Siga o Blog, nas redes sociais

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Linguagem e Pensamento

Como podemos ver linguagem e pensamento andam sempre andam juntas, nossa cabeça é como um caderno com folhas brancas cada palavra que o individuo vai aprendendo ao decorrer de sua vida este caderno vai sendo “preenchido” ao mesmo tempo em que ele vai aprendendo palavras novas, acaba automaticamente desenvolvendo pensamento.
 De fato vemos que ao decorrer dos anos nós seres humanos aprendemos um numero ilimitado de palavras, estimasse que uma pessoa chegasse aproximada mente mais de cinco mil palavras em toda sua vida, mas é impossível saber, pois existe cada dia que se passa vai nascendo novas palavras então não há uma resposta para quantas palavras existe tanto ao português ou outra língua (Inglês, Espanhol, Alemão e etc.).
Como podemos ver um exemplo é o “Filme Nell”, no caso uma mulher que vivia com sua mãe que havia sofrido um derrame e só movia uma parte do rosto, com isso Nell (a personagem principal do filme) acaba não desenvolvendo direito a linguagem e o pensamento apesar de ser adulta não desenvolve, tendo uma mentalidade de uma criança.
Com tudo depois de um tempo um médico e uma psicóloga começa a investigar sua vida e descobrindo que haviam ocorrido com ela, eles vão ensinado ela falar adequadamente e ela vai desenvolvendo a linguagem e começa a ter outro pensamento (não sendo mais aquele pensamento de criança).
Podemos analisar que ao decorrer de nossa vida vamos mudando a forma em que falamos como no caso uma criança ao mesmo tempo em que vai crescendo ela vai conhecendo novas pessoas que falam de outra maneira com isso ela irá acrescentando novas palavras em seu vocabulário isso vai desenvolvendo ao mesmo tempo em que a pessoa vai crescendo seu processo de linguagem e pensamento, como vemos em alguns casos em que pessoas que lerem diariamente tem mais facilidade para interpretar um texto que o professor passou para eles do que não tem o habito de leitura.
Em fim relatamos que Linguagem e Pensamento se desenvolvem juntos quanto mais a pessoa vai adquirindo conhecimento mais vai desenvolver pensamento e quanto mais vai desenvolvendo linguagem mais vai desenvolver linguagem mais vai desenvolver pensamento.


Escrito por Alex Lopes Ozorio 

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Você só foi uma inspiração



Quanto tempo
Que pensava que te amava
Mas não era nada.

Só uma inspiração
Mas uma pra variar
Quantos poemas escrevi
Pensando que estava apaixonado.

Mas não era nada
Até que foi legal pensar
Que estava apaixonado .

Comecei a ler livros
Por causa dela e
Hoje sou este
Poeta da Madrugada.

Mas hoje é está
"Paixonite", só fica
Na lembrança.

De um Poeta da Madrugada.

Escrito por Nan Ozorio Alex

No dia 29 de julho de 1588, na Batalha de Gravelines



No dia 29 de julho de 1588, na Batalha de Gravelines, a Invencível Armada espanhola é derrotada pelos ingleses próximo à costa de Gravelines, França.
Na imagem, a tela "Derrota da Armada Espanhola" (1796), de Philipp Jakob Loutherbourg.

domingo, 28 de julho de 2013

Estudantes participam de projeto de aulas noturnas voluntárias no Quênia



Alunos do ensino fundamental têm aula em escola no município de Kisima, em Samburu, no Quênia. Eles fazem parte de um projeto de aulas noturnas, ministradas por professores voluntários, para trabalhadores do campo que normalmente não conseguem frequentar a escola durante o dia.

sábado, 27 de julho de 2013

A vista do espaço:



Foto tirada hoje pela Estação Espacial Internacional, que mostra Nova Zelândia.


quinta-feira, 25 de julho de 2013

Participem

Participe do Grupo no Facebook, lá vocês postam o que quiserem
Acessem https://www.facebook.com/groups/693476710668593/

Curta a Página do Blog, no facebook:
Acessem: https://www.facebook.com/pages/Blog-Amor-a-Literatura-e-Educa%C3%A7%C3%A3o/291507827539160

Segue a gente pelo Twitter @ozorioalex

Segue pelo Google+

Acesse: https://plus.google.com/u/0/104257655065091322514

O que parece um protótipo de nave espacial saído do livro de Isaac Asimov é na verdade uma mini-biblioteca no bairro Nolita em Nova York.

Parabéns para todos os Escritores

Por que sou escritor

Por que gosto de me expressar
Por que gosto de escrever
Por que gosto de pessoas.

Sou poeta
Sou escritor
Sou blogueiro.

Gosto de navegar no mundo das palavras
Gosto de ver as pessoas lendo meus poemas
Gosto de ser o Poeta da Madrugada.

Escrito por Alex Lopes Ozorio , O Poeta da Madrugada.

25 de Julho Dia do Escritor, Parabéns a Todos os Escritores

quarta-feira, 24 de julho de 2013

"Uma amizade verdadeira é como uma alma em dois corpos". - Aristóteles

Destino? Para onde a história me levar.





Fui....


Minhas férias nos últimos anos está sendo ler os livros que me permite está em dois lugares ao mesmo tempo.
Melhor coisa para mim hoje é ganhar um livro de presente .....

Escrito por Alex Lopes Ozorio 

Um tempo frio nada melhor que ler um bom Livro

Olha eu ai Lendo um livro 

Viciados em internet



O vício na internet pode ser prejudicial caso você não consiga balancear com as suas tarefas diárias. Veja como evitar que a internet se torne um problema.

- Coloque o seu celular com a tela virada para baixo
Colocar a tela do seu celular para baixo faz com que você não fique desesperado para checar toda vez que te chamarem ou enviarem um e-mail. Controle sua ansiedade de ficar verificando o seu celular tempo todo: se for algo sério, a pessoa irá te procurar mais de uma vez.

- Vá dormir
Antes de dormir, muitas pessoas tem o hábito de olhar as redes sociais, o email, etc. Não faça isso. Você vai ver algo interessante, o que vai estender mais ainda o seu tempo acordado, e depois alguém virá puxar assunto, e por aí vai. Vá direto para a cama e, se possível, desligue o celular.

– Ande
Ao invés de ir de ônibus ou metrô, vá a pé. Andar evita com que você fique mexendo no celular. Além disso, você pode usar esse tempo para pensar em novas ideias, se concentrar em seus próprios pensamentos, olhar o mundo ao redor, etc.

– Medite
O efeito da meditação no seu corpo é notável: você controla sua ansiedade e aprende a focar no seu interior. Reserve um momento do seu dia para meditar e se desligue de todas as distrações, como computador e celular.

– Desative as notificações
Se possível, desative as notificações de redes sociais e aplicativos. Você não precisa saber toda vez que alguém curtir a sua foto no Instagram ou comentarem um status seus. Só permita notificações importantes, como e-mails profissionais e eventos. Muitos avisos só servem para te distrair e criar uma desculpa para ficar na internet.

Fonte: Universia

Mãe natureza

Debaixo de tempestade, sapinho usa folha como guarda-chuva

Uma formiga em uma gota de água



O que acharam desta imagem ?

Mantenha livros ao alcance das crianças

Como organizar seus Livros




Como sabemos para organizar seus livros poderemos organizar de diversas maneiras como por temas (romance, poesia , etc) ou pode ser por ordem alfabética, mas em todo caso organize na forma como ficará melhor para você.

No meu caso organizei em temas começando com Livros românticos, depois com livros de contos e seguindo uma ordem que fica mais rápida de lembrar quando querer ler algo.

De fato podemos ver automaticamente estaremos montando uma Mini-Biblioteca, o legal pode fazer montar em qualquer lugar da casa.

Muitas pessoas acostuma montar sua Mini-Biblioteca na sala, no quarto, uma dica importante para quem é apaixonado por livros é decorar moveis com algo que lembre livro.

Escrito por Alex Lopes Ozorio 

O adeus a Dominguinhos.

Foto: O adeus a Dominguinhos.

Faleceu hoje o sanfoneiro José Domingos de Morais, nomeado herdeiro de Luiz Gonzaga pelo próprio Rei do Baião.

Foi em 1950, com somente nove anos de idade, que Dominguinhos conheceu Gonzagão, quando tocava na porta do hotel em que o Rei estava hospedado. Luiz Gonzaga se impressionou tanto com o talento do garoto que o convidou a ir ao Rio de Janeiro. 

O menino foi ao Rio em 1954, com somente treze anos de idade, acompanhado do pai e dos irmãos. Ao encontrar-se com Luiz Gonzaga na cidade, este deu-lhe de presente uma sanfona e o integrou à sua equipe de músicos.

Consagrado pelo público e pela crítica, não só deu continuidade à herança de Luiz Gonzaga, como evoluiu e ampliou o legado da sanfona nordestina.

Dominguinhos teve uma longa carreira de sucesso, sendo inclusive vencedor de um Grammy Latino em 2002, cultivando diversas parcerias no meio musical e seu legado de luta pela valorização da musica nordestina com certeza irá perdurar por muito tempo.

Vídeo dos dois sanfoneiros: https://www.youtube.com/watch?v=Z91xqCp-kUM

Diego Vieira
Faleceu  o sanfoneiro José Domingos de Morais, nomeado herdeiro de Luiz Gonzaga pelo próprio Rei do Baião.

Foi em 1950, com somente nove anos de idade, que Dominguinhos conheceu Gonzagão, quando tocava na porta do hotel em que o Rei estava hospedado. Luiz Gonzaga se impressionou tanto com o talento do garoto que o convidou a ir ao Rio de Janeiro.

O menino foi ao Rio em 1954, com somente treze anos de idade, acompanhado do pai e dos irmãos. Ao encontrar-se com Luiz Gonzaga na cidade, este deu-lhe de presente uma sanfona e o integrou à sua equipe de músicos.

Consagrado pelo público e pela crítica, não só deu continuidade à herança de Luiz Gonzaga, como evoluiu e ampliou o legado da sanfona nordestina.

Dominguinhos teve uma longa carreira de sucesso, sendo inclusive vencedor de um Grammy Latino em 2002, cultivando diversas parcerias no meio musical e seu legado de luta pela valorização da musica nordestina com certeza irá perdurar por muito tempo.

Vídeo dos dois sanfoneiros: https://www.youtube.com/watch?v=Z91xqCp-kUM

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Meu novo ajudante


video
Conexão Ozorio Alex 



A presentação do Nome do meu Ajudante 

video


Eu e meu novo ajudante 


O nome do meu novo Ajudante é "Hobes Nanzinho" 


Quando, Fiquei, Hoje

Quando me apaixonei 
Quando me decepcionei 
Quando você me olhava 
Quando me via e não falava nada.

Fiquei triste quando vi você a namorar 
Fiquei decepcionado quando vi você com outra pessoa
Fiquei abatido quando você me deixou de lado.

Hoje sou feliz
Hoje te esqueci
Hoje estou brincado com a poesia 
Hoje sem você sou o Poeta da Madrugada.

Escrito por Alex Lopes Ozorio, O Poeta da Madrugada 

Não te amo mais


É como o tempo passa
Um dia era o apaixonado
E hoje sou só poeta.

Seu olhar já não me encanta mais
Sua beleza não é tão bela assim
Seu sorriso já não me faz falta.

Os anos passaram rápido
E minha paixão que estava viva desde então
Hoje não existe mais.
Ela morreu depois que te vi voltar .

Para falar a verdade até imaginei nós juntos um dia
Mas hoje não me importo, pois é perda de tempo
Pensar em algo que nunca existiu.
Só trocávamos olhares.

Nunca tive coragem de te dizer,
Pois você nunca me deu oportunidade
Sabia que gostava de você, mas nem deu a minima
Nunca me esqueci dos seus ex- namorados que
Namorou e não virou nada.

Hoje escrevo poesias e nem faz ideia quanto mudei
Observei você durante anos, mas agora não faz sentido
Hoje deixo você seguir seu caminho e sigo o meu.
Não sou aquele moleque de anos atras.

O tempo passa e hoje vi que você não é a mulher para mim.
É que pensamos diferentes e tempos objetivos opostos, estilos.
Deixo você ir para que um dia possa ver que havia um dia o Poeta da Madrugada
Te amou e gostou deste seu estilo de vida que um dia admirei muito.

Escrito por Nan Ozorio AlexAlex Ozorio, Alex Lopes Ozorio..... O Poeta da Madrugada

Festa do Padroeiro


Festa de Agosto
Festa do Senhor Bom Jesus
Festa do Padroeiro.

Como sempre encantando os corações
De todos os monte azulense este tempo
De confraternização entre todos, nos faz ver
O seu significado, rever amigos, conhecer novas pessoas.
Passar um final de semana junto com a família,
Poder festejar com os amigos.

Poder sentir a emoção na hora de marca o bingo
Poder sentir cada momento especial com a pessoa amada
Poder sentir como é bom estar na quele momento.

Posso dizer diversas coisas sobre a nossa festa
Mas não há palavras que possa descrever
O que sinto quando começa a festa.

Sou apenas um poeta, mas como um
Monte azulense posso dizer
Que a festa de agosto nós faz
Rever amigos, parecentes, conhecer novas pessoas
E também saber como é bom viver em
Monte Azul Paulista-SP.




Alex Lopes Ozorio, O Poeta da Madrugada

Parede humana para ajudar bebês tartarugas desorientados a chegar ao mar, em 2013

Foto: Parede humana para ajudar bebês tartarugas desorientados a chegar ao mar, em  2013

Voluntários criaram um corredor para um grupo de mais de 100 filhotes de tartarugas marinhas cabeçudas no sul do Mar do Caribe. As pequenas tartarugas haviam eclodido perto do aeroporto na ilha de Bonaire Dutch Caribbean.

Luzes da pista e outras fontes de luz feitas pelo homem tem interferido a vontade inata das tartarugas para encontrar o oceano, seguindo a luz mais brilhante, que tem sido desde os tempos pré-históricos a lua brilhando sobre a água.

Portanto, para evitar que os filhotes sejam atraídos para as iluminações artificiais, voluntários da Sea Turtle Conservation Bonaire formaram uma parede humana para criar um caminho distinto para os filhotes.

A tartaruga cabeçuda esteve na lista de espécies ameaçadas desde 1978, principalmente devido à poluição em seus locais de nidificação.

Foto: Sea Turtle Conservation Bonaire

Diego Vieira
Voluntários criaram um corredor para um grupo de mais de 100 filhotes de tartarugas marinhas cabeçudas no sul do Mar do Caribe. As pequenas tartarugas haviam eclodido perto do aeroporto na ilha de Bonaire Dutch Caribbean.

Luzes da pista e outras fontes de luz feitas pelo homem tem interferido a vontade inata das tartarugas para encontrar o oceano, seguindo a luz mais brilhante, que tem sido desde os tempos pré-históricos a lua brilhando sobre a água.

Portanto, para evitar que os filhotes sejam atraídos para as iluminações artificiais, voluntários da Sea Turtle Conservation Bonaire formaram uma parede humana para criar um caminho distinto para os filhotes.

A tartaruga cabeçuda esteve na lista de espécies ameaçadas desde 1978, principalmente devido à poluição em seus locais de nidificação.

Presente e Futuro

Foto

Presidente ou Presidenta ?

Foto: UTILIDADE PÚBLICA.

COM MUITA ALEGRIA TENHO A GRATA SATISFAÇÃO DE REPASSAR
À PRESIDENTE E A TODOS OS BRASILEIROS, ESSE ESCLARECIMENTO
QUE FOGE AO ALCANCE DE CERTAS PESSOAS LIMITADAS.

ATÉ QUE ENFIM ALGUÉM CORRIGIU ISSO
(aula de português)

Uma belíssima aula de português!
Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.
A presidenta foi estudanta? Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?

Miriam Rita Moro Mine - Universidade Federal do Paraná.
No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. 
Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... 
Qual é o particípio ativo do verbo ser? 
O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.

Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.
Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha.
Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".

Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
"A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta".

Por favor, pelo amor à língua portuguesa, repasse essa informação.
DE HOJE EM DIANTE SÓ PUXA SACO IGNORANTE DIRÁ: PRESIDENTA

ATÉ QUE ENFIM ALGUÉM CORRIGIU ISSO
(aula de português)

Uma belíssima aula de português!
Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.
A presidenta foi estudanta? Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?

Miriam Rita Moro Mine - Universidade Federal do Paraná.
No português existem os particípios ativos como derivativos verbais.
Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante...
Qual é o particípio ativo do verbo ser?
O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.

Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.
Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha.
Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".

Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
"A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta".

Manhã de sol no Lago Arnensee, na Suíça.

Foto: Maravilhas da natureza:


Manhã de sol no Lago Arnensee, na Suíça.

Uma boa utilidade para um tanque de guerra, não é mesmo?

Maravilhas da natureza:

A Pirâmide de Ball é o remanescente erodido de uma caldeira vulcânica que se formou cerca de 7 milhões de anos atrás.
Está localizada 20 quilômetros a sudeste de Lord Howe Island, no Oceano Pacífico. Tem 562 metros de altura, 1.100 metros de comprimento e 300 metros de diâmetro, tornando-se a mais alta pilha vulcânica do mundo. A Pirâmide de Ball faz parte do Lord Howe Island Marine Park, na Austrália.
Foto: Maravilhas da natureza:



A Pirâmide de Ball é o remanescente erodido de uma caldeira vulcânica que se formou cerca de 7 milhões de anos atrás. 
Está localizada 20 quilômetros a sudeste de Lord Howe Island, no Oceano Pacífico. Tem 562 metros de altura, 1.100 metros de comprimento e 300 metros de diâmetro, tornando-se a mais alta pilha vulcânica do mundo. A Pirâmide de Ball faz parte do Lord Howe Island Marine Park, na Austrália.

#PP

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Tu tens um medo:


Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.

Cecília Meireles

SONETO ANTIGO


Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.

Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.

O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.

Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.

Cecília Meireles

A arte de ser feliz


Houve um tempo em que minha janela se abria
sobre uma cidade que parecia ser feita de giz.
Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.
Era uma época de estiagem, de terra esfarelada,
e o jardim parecia morto.
Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde,
e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas.
Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.
E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.
Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor.
Outras vezes encontro nuvens espessas.
Avisto crianças que vão para a escola.
Pardais que pulam pelo muro.
Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais.
Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar.
Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega.
Ás vezes, um galo canta.
Às vezes, um avião passa.
Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino.
E eu me sinto completamente feliz.
Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas,
que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem,
outros que só existem diante das minhas janelas, e outros,
finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.

Cecília Meireles

CANÇÃO DE OUTONO



Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.

De que serviu tecer flores
pelas areias do chão,
se havia gente dormindo
sobre o própro coração?

E não pude levantá-la!
Choro pelo que não fiz.
E pela minha fraqueza
é que sou triste e infeliz.
Perdoa-me, folha seca!
Meus olhos sem força estão
velando e rogando áqueles
que não se levantarão...

Tu és a folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
Certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...

Cecília Meireles

Serenata


"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"

Cecília Meireles

Motivo


Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.


Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.


Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.


Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.

Cecília Meireles

LUA ADVERSA



Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...

Cecília Meireles

Retrato



"Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
Em que espelho ficou perdida a minha face?"

Cecília Meireles

O Amor...


É difícil para os indecisos.
É assustador para os medrosos.
Avassalador para os apaixonados!
Mas, os vencedores no amor são os
fortes.
Os que sabem o que querem e querem o que têm!
Sonhar um sonho a dois,
e nunca desistir da busca de ser feliz,
é para poucos!!"

Cecília Meireles

Canção da tarde no campo



Caminho do campo verde
estrada depois de estrada.
Cerca de flores, palmeiras,
serra azul, água calada.

Eu ando sozinha
no meio do vale.
Mas a tarde é minha.

Meus pés vão pisando a terra
Que é a imagem da minha vida:
tão vazia, mas tão bela,
tão certa, mas tão perdida!

Eu ando sozinha
por cima de pedras.
Mas a tarde é minha.

Os meus passos no caminho
são como os passos da lua;
vou chegando, vai fugindo,
minha alma é a sombra da tua.

Eu ando sozinha
por dentro de bosques.
Mas a fonte é minha.

De tanto olhar para longe,
não vejo o que passa perto,
meu peito é puro deserto.
Subo monte, desço monte.

Eu ando sozinha
ao longo da noite.
Mas a estrela é minha.

Cecília Meireles

domingo, 14 de julho de 2013

Nada


Nada ocorreu
Nada anoiteceu
Nada ocorreu
Entre você e eu
Gostaria de ser
Só seu .....




Escrito por Alex Lopes Ozorio, O Poeta da Madrugada

Gostaria


Gostaria de mostrar
Gostaria de me declarar 
Gostaria de me amar
Gostaria de me relacionar
Gostaria de te encontrar
Gostaria de te dizer
Gostaria de dizer que
Ainda amo você.

Escrito por Alex Lopes Ozorio, O Poeta da Madrugada 

Soneto de Fidelidade


De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Moraes

Eu não existo sem você


Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você

Vinícius de Moraes

O verbo no infinito


Ser criado, gerar-se, transformar
O amor em carne e a carne em amor; nascer
Respirar, e chorar, e adormecer
E se nutrir para poder chorar

Para poder nutrir-se; e despertar
Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir
E começar a amar e então sorrir
E então sorrir para poder chorar.

E crescer, e saber, e ser, e haver
E perder, e sofrer, e ter horror
De ser e amar, e se sentir maldito

E esquecer de tudo ao vir um novo amor
E viver esse amor até morrer
E ir conjugar o verbo no infinito...

Vinicius de Moraes

A Felicidade



Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar

A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta-feira

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranqüila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor

A felicidade é uma coisa boa
E tão delicada também
Tem flores e amores
De todas as cores
Tem ninhos de passarinhos
Tudo de bom ela tem
E é por ela ser assim tão delicada
Que eu trato dela sempre muito bem

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite, passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Pra que ela acorde alegre com o dia
Oferecendo beijos de amor

Vinicius de Moraes

Dialética


É claro que a vida é boa
E a alegria, a única indizível emoção
É claro que te acho linda
Em ti bendigo o amor das coisas simples
É claro que te amo
E tenho tudo para ser feliz
Mas acontece que eu sou triste...

Vinícius de Moraes

Poética



De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.

Vinícius de Moraes

Soneto da separação



De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Vinícius de Moraes

Pela luz dos olhos teus




Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.

Vinícius de Moraes

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Por que


Por que a gente gosta de uma pessoa que não liga para você.
Por que ela parece tão especial para você.
Por que nunca pudi te dizer o que sentia.
Por que seu olhar é tão belo 
Por que meu coração acelera quando te ver.
Por que não consigo parar de pensar em você.
Por que não conseguimos conversar.
Por que só trocamos olhares e não beijos e abraços.
Por que gostamos e não cativamos este desejo.
Por que gosto tanto do seu sorriso.
Por que aprecio seu carinho.
Por que nunca tive você ao meu lado. 
Para trocarmos beijos e abraços.

Escrito por Nan Ozorio Alex, Alex Lopes Ozorio

Um sonho



Depois de um dia longo
Fui dormi, quando estava
Dormindo sonhei que
Estava andando, quando
De repente chegou uma
Garota loira, de óculos, magra,
Bonita e começou a conversar
Com migo e depois de alguns
Olhares deram um abraço e a beijei.
Quando estava beijando aquela bela
Garota, ela desapareceu do nada, parecendo
Um anjo que veio do céu e mostrou
Como é a vida quando temos uma pessoa
Que realmente amamos ao nosso lado.
A minha infelicidade foi acordar e ver
Que tudo que havia acontecido foi
Apenas um sonho.

Escrito por Alex Lopes Ozorio, o poeta apaixonado

Gostaria de viajar


Para o mundo, para tudo
A onde meus amigos, fossem
Felizes gostassem de brincar,
Sorrir, se divertir.
Gostaria de nadar num
Mar de livros, a ordem
Eles me ensinassem
O sentido da vida.
Gostaria de ser
Um pássaro, para poder
Voar, pelo mundo.
Na realidade gostaria
De viajar para vários
Lugares, mas está ao
Seu lado está de bom
Tamanho.

Escrito por Alex Lopes Ozório


Preencha sua estante com livros

Melhor remédio contra a ignorância...médicos sugerem uma super- mega-ultra dosagem diariamente

A natureza me deu asas e o ser humano, uma gaiola

Quero ser um Professor

Me da um abraço

Nunca desista

No dia 10 de julho de 1859, o Big Ben soou pela primeira vez, em Londres.



Curiosidade: Big Ben não é o nome do relógio, nem da torre, mas do sino instalado no Palácio de Westminster. O nome é uma homenagem a Benjamin Hall, ministro de Obras Públicas da Inglaterra, em 1859. Por ser um sujeito alto e corpulento, Benjamin tinha o apelido de Big Ben.

terça-feira, 9 de julho de 2013

O BICHO




VI ONTEM um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.

Manuel Bandeira

Meu Quintana, os teus cantares


Não são, Quintana, cantares:
São, Quintana, quintanares.

Quinta-essência de cantares...
Insólitos, singulares...
Cantares? Não! Quintanares!

Quer livres, quer regulares,
Abrem sempre os teus cantares
Como flor de quintanares.

São cantigas sem esgares.
Onde as lágrimas são mares
De amor, os teus quintanares.

São feitos esses cantares
De um tudo-nada: ao falares,
Luzem estrelas luares.

São para dizer em bares
Como em mansões seculares
Quintana, os teus quintanares.

Sim, em bares, onde os pares
Se beijam sem que repares
Que são casais exemplares.

E quer no pudor dos lares.
Quer no horror dos lupanares.
Cheiram sempre os teus cantares

Ao ar dos melhores ares,
Pois são simples, invulgares.
Quintana, os teus quintanares.

Por isso peço não pares,
Quintana, nos teus cantares...
Perdão! digo quintanares.

Manuel Bandeira

ARTE DE AMAR


Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

Manuel Bandeira

SOMBRA


Ele olhava para trás de tempos em tempos, tentando divisar na multidão por quem estava sendo seguido. Do outro lado da rua, eu estava seguro que não ia ser visto.

Eu olhei para trás exagerando o movimento. Sabia que isso deixaria meu perseguidor tranquilo, achando que não estava sendo visto. Aproveitava os reflexos das vitrines de lojas ocasionais para observá-lo do outro lado da rua. Esse jogo terminava hoje.

Ele seguia por um caminho novo, diferente do habitual. Não estava indo para o escritório e, muito menos, para a casa de alguma das “habituais”. Meu único receio era que pegasse um táxi. Isso iria dificultar as coisas para mim.

No meio de um caso eu percebi que estava sendo seguido. Tentei continuar meu trabalho, investigando o sujeito e lidar com isso depois, mas descobri que meu perseguidor estava fazendo perguntas ao meu respeito. Decidi que seria melhor conseguir algumas respostas eu mesmo.

Quando recebi a ligação achei que seria mais um marido pulando a cerca. A voz era feminina e tinha aquela rouquidão chorosa. Achei irônico quando descobri que o sujeito também era um detetive particular.

Quando parei a investigação, já tinha descoberto quase tudo sobre o alvo: nome Marcos Arantes do Nascimento, 38 anos, pé-rapado, expulso da polícia, largou a faculdade de direito, virou detetive particular. Irônico.

E perigoso, andava armado, suspeito de desaparecer com alguns clientes caloteiros. Nada contra. Também odeio clientes caloteiros.

Descobri que ele tinha mentido para algumas clientes sobre a fidelidade dos maridos para estimular a infidelidade delas. Talvez tenha sido algum desses maridos ou esposas que tenha me contratado para investigar o sujeito. Talvez tenha sido algum deles que tenha contratado esse cara para me seguir. Não importa, depois de hoje ele não seguia mais ninguém.

Um desses clientes inclusive era um velho conhecido meu. A esposa tinha pedido para eu descobrir se ele andava visitando outros galinheiros. Menti e acabei cantando de galo. Mundo pequeno. Por via das dúvidas, também passei a andar armado. Marcos Arantes do Nascimento não nasceu ontem.

O homem que tinha sorte



Um homem chegou a uma cidade desconhecida, onde todos estavam de portas fechadas. Lá ele avistou um menino na rua e perguntou:
_O que está acontecendo aqui?
O menino muito nervoso disse:
_O dragão... O dragão, ele voltou para a cidade!
O homem não acreditando no que o menino dizia, continuou andando pele cidade.
Alguns minutos depois, ele escuta um barulho estranho e ao olhar para trás, avista um enorme dragão aterrorizante. O homem com muito medo, começa a correr disparado.
Muito cansado, parou para descansar e leu um cartaz que dizia:1.000 libras para quem pegar o dragão, morto ou vivo. O homem ao ler este anúncio, muito interessado e ao mesmo tempo com medo, decide arriscar a sorte.
Então ele voltou correndo para trás, e logo encontrou o dragão novamente. O dragão o avistando, voou em sua direção, soltando correntes de fogo.
O homem, que era muito esperto, atraiu a fera para uma estaca afiada. O dragão não percebendo a estaca, caiu sobre ela, morrendo rapidamente.
O homem muito sortudo, saiu contando para a cidade inteira que havia matado o enorme dragão, recebeu sua recompensa e toda a cidade o agradeceu, o nomeando como o herói da cidade.


Gênero textual: Conto Fantástico
Entrevistado: José Henrique
Idade: 67 anos

Carinho o remédio mais gostos que existe

Existe várias maneiras de dizer Obrigado

Inda bem que sempre existe outro dia

No dia 08 de julho de 1497, Vasco da Gama inicia a primeira viagem marítima da Europa à Índia.

HOJE NA HISTÓRIA ...



No dia 09 de julho de 1932, teve início a Revolução Constitucionalista.

A Revolução Constitucionalista ocorreu em São Paulo, em 1932. Além da derrota sofrida em 1930, os paulistas não aceitavam o interventor que Getúlio tinha nomeado para o estado. Esta revolução foi chamada de constitucionalista pois seus líderes diziam defender o fim do governo provisório e a elaboração de uma nova constituição.

Em maio de 1932, tornaram-se mais intensas as manifestações contra o governo provisório. Os manifestantes assaltaram uma casa de armas e redações de jornais que eram a favor do governo. Em resposta, as forças do governo federal reagiram e quatro estudantes foram mortos: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo – MMDC – se tornaram o símbolo da revolução, que estourou em 9 de julho de 1932.

Apesar do grande esforço de resistência e da cooperação do povo de São Paulo, a superioridade das forças federais era evidente. Assim, os paulistas renderam-se em 28 de setembro de 1932.


Fonte: http://tinyurl.com/cp4ektp

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Antropônimos e Topônimos


Antropônimos - nomes próprios de pessoas
Ex.: Paula, André, João, Maria.

Topônimos - nomes próprios de lugares
Ex.: Brasil, Portugal, Itália, Espanha.

Verbos que merecem uma atenção especial:


Eu meço. (medir)
Eu caibo. (caber)
Eu valho. (valer)
Eu pulo. (polir)
Eu compito. (competir)
Eu adiro. (aderir)
Eu freio. (frear)
Eu digiro. (digerir)
Eu suo. (suar)
Eu soo. (soar)
Eu arguo. (arguir)
Eu equivalho. (equivaler)
Eu anseio. (ansiar)
Eu rio. (rir)
Eu ouço. (ouvir)

Fernando Sabino (1923 - 2004) - Escritor, cronista e jornalista brasileiro.


De tudo ficaram três coisas:
A certeza de que estamos começando
A certeza de que é preciso continuar
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar.

Façamos da interrupção um caminho novo
Da queda, um passo de dança
Do medo, uma escada
Do sonho, uma ponte.

Concordância Verbal (mais de um, mais de dois)


Mais de um manifestante organizou a passeata.

Mais de dois manifestantes organizaram a passeata.

Quando o sujeito é formado pelas expressões mais de um,
mais de dois, o verbo deverá ficar no mesmo número em que estiver o numeral dessas expressões.

Mais exemplos:

Mais de um garçom foi demitido.
Mais de vinte pessoas morreram no ataque.
Mais de cem pessoas fizeram a prova.
Mais de uma arma será destruída.

Vejam só como uma mesma palavra pode ter vários significados.

Colo - Parte superior do peito, acima dos seios, geralmente em relação ao corpo feminino.
Ex.: O colo dela é lindo.

Colo - Parte do corpo entre a cintura e os joelhos de pessoa sentada.
Ex: O soldado coloca a criança no colo.

Colo - Primeira pessoa do indicativo do verbo colar.
Ex.: Eu colo as figurinhas no álbum.

Colo - Parte mais estreita de algumas concavidades.
Ex. O colo do útero deve ser examinado anualmente.

Colo - Primeira pessoa do indicativo do verbo colar (ver a prova de outro aluno para conseguir a resposta de uma questão.)
Ex.: Eu colo descaradamente durante a prova.

Plesbicito ou plebiscito?


Significado:

A palavra plebiscito é originária do latim plebiscitu (decreto dos plebeus). Na Roma Antiga, os votos passados em comício eram obrigatórios para a classe dos plebeus.

Atualmente, plebiscito é a convocação dos cidadãos que, através do voto, podem aprovar ou rejeitar uma questão importante para o país. Ou seja, o plebiscito é um mecanismo democrático de consulta popular, antes da lei ser promulgada (passar a valer).

Fonte: Sua Pesquisa.com

Tautologia

Tautologia é um termo ou texto redundante que repete a mesma ideia. Como um vício de linguagem, pode ser considerada um sinônimo de pleonasmo ou redundância. 

Alguns exemplos: subir pra cima, descer pra baixo, entrar pra dentro, sair pra fora, surpresa inesperada, vereador da cidade, outra alternativa, detalhes minuciosos, conviver juntos, fato real, elo de ligação.

A origem da Língua Portuguesa

Os 8 países que têm a Língua Portuguesa como idioma oficial.


1. Brasil
2. Portugal
3. Angola
4. Moçambique
5. Timor-Leste
6. Guiné-Bissau
7. Cabo Verde
8. São Tomé e Príncipe

Dicas de como fazer uma Redação

Escrever bem uma redação significa desenvolver bem 3 pontos principais que são: Estrutura, Linguagem e Ideologia. Vamos detalhar um pouco mais o que você não pode deixar de fazer em relação a Estrutua.
1) Partindo da situação-problema apresentada na prova, redija um texto dissertativo-argumentativo (apresentar fatos e argumentos para defender a sua opinião sobre o tema).
2) Mostre que compreendeu o tema proposto e que sabe contextualizá-lo, de maneira crítica e reflexiva, num texto em prosa que seja claro e coerente.
3) Lembre-se de que os avaliadores desconsideram toda redação que se afastar do tema proposto.
4) Selecione, organize e interprete as informações e os argumentos que, de fato, tenham relação com o tema proposto.

sábado, 6 de julho de 2013

Se você quiser me contar seus segredos

Sou de todo ouvido.
Se os seus sonhos não derem certo,
Estarei sempre lá para você.
Se precisar se esconder,
Terá sempre minha mão.
Mesmo se o céu desabar,
Estarei sempre contigo.
Sempre que precisar de um lugar,
Haverá meu canto, pode ficar.
Se alguém quebrar seu coração.
Juntos cuidaremos.
Quando sentir um vazio,
Você não estará sozinha.
Se você se perder lá fora,
Te buscarei.
Te levarei prá algum lugar
Se precisar pensar.
E quando tudo parecer estar perdido,
E você precisar de alguém
Eu estarei sempre aqui.

Martha Medeiros

SE EU MORRER ANTES DE VOCÊ


Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:
Chore o quanto quiser, mas não brigue comigo.
Se não quiser chorar, não chore;
Se não conseguir chorar, não se preocupe;
Se tiver vontade de rir, ria;
Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão;
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me;
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam;
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo...
E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:
-"Foi meu amigo, acreditou em mim e sempre me quis por perto!"
Aí, então derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.
Outros amigos farão isso no meu lugar.
Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que morra como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.
Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu.
"Ser seu amigo, já é um pedaço dele..."

Chico Xavier

A amizade


é o mais belo afluente do amor,
ela ajuda a resolver,
com paciência,
as complicadas equações
da convivência humana.



A amizade
é tão forte quanto o amor,
ela o educa,
sinalizando o caminho da coerência,
apontando as veredas da justiça
controlando os excessos da paixão.

A amizade
é um forte elo que une pessoas
na corrente do querer.

Amizade
é cola divina,
cola demais,
pode doer.
A amizade
tem muito mais
juízo que o amor,
quando ele se esgota
e cisma de ir embora,
ela se propõe a ficar
vigiando
o sentimento que sobrou.

Ivone Boechat

Ruinas da amizade


Quando você encontra alguém especial e se apaixona por essa pessoa, você começa a construir um relacionamento com os cuidados de quem constrói uma Maravilha.
Seus materiais básicos são constituídos de muito Amor, Companheirismo e Dedicação.
Até que um dia algo terrível acontece, jogando por terra toda sua construção.
É desalentador e faz mesmo pensar que todo seu trabalho fora em vão.
Mas isso é ledo engano: se construistes tudo realmente com beleza e pureza de sentimento, restará ainda uma magnífica Amizade.
Assim como as mais majestosas construções da Humanidade deixaram suntuosas ruinas das quais cuidamos e admiramos, a Amizade fruto de um Amor de verdade, deve e merece ser preservada.

Augusto Branco

Nunca fui como todos

Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só...

Florbela Espanca

Os Viajantes e o Urso


Um dia dois viajantes dera de cara com um urso. O primeiro se salvou escalando uma árvore, mas o outro, sabendo que não ia consguir vencer sozinho o urso, se jogou no chão e fingui-se de morto. O urso se aproximou dele e começou a cheirar sua orelha, mas, convencido de que estava morto, foi embora. O amigo começou a descer da árvore e perguntou:
_O que o urso estava cochichando em seu ouvido?
_Ora, ele só me disse para pensar duas vezes antes de sair por aí viajando com gente que abandona os amigos na hora do perigo.

Moral da história:
A desgraça põe à prova a sincaridade e a amizade

Esopo

A Lista



Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?

Oswaldo Montenegro

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...


Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Albert Einstein

A amizade consegue ser tão complexa...


Deixa uns desanimados, outros bem felizes...
É a alimentação dos fracos
É o reino dos fortes

Faz-nos cometer erros
Os fracos deixam se ir abaixo
Os fortes erguem sempre a cabeça
os assim assim assumem-os

Sem pensar conquistamos
O mundo geral
e construímos o nosso pequeno lugar
deixando brilhar cada estrelinha

Estrelinhas...
Doces, sensíveis, frias, ternurentas...
Mas sempre presentes em qualquer parte
Os donos da Amizade...

Mensagem de despedida aos amigos

Até aqui viajamos juntos.
Passaram vilas e cidades, cachoeiras e rios, bosques e florestas...
Não faltaram os grandes obstáculos.
Freqüentes foram as cercas, ajudando a transpor abismos...
As subidas e descidas foram realidade sempre presente.
Juntos, percorremos retas, nos apoiamos nas curvas, descobrimos cidades...
Chegou o momento de cada um seguir viagem sozinho...
Que as experiências compartilhadas no percurso até aqui sejam a alavanca para
alcançarmos a alegria de chegar ao destino projetado.
A nossa saudade e a nossa esperança de um reencontro aos que, por vários
motivos, nos deixaram, seguindo outros caminhos.
O nosso agradecimento àqueles que, mesmo de fora, mas sempre presentes, nos
quiseram bem e nos apoiaram nos bons e nos maus momentos.
Dividam conosco os méritos desta conquista, porque ela também pertence a
vocês. Uma despedida é necessária antes de podermos nos encontrar outra vez.
Que nossas despedidas sejam um eterno reencontro.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Coruja-baia-oriental (Phodilus badius) oriunda do sudeste da Ásia.

A Perereca de vidro

A Perereca de vidro (Cochranella euknemos) pertence a família Centronelidae e é um anfíbio arbícola com pele quase totalmente transparente, que permite ver dentro de seu pequeno corpo.
Foto: Jonathan Sequeira

Formação de uma "Shelf cloud"

Formação de uma "Shelf cloud", um tipo de nuvem cujo aspecto característico é o de uma longa, baixa e densa camada horizontal, anexada logo abaixo a uma nuvem maior. Geralmente, este tipo de nuvem precede uma tempestade.

Lagarto da espécie Agama mwanzae

Lagarto da espécie Agama mwanzae, originário da África subsaariana. Ele fez sucesso na Inglaterra em 2009 por suas cores lembrarem as do personagem homem-aranha.

A árvore que sangra quando é cortada

Conhecida como Sangue de Dragão, a árvore da família Euphorbiaceae produz uma resina vermelha que aparece sempre que ela é cortada. A resina tem várias utilidades, até para os humanos, mas no caso da árvore serve para cicatrizar a ferida aberta e evitar que os insetos ataquem.