mãos
acariciando seus cabelos,
Vem me provocar do jeito que
só você sabe,
Vem me envenenar com teu dengo...
Quero sonhar acordado,
olhando para teus olhos...
Quero viver meus melhores
momentos ao teu lado...
Pelo menos uma vez, menina,
não diga nada!
Me beije e me ame
somente...

Fragmentos de Amor


Eduardo Baqueiro

Interessante nosso caso!
Nosso amor parece ter encontrado a pitada certa
O tempero no ponto exato,
Pois não é doce demais, tampouco salgado...
Ele é algo difícil de se explicar.
É como uma rosa que teima nascer entre pedras,
Desafiando o calor intenso e a falta d'água
Mas, depois de algum tempo, suas raízes encontraram solo fértil
Então, na calada da noite, cresceu e se tornou uma linda rosa...
Uma rosa que é rosa à noite e é azul de dia.
Um amor que cresceu sem se importar onde ia chegar
E chegou onde está, mais seguro, mais tranqüilo
mais maduro.
Um amor que une uma peixinha e um lobo
Um lobo que aprendeu a amar o mar
para poder chegar perto de sua amada!
Uma peixinha que, de teimosa, ensinou um lobo a amá-la
Estranhos os caminhos do amor!
Maravilhosos os efeitos deste amor dentro de nós!
Desejo a nós dois muito tempo para dividirmos,
Muito amor para gastar,
Muitos sorrisos e muitas gargalhadas,
Porque a vida, apesar de seus contratempos, é linda!
Muito mais linda com você junto de mim!
Com amor e carinho

domingo, 15 de janeiro de 2012

É assim que te quero

É assim que te quero, amor,
assim, amor, é que eu gosto de ti,
tal como te vestes
e como arranjas
os cabelos e como
a tua boca sorri,
ágil como a água
da fonte sobre as pedras puras,
é assim que te quero, amada,
Ao pão não peço que me ensine,
mas antes que não me falte
em cada dia que passa.
Da luz nada sei, nem donde
vem nem para onde vai,
apenas quero que a luz alumie,
e também não peço à noite explicações,
espero-a e envolve-me,
e assim tu pão e luz
e sombra és.
Chegastes à minha vida
com o que trazias,
feita
de luz e pão e sombra, eu te esperava,
e é assim que preciso de ti,
assim que te amo,
e os que amanhã quiserem ouvir
o que não lhes direi, que o leiam aqui
e retrocedam hoje porque é cedo
para tais argumentos.
Amanhã dar-lhes-emos apenas
uma folha da árvore do nosso amor, uma folha
que há-de cair sobre a terra
como se a tivessem produzido os nosso lábios,
como um beijo caído
das nossas alturas invencíveis
para mostrar o fogo e a ternura
de um amor verdadeiro.Pablo Neruda

Ao Amor Antigo

O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
a antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho quanto mais amor.

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Amar

Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
e o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.

Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.

O Amor

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de *dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr'a saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar.

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.

Saudade


Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.
Pablo Neruda

As sem-razões do amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.
Carlos Drummond de Andrade

SONETO CV

Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
'Beleza, Bem, Verdade', eis o que exprimo;
'Beleza, Bem, Verdade', todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
'Beleza, Bem, Verdade' sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.
William Shakespeare

Poemas Famosos de Amor

Antes de amar-te, amor, nada era meu
Vacilei pelas ruas e as coisas:
Nada contava nem tinha nome:
O mundo era do ar que esperava.
E conheci salões cinzentos,
Túneis habitados pela lua,
Hangares cruéis que se despediam,
Perguntas que insistiam na areia.
Tudo estava vazio, morto e mudo,
Caído, abandonado e decaído,
Tudo era inalienavelmente alheio,
Tudo era dos outros e de ninguém,
Até que tua beleza e tua pobreza
De dádivas encheram o outono.
Pablo Neruda

Saudade

Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já... 
Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida...
 Saudade é sentir que existe o que não existe mais... 
Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam...
 Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: aquela que nunca amou.
 E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir saudades, passar pela vida e não viver. 
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Se eu te amasse mais

Se eu te amasse mais do que te amo agora,
Não teria a certeza que tenho de que vivo,
Eu vou te amar assim,
Por essa vida afora,
Guardando pra nós dois,
A causa e o motivo,
Se eu te amasse mais do que te amo agora,
Eu sei que meu olhar não te diria tanto,
Não te amei de repente,
E nem escolhi a hora,
Mas cuide deste amor,
Mesmo que haja pranto,
Às vezes, como hoje,
Eu só te sorriria,
Mas não importa muito,
No amor não há demora,
E se te amasse mais,
Talvez eu erraria,
Te dou o amor que tenho,
Amor que ri,
E que chora,
Seria um tempo em vão,
Eu sei que morreria,
Se eu te amasse mais do que te amo agora.

Quem Namora

Quem namora agrada a Deus. 
Namorar é a forma bonita de viver um amor.
 Não namora quem cobra nem quem desconfia. 
Namora, quem lê nos olhos e sente no coração as vontades saborosas do outro. Namora, quem se embeleza em estado de amor 
A pele melhor, o olhar com brilho de manhã. 
Namora, quem suspira, quem não sabe esperar, mas espera, quem se sacode de taquicardia e timidez diante da paixão. 
Namora, quem ri por bobagem, quem entra em estado de música da Metro, quem sente frios e calores nas horas menos recomendáveis. 
Não namora quem ofende, quem transforma a relação num inferno, ainda que por amor. Amor às vezes entorta, sabia? E quando acontece, o feito pra bom faz-se ruim. Não namora quem só fala em si e deseja o parceiro apenas para a glória do próprio eu. Não namora quem busca a compreensão para a sua parte ruim. O invejoso não namora. Tampouco o violento! Namorados que se prezam tem a sua música. E não temem se derreter quando ela toca. Ou, se o namoro acabou, nunca mais dela se esquecem. Namorados que se prezam gostam de beijo, suspiro, morderem o mesmo pastel, dividir a empada, beber no mesmo copo. Apreciam ternurinhas que matam de vergonha fora do namoro ou lhes parecem ridículas nos outros. Por falar em beijo, só namora quem beija de mil maneiras e sabe cada pedaço e gostinho da boca amada. Beijo de roçar, beijo fundo, inteirão, os molhados, os de língua, beijo na testa, beijo livre como o pensamento, beijo na hora certa e no lugar desejado. Sem medo nem preconceito. Beijo na face, na nuca e aquele especial atrás da orelha no lugar que só ele ou ela conhece. Namora, quem começa a ver muito mais no mesmo que sempre viu e jamais reparou. Flores, árvores, a santidade, o perdão, Deus, tudo fica mais fácil para quem sabe de verdade o que é namorar. Por isso só namora quem se descobre dono de um lindo amor, tecido do melhor de si mesmo e do outro. Só namora quem não precisa explicar, quem já começa a falar pelo fim, quem consegue manifestar com clareza e facilidade tudo o que fora do namoro é complicado. Namora, quem diz: "Precisamos muito conversar"; e quem é capaz de perder tempo, muito tempo, com a mais útil das inutilidades e pensar no ser amado, degustar cada momento vivido e recordar palavras, fotos e carícias com uma vontade doida de estourar o tempo e embebedar-se de flores astrais. Namora, quem fala da infância e da fazenda das férias, quem aguarda com aflição, o telefone tocar e dá um salto para atendê-lo antes mesmo do primeiro trim. Namora quem namora, quem à toa chora, quem rememora, quem comemora datas que o outro esqueceu. Namora quem é bom, quem gosta da vida, de nuvem, de rio gelado e de parque de diversões. Namora quem sonha, quem teima, quem vive morrendo de amor e quem morre vivendo de amar.

Minha menina

Sempre que olho para o céu Sinto uma vontade de ter asas Voar para te encontrar 
Uma vontade de possuir você Você que me ama Sabe o que sinto 
Quando olho para o céu 
Às vezes chega até doer As estrelas me lembram você
 Tão linda, tão iluminada 
Mas tão distante de mim 
Perdoe-me amor
 Não me canso de pensar 
Que um dia poderei tocar você 
Dizer pessoalmente 
O bem que me fazes
 O quanto és importante
 Às vezes penso que você é apenas um sonho...
 Que um dia eu irei acordar
 E viver somente da saudade que sentirei de você
 Hoje está frio em meu quarto 
Sinto mais ainda tua falta 
Vontade de tirar você dos meus sonhos e trazê-la para minha realidade
 Ouço tua voz dizendo que me ama e que és minha menina 
Me entristeço, confesso... 
Não sei se devia... 
Mas o que fazer se te amo demais? 
O mar traz tua lembrança 
Sei que tua essência vem dele 
Assim como a minha também 
Por isso sinto tua falta 
Teu amor me alimenta
 Teus dengos me animam
 Teus carinhos me excitam 
Tua voz me embriaga
 Estou só em meu quarto
 Mas estou com você em meu coração 
Desejando que meu amor tenha uma boa noite 
Que seus sonhos sejam lindos como são os meus
 Que eu possa estar com você caminhando de mão dadas pela praia... 
Não sei o que será do futuro 
Nem quero pensar 
Somente desejo curtir você
 Enquanto for minha somente minha...

Fragmentos de Amor

Interessante nosso caso! Nosso amor parece ter encontrado a pitada certa O tempero no ponto exato, Pois não é doce demais, tampouco salgado... Ele é algo difícil de se explicar. É como uma rosa que teima nascer entre pedras, Desafiando o calor intenso e a falta d´água Mas, depois de algum tempo, suas raízes encontraram solo fértil Então, na calada da noite, cresceu e se tornou uma linda rosa... Uma rosa que é rosa à noite e é azul de dia. Um amor que cresceu sem se importar onde ia chegar E chegou onde está, mais seguro, mais tranqüilo mais maduro. Um amor que une uma peixinha e um lobo Um lobo que aprendeu a amar o mar para poder chegar perto de sua amada! Uma peixinha que, de teimosa, ensinou um lobo a amá-la Estranhos os caminhos do amor! Maravilhosos os efeitos deste amor dentro de nós! Desejo a nós dois muito tempo para dividirmos, Muito amor para gastar, Muitos sorrisos e muitas gargalhadas, Porque a vida, apesar de seus contratempos, é linda! Muito mais linda com você junto de mim! Com amor e carinho.

Quando o amor chegar

Esta paz que sentes no peito É coisa passageira, É apenas calmaria, Prepara-te para a tempestade! Assim é a vida... Não te dará trégua, Deixar-te-á apenas descansar. O turbilhão está nascendo Em teu peito. Aquela bandida está chegando... Está invadindo tua intimidade... Já não irás dormir esta noite, Teus pensamentos serão roubados. É o amor que vem! Chega sem pedir-te licença, Acomodando-se em teu peito, É a paz dizendo adeus. Vive estes momentos de amor Como se fosse a última vez, Talvez o seja! Não te importes, Entrega-te aos braços de teu amor! Talvez amanhã possa ser tarde... Ela pode não esperar. No peito, ela carrega muito amor Pra dividir com aquele Que se atreva a amá-la. Assim como chegou Ela poderá partir... A dor se instalará no teu peito, Mas sentirás a sensação doce de saber que um dia ela te pertenceu!

Soneto

Ouvi, senhora, o cântico sentido Do coração que geme e s´estertora N´ânsia letal que mata e que o devora E que tornou-o assim, triste e descrido. Ouvi, senhora, amei; de amor ferido, As minhas crenças que alentei outrora Rolam dispersas, pálidas agora, Desfeitas todas num guaiar dorido. E como a luz do sol vai-se apagando! E eu triste, triste pela vida afora, Eterno pegureiro caminhando, Revolvo as cinzas de passadas eras, Sombrio e mudo e glacial, senhora, Como um coveiro a sepultar quimeras!

Frase Romântica

De meus sentimentos, restaram apenas mágoas e palavras não ditas. O passado não importa mais, só importam as lembranças de que um dia eu capaz de amar alguém, e enquanto houver o silêncio das palavras e o som de uma música que marcou alguma coisa importante, eu vou lembrar de tudo o que houve entre nós e desejar que eu possa transformar meu passado em algo, no futuro, bom e gostoso de lembrar.

Mensagens que quero te falar

Quando vires nevoeiro e sinal que vai chover; São as lágrimas dos meus olhos a chorar por não te ver. Bom dia, quando sentires a terra a estremecer, não te preocupes, o meu coração que por ti esta a bater. Saudade não quer dizer que estejamos longe... mas sim que um dia estivemos juntos! Sentir o teu cheiro, a tua voz doce, o teu olhar meigo, causam em mim 1001 sensações que só tu me fazes sentir! Quando te vejo nos olhos e não te posso falar, vai no meu coração o que diz o meu olhar. Deves estar cansada e sabes porque? Porque andaste a passear na minha cabeça toda a noite. A importância de uma pessoa não se constata quando estamos com ela, mas sim quando sentimos a sua falta. O dia tem 24 horas e eu divido assim: -12 horas para te amar; -12 horas para pensar em ti. Noticia de ultima hora: o céu esta em guerra, pq o anjo + bonito desceu a terra...Tu! Não me queres emprestar 50$ para telefonar a minha mãe para lhe dizer que encontrei o homem da minha vida? A noite qdo olhares pro céu repara na estrela + brilhante. Essa és tu...o resto do Universo e o amor q sinto por ti Amar não e aquilo que queremos sentir mas sim aquilo que sentimos sem querer! AMO-TE! O toque de quando recebo mensagens tuas fazem de mim o homem mais feliz do mundo.

Sonho de Amor

Sonho, a gente só se dá conta dele depois que acorda, depois que ele acabou… E fica aquela vontade na gente de sonhar mais um pouquinho. Existem pessoas que são um sonho. Um sonho pelo qual a gente dormiria a vida inteira. Mas o destino vem e nos acorda violentamente… E nos leva aquele sonho tão bom… Existem pessoas que são estrelas. Doces luzes que enfeitam e iluminam as noites escuras de nossas vidas. Mas vem o amanhecer e nos rouba com toda a sua claridade aquela estrela tão linda. Existem pessoas que são flores. Belezas discretas que alegram o nosso caminho. Mas com o tempo, as flores murcham, e nos enchem de saudade de sua cor e de seu perfume. Existem, finalmente,as pessoas que são simplesmente amor. Um amor doce como o mel de uma flor… que desabrochou numa estrela e que veio até nós num lindo sonho! E ainda bem que são amor, porque flores, estrelas ou sonhos, mais cedo ou mais tarde, terminam… mas o amor… o amor não termina nunca… Sonho e Amor

Mensagem Apaixonada

Quando estamos sozinhos, procurando inutilmente uma paixão ou alguém que pelo menos se encaixe naquilo que tanto esperamos, de um amor perdemos tempo imaginando que ainda somos capazes de dizer ao coração quando é a hora certa de se apaixonar, ou por quem isso deve acontecer. Hoje sei que nada disso pode ser previsto, estamos sempre vulneráveis a sentimentos que surgem de repente e de que uma hora para a outra conseguem conquistar nossos corações e desfazer qualquer plano feito anteriormente você chegou na minha vida, assim como uma brisa suave que foi ocupando espaço e que conquistou um lugar muito especial seu jeitinho carinhoso, seu sorriso que encanta e o brilho especial no seu olhar foram mais que suficientes para que eu me entregasse de corpo e alma a esse sentimento. E quando me dei conta já estava apaixonada... Te Amo! e a cada dia que passa percebo que você chegou na hora certa. Um beijo

Nosso amor foi como a flor

Nosso amor foi como a flor, guarda sempre lembranças coloridas de paixão. Calor comovente de um beijo, paz feliz de um abraço. Tudo isso pequenino, sonho que não morreu nem acabou, flor de eterno amor, pétalas que não secam nem desbotam. E hoje que completas mais uma primavera no jardim do nosso amor, quero lembrar-te dos nossos sonhos, agradecer a felicidade doada, rezar pela longevidade da vida e dizer-te ao ouvido que nossa flor seja sempre, para sempre amor.

Feliz em conhecer você

Na vida damos muitas voltas… E, durante esses giros encontramos muitas pessoas que nos marcam e que nos deixam alguma coisa especial. Com você foi assim… A gente se conheceu de repente naquele jeito que somente a vida nos prepara e gostei da sua forma de falar, de agir, de me tratar, você já está sendo especial em minha vida. Já ganhou um espaço íntimo em meu coração espero que você também tenha tido a mesma impressão de mim. Pois estou alegre por ter conhecido uma pessoa tão legal como você, tão diferente, tão agradável… É não sei não… Mas gostei de você e quero te falar que eu estou feliz por ter conhecido você! Você também, ficou feliz em me conhecer?

O Torcedor



Todo o torcedor é fanático pelo seu time do coração,

Mesmo ganhando ou perdendo num jogo de futebol .
O torcedor gosta de torce para valer,

Mesmo se o time está quase para cair na

Segunda divisão ou subi para a primeira

Divisão do campeonato de futebol.

Mas orgulho do torcedor é ver seu

Time jogando como se

Fosse uma final de copa do mundo.

AUTOR: Alex Lopes Ozorio, 2009...

Poema :_A Lua_



A Lua


Um dia estava

Olhando para

A lua e pensei,

Será que a

Lua se diverte

lá no céu

Mas a lua é tão bonita.

Será que quando

O Americano chegou á

Lua gostou

Mesmo se ela não gostou

Eu adoro ver a lua.

Lua eu te amo.


(Este foi meu primeiro poema que escrevi a data dele é  18 de outubro de 2007 )
Escrito por Alex Lopes Ozorio 

Um amor que deixou marca 1 e 2

O escritor da Madrugada (Alex Lopes Ozorio)


O ano passado eu comecei á estudar de manha na minha escola .
Passando alguns dias eu na hora do recreio vi uma garota que no passar dos dias está garota não saia da minha cabeça então eu comecei a gostar dela.

Um certo dia meu primo e meu colega estava falando dela e falei para eles que eu gostava dela, mas meu único problema era que sou tímido e tinha vergonha de chegar nela e falar que gostava dela.

Todo dia que passava na hora do recreio eu olhava para ela e ela para mim e não fazia nada me dava uma tristeza no coração e minha cabeça falava :-" vai chega nela e fala tudo que você sente ", mas eu nada .

Então cada dia que via ela não fazia nada sentia uma cobrança dentro de mim que eu ficava bravo com migo mesmo .

Até que passando alguns dias uma cara bem arrumado, bonito começou a querer ficar com ela , quando eu via ficava com ciúmes, mas mesmo assim ainda gostava dela .

Quando estava acabando o ano eu adicionei no meu orkut, para ver se eu consegui ter pelo menos uma chance , mas ela não me aceitou na hora fiquei desaminado com vontade de morrer.

No ultimo dia de aula eu fiquei junto com meus colegas e desanimado.

Nas férias eu mesmo sem ver ela não conseguia tira ela da cabeça.

Em 2010,voltando as aulas eu tive coragem para chegar nela , mas o pior estava por vim.

Antes de chegar nela perguntei para meu colega que conhecia ela e perguntei se ela estava solteira , ele falou que não estava ficando com um cara e logo depois ela começou a namorar com ele, eu quando escutei deu um desanimo e uma dor no coração.

Mas até hoje o incrível que pareça eu ainda sinto o mesmo amor que sentia quando eu vi ela primeira vez .

Escrito em 2011....
Autor:- Alex Lopes Ozorio------- Um amor verdadeiro nunca acaba pois ele nunca termina isto que é amor

Texto 2 

Como havia contado a vocês no primeiro texto sobre o começo desta paixão, agora irei contar o que aconteceu.
O tempo passou desde 2009, quando comecei a me apaixonar por ela, mudou muito, várias coisas ocorreram.
Em 2010, esta garota que irei chamar de Maria, começou a namorar um tal de João, um homem de família rica , que depois de  alguns anos viria ser meu amigo. 
Com isto ela começou a trabalhar e foi estudar a noite, mas como a família é religiosa eles levava ela para a missa e eu incrível que parasse comecei de fazer crisma e tinha que ir para missa.
Eu na dia nem sabia quem era este homem que ela estava namorando e nem gostaria de saber, mas acabei sabendo e conhecendo o homem que roupou ela de mim. 
Em 2010, logo que iniciou as aulas , estava no em Marmeleiro,no interior do Panará, Brasil. 
Foi lá que via que ela foi importante para mim tanto no amor, quanto na vida escola que começava a dar meus primeiros passos para que sou hoje.
Quando voltei para Monte Azul Paulista, minha cidade natal , estava preparado para chegar nela e claro meus colegas me deram o maior apoio. 
Então voltou as aulas e estava preparado, mas antes de chegar nela , perguntei a um colega que conhecia ela e perguntei se ela estava namorando na hora ele falou que ela estava namorando e na hora até fiquei feliz, mas no outro dia foi como se eu tivesse perdido alguém em especial. 
Mas o tempo passou comecei a fazer academia, minha paixão por livro só aumentava e minha solidão estava firme como sempre. 
Um tempo depois comecei a fazer Crisma e ela começou a trabalhar e a estudar a noite. 
Nisto eu comecei a ir para missa e ela incrível que pareça ia com a seu namorado , sogra e cunhada. 
E assim vai passando os dia eu, na escola começava a me destacar depois que passei na Olimpíada de Geografia em 2 lugar , que foi minha maior vitória. 
Com isto ela ficava meio de lado, pois eu estava me dedicando aos estudos e tinha que respeitar o relacionamento dela. 
Então em 2011, ela voltou a estudar de manha na escola eu já estava no 2 colegial e ela no seu ultimo ano na escola,que viria acabar de vez está paixão.
Logo no inicio do ano voltando as aulas ela, voltou a estudar de manha e eu do mesmo jeito. 
Com isto eu via uma nova chance, só na minha cabeça, mas quem sabe?
Cada dia que passava via ela e pensava em tentar de novo, mas ela ainda namorava com o João.
Eu aqui escrevendo me lembrei dela na quela época, moça bonita, gentil. 
A vida continuava eu ia para a missa todos os domingos a noite e ela também com seu namorado, sogra e cunhada, me lembro até que um dia ela mostrando eu para elas de longe falando que eu gostava dela (graça a ela eu aprendi a fazer leitura labial).
Todos nós sabemos quando uma garota não gosta de um homem ela faz uma cara que só por Deus para ter coragem de olhar para ela.
É com migo aconteceu isto um sento dia ela olhou para mim, só faltando me matar pelos olhos, depois deste dia parei por um tempo de ir para missa aos domingos de noite e comecei a ir de manha, parei até de sair na sala de aula para não ver ela e até adiantou pois ela começava a me olhar diferente não sei se era por que estava ficando forte ou por que minha beleza encantava ela .
O tempo passa e eu na escola continuava bem, sem ninguém e foi neste ano que escrevi este texto "Um amor que deixou marca", e criei meu Blog e comecei a escrever. 
Por meu azar no final da quele ano ela terminou seu namoro com João e eu nem sabia, fui saber depois em 2012. 
É senhoras e senhores leitores que estão lendo está história, apesar de nunca ter conversado com ela , aprendi diversas coisas uma delas era a paixão pelos livros e educação , aprendi que devemos lutar pelos nossos sonhos e ela não só me ensinou isto como fez meu mundo mudar.
Eu não irei revelar quem é esta pessoa que me conquistou, mas gostaria de um dia poder te contar está história pessoalmente , quem sabe se um dia. 
Mas agora o tempo é outro não pudi te falar nada, mas você sabia que gostava de você. 
Infelizmente nós não se encontramos e cada um foi para um lado estou seguindo meu caminho e você o seu que Deus te de toda sorte do mundo e que seus sonhos se realizem , quem sabe um dia nós se conhecemos pessoalmente e podemos conversar um pouco.
Mas enquanto isto não ocorre irei ficar aqui escrevendo meus poemas, textos, crônicas, quem sabe um dia publicarei um livro. 


E"u sou o poeta da madrugada e tenho orgulho isto pois se eu não tivesse olhado para ela lendo aquele livro, posso te falar que este Blog, não estaria hoje mostrando estás coisas que gosto, graças a ela , mas hoje posso garantir que ela só foi uma que participou da minha vida. 
Ela só foi uma inspiração para mim e hoje estou postando isto por que gosto de ver você vendo minhas postagens do meu Blog ."

Alex Lopes Ozorio, O escritor da Madrugada ....

AMOR E LUZ

Rosana Hermann
Radical assim, sim. Você gosta do que você é. Você admira quem tem as qualidades que você também acha que tem ou gostaria de ter. Você gosta do que lhe diz respeito, gosta das pessoas que têm seu sangue, das que você elege, das que não ameaçam você. Você e o mundo são assim. Todos os seres humanos são assim, racionalmente. Na tv, concordamos com quem diz o que nós pensamos. No jornal, damos crédito a quem escreve o que nos representa. No fundo, nós só gostamos de nós mesmos. Leio uma crítica do Ricardo Feltrin e adoro-a. Claro, ela reflete o que eu também penso, tenho que gostar. Dela, a crítica, dele, o crítico.
Cada ser humano se sente o centro do mundo, vê tudo sob sua ótica e só ama a si mesmo. Até sua falta de auto-estima prova que seu interesse é só um, ele próprio. Egoístas. Todos somos. E aí vem o amor. E dá uma rasteira no nosso ego imbecil. O amor. Que subitamente faz com que a gente ame alguma coisa, alguém, que é um não-eu. Não é a mamãe, nem o papai, vovó, titio, filhinho. É outra pessoa. De outra família, outro lugar, que tem outra história. Muitas vezes, é até de outro sexo. E amamos esta pessoa sem saber como ou por quê. Porque o amor não é verbo que a gente conjuga na primeira pessoa de forma racional, amor é verbo que faz da gente objeto. O amor acontece. E só quem aprende, entende, exercita o amor sabe que sua potência, sua imensidão. Quem nunca amou, pode achar que sabe mas não sabe. Amor é único, não parece com nada. O que mais se parece com amor deve ser chocolate. Ou queijo. Quando a gente tem vontade de comer chocolate não serve mais nada. Só chocolate mesmo. Queijo é assim também. É uma coisa em si. No fundo, todo mundo que vive em desamor, de forma pontual ou em longas doses ao longo dos anos, vai ficando amargo. Depois azedo. Depois, podre. As pessoas ruins, ácidas, infelizes, que não sentem prazer, vivem anestesiadas. São sempre as mais ranzinzas, as mais chatas, as que alfinetam, as que ferroam sem parar. Não são rompantes normais da ira, é um azedume que contamina tudo, uma humidade triste de quem vive sem luz, onde o bolor diário da inveja cresce. É triste, isto. Gente que vive embolorada por dentro, por falta de amor e sol. Lamento por todas elas. Porque se elas se lançassem ao amor, mudariam num instante. No dia dos namorados, só posso desejar muito amor a todos.
Extraído do site: www.queridoleitor.zip.net

A ESCOLHA DO SEU PAR



Nos bailes, as mulheres faziam um verdadeiro teste psicológico, físico e social de um futuro marido e obtinham o que poucos testes psicológicos revelam"

Há trinta anos, os adolescentes encontravam o sexo oposto em bailes de salão organizados por clubes, igrejas ou pais responsáveis preocupados com o sucesso reprodutivo de seus rebentos.

Na dança de salão o homem tem uma série de obrigações, como cuidar da mulher, planejar o rumo, variar os passos, segurar com firmeza e orientar delicadamente o corpo de uma mulher. Homens levam três vezes mais tempo para aprender a dançar do que mulheres. Não que eles sejam menos inteligentes, mas porque têm muito mais funções a executar. Essa sobrecarga em cima do homem permite à mulher avaliar rapidamente a inteligência do seu par, a sua capacidade de planejamento, a sua reação em situações de stress. A mulher só precisa acompanhá-lo. Ela pode dedicar seu tempo exclusivamente à tarefa de avaliação do homem.

Uma mulher precisa de muito mais informações do que um homem para se apaixonar, e a dança permitia a ela avaliar o homem na delicadeza do trato, na firmeza da condução, no carinho do toque, no companheirismo e no significado que ele dava ao seu par. Ela podia analisar como o homem lidava com o fracasso, quando inadvertidamente dava uma pisada no seu pé. Podia ver como ele se desculpava, se é que se desculpava, ou se era do tipo que culpava os outros.

Essa convenção social de antigamente permitia ao sexo feminino avaliar numa única noite vinte rapazes entre os 500 presentes num grande baile. As mulheres faziam um verdadeiro teste psicológico, físico e social de um futuro marido e obtinham o que poucos testes psicológicos revelam. Em poucos minutos conseguiam ter uma primeira noção de inteligência, criatividade, coordenação, tato, carinho, cooperação, paciência, perseverança e liderança de um futuro par.

Infelizmente, perdemos esse costume porque se começou a considerar a dança de salão uma submissão da mulher ao poder do homem, porque era o homem quem convidava e conduzia a mulher.

Criaram o disco dancing, em que homem e mulher dançam separados, o homem não mais conduz nem sequer toca no corpo da mulher. O som é tão elevado que nem dá para conversar, os usuais 130 decibéis nem permitem algum tipo de interação entre os sexos.

Por isso, os jovens criaram o costume de "ficar", o que permite a uma garota conhecer, pelo menos, um homem por noite sem compromisso, em vez de conhecer vinte rapazes numa noite, também sem compromissos maiores.

Pior: hoje o primeiro contato de fato de um rapaz com o corpo de uma mulher é no ato sexual, e no início é um desastre. Acabam fazendo sexo mecanicamente em vez de romanticamente como a extensão natural de um tango ou bolero. Grandes dançarinos são grandes amantes, e não é por coincidência que mulheres adoram homens que realmente sabem dançar e se apaixonam facilmente por eles.

Masculinizamos as mulheres no disco dancing em vez de tornar os homens mais sensíveis, carinhosos e preocupados com o trato do corpo da mulher. Não é por acaso que aumentou a violência no mundo, especialmente a violência contra as mulheres. Não é à toa que perdemos o romantismo, o companheirismo e a cooperação entre os sexos.

Hoje, uma garota ou um rapaz tem de escolher o seu par num grupo muito restrito de pretendentes, e com pouca informação de ambas as partes, ao contrário de antigamente.

Eu não acredito que homens virem monstros e mulheres virem megeras depois de casados. As pessoas mudam muito pouco ao longo da vida, na realidade elas continuam a ser o que eram antes de se casar. Você é que não percebeu, ou não soube avaliar, porque perdemos os mecanismos de antigamente de seleção a partir de um grupo enorme de possíveis candidatos.

Fico feliz ao notar a volta da dança de salão, dos cursos de forró, tango e bolero, em que novamente os dois sexos dançam juntos, colados e em harmonia. Entre o olhar interessado e o "ficar" descompromissado, eliminamos infelizmente uma importante etapa social que era dançar, costume de todos os povos desde o início dos tempos.

Se você for mãe de um filho, ajude a reintroduzir a dança de salão nos clubes, nas festas e nas igrejas, para que homens aprendam a lidar com carinho com o corpo de uma mulher.

Se você for mãe de uma filha, devolva a ela a oportunidade que seus pais lhe deram, em vez de deixar sua filha surda, casada com um brutamontes, confuso e insensível idiota.