Siga o Blog, nas redes sociais

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ariano Suassuna representa Brasil no Nobel

O escritor Ariano Suassuna vai representar o Brasil no Prêmio Nobel de Literatura 2012 após anúncio divulgado nesta quarta-feira, 30. Ariano Suassuna está com 84 anos de idade e busca uma conquista inédita para a literatura nacional, o Prêmio Nobel de Literatura. O Brasil nunca levou o prêmio máximo do Nobel de Literatura. Entre os escritores brasileiros já indicados, destaques para Jorge Amado, Guimarães Rosa, Jorge de Lima, Ferreira Gullar e João Ubaldo Ribeiro. Ariano Vilar Suassuna é o nome do Brasil no evento em 2012.



Ariano Suassuna é o Brasil no Prêmio Nobel de Literatura 2012
Na obra de Ariano Suassuna, destaques para "O Auto da Compadecida", "A Pedra do Reino" e "O homem da Vaca e o Poder da Fortuna". O escritor paraibano nasceu em João Pessoa no dia 16 de junho de 1927. O senador Cássio Cunha Lima falou sobre a escolha de Ariano Suassuna para representar o Brasil no Prêmio Nobel de Literatura de 2012. "A vida e a obra de Ariano Suassuna contêm expressão filosófica que transpõe as limitações temporais e de gerações, atingindo todos os públicos e transportando-se pelos mais diversos e modernos meios de comunicação".

Você sabia que o Nobel é o mais importante prêmio de literatura do mundo. O Prêmio Nobel é o Oscar dos Livros. O primeiro Nobel da Literatura foi realizado em 1901. A cada ano, os vencedores são premiados pela Academia Sueca. Quem vence, leva o prêmio de 10 milhões de coroas suecas, cerca de 3 milhões de reais. O único escritor de língua portuguesa a levar o Prêmio Nobel de Literatura foi José Saramago, que é português. Os últimos vencedores do Prêmio Nobel de Literatura foram Tomas Tranströmer, da Suécia; Mario Vargas Llosa, do Peru; Herta Müller, da Alemanha; Jean-Marie Gustave Le Clézio, da França; e Doris Lessing, da Inglaterra. Quem leva em 2012?

Nas redes sociais, fãs fazem torcida desde já para o representante brasileiro. "Poxa, nunca um escritor brasileiro levou o Prêmio Nobel de Literatura. Quem sabe com Ariano Suassuna, o criador de O Auto da Compadecida? Tomara que ele ganhe esse prêmio", comentou Francisco Moreira, via Facebook. "Ariano Suassuna é o Brasil no Nobel da Literatura 2012! Toda sorte pra ele", escreveu Eliza Montenegro.

Poupança passa a render menos a partir de hoje. Entenda


Após o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central alterar a taxa básica de juros (Selic) de 9% ao ano para 8,5% ao ano na última quarta-feira (30), as cadernetas de poupança passam a render com base na Selic a partir desta quinta-feira (31). Agora, quem colocar dinheiro na poupança terá um ganho um pouco menor que quem aplicou antes do início de maio.

Na prática, porém, este rendimento menor só vale a partir de hoje, ainda que o brasileiro tenha colocado dinheiro na poupança depois do dia 4.

O dinheiro investido em quase todo o mês de maio, portanto, vai render de acordo com a regra antiga porque o “rendimento da poupança é calculado numa base diária”, explica o professor de finanças da FGV (Fundação Getulio Vargas) William Eid.

— Até que a Selic chegue a 8,5%, o rendimento será de 6,17% mais a variação da TR. Nesta quinta-feira, após a reunião do Copom, a Selic passou a 8,5% ao ano e, a partir de então, o rendimento será de 70% da Selic mais a TR [Taxa Referencial].

O dinheiro colocado depois do dia 4 na poupança, portanto, passa a render de acordo com o comportamento da taxa básica de juros.

No fim de maio, o vice-presidente da Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), Miguel Ribeiro de Oliveira, afirma que a poupança, grosso modo, ainda é a melhor opção que um fundo por causa das taxas de administração pelos bancos por estas aplicações.

— De qualquer forma, o investidor tem que saber no seu banco qual a taxa de administração para aplicar este dinheiro em um fundo de renda fixa. Caso a taxa de administração seja superior a 1,5% ao ano, o melhor vai ser a poupança. Agora caso seja inferior, pode colocar em um fundo.

No dia 3 de maio, o governo brasileiro anunciou mudanças na caderneta de poupança, que rendia, via de regra, 6% ao ano mais TR.

Pela nova norma, as poupanças abertas a partir de 4 de maio e qualquer montante colocado nas cadernetas desde então teriam um rendimento diferente do antigo, quando a taxa básica de juros marcasse 8,5% ao ano ou menos — patamar determinado pelo BC ontem.

Rio+20 terá 102 chefes de Estado

A duas semanas do início da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, o secretário nacional do Comitê Organizador, Laudemar Aguiar, anunciou que 102 chefes de Estado estarão presentes no evento, mas ele se recusou a anunciar os nomes das autoridades confirmadas: “Não cabe ao governo brasileiro confirmar ou não a vinda de chefes de Estado por questões de segurança. Esse papel cabe aos países e seus governos. A ONU deve montar uma lista de quais chefes vão discursar mais perto do evento”.

Segundo Aguiar, todos os países membros da ONU garantiram presença, seja por meio de chefes de Estado, ministros ou secretários. Ao todo, delegações de 176 países virão ao Rio.

“Não é apenas o número de pessoas que mostra a grandiosidade do evento. Esse número de participação pode ser maior se somado a todos os órgãos envolvidos”, disse o secretário. Até agora, os únicos que já anunciaram a vinda à Rio+20 foram o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o novo presidente da França, Fraçois Hollande.

Dois chefes de Estado também já negaram presença: a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o primeiro ministro do Reino Unido, David Cameron.

Área 4 vezes maior


Na próxima terça-feira, o Riocentro será entregue à ONU, quando passará a ser considerado espaço oficial da organização. O local, porém, ainda não está pronto para a conferência. As instalações ainda estão em fase de construção.

Faltam concluir as rampas de acessibilidade, os escritórios das delegações, a sala de imprensa e detalhes de acabamento. “Tem pavilhões que já estão 95% prontos, outros estão 89% acabados, mas isso não importa. O importante é que antes do início da conferência ele estará concluído. Estamos dentro do cronograma”, garantiu Aguiar.

Segundo o secretário, o Riocentro terá capacidade para receber até 38 mil pessoas por dia, que é a capacidade máxima do local.

A Rio+20 ocupará uma área quase quatro vezes maior do que a Rio-92, ocorrida há 20 anos. Apenas no Riocentro, onde será o encontro de chefes de Estado, a área ocupada será duas vezes maior do que a da conferência anterior, com cerca de 100 mil m2

Atirador mata cinco e depois se suicida nos EUA

Um homem armado abriu fogo contra um café de Seattle, noroeste dos Estados Unidos, nesta quarta-feira, deixando quatro mortos. Depois, ele matou uma mulher para roubar seu carro, foi perseguido pela polícia e se suicidou com um tiro na cabeça.

O jornal The Seattle Times afirmou que o suspeito é Ian Lee Stawicki, 40 anos, que morreu no hospital. Oficialmente, a polícia não confirmou a informação, dizendo apenas acreditar que um mesmo homem seja responsável por todas as cinco mortes. “Neste momentos, estamos confiantes de que temos o suspeito”, afirmou o assistente-chefe da polícia de Seattle, Nick Metz.


Andrew Stawicki, 29 anos, disse ao Seattle Times ter reconhecido a foto do suspeito exibida por canais de televisão como sendo seu irmão, Ian, que teria problemas mentais. “Não é surpresa que isso tenha acontecido”, disse ele ao jornal. “Nada de bom pode vir de alguém com tanta raiva.”

De acordo com a polícia, os tiros foram disparados no Cafe Racer, um restaurante localizado ao norte da Universidade de Washington. O local costuma receber músicos e realizar atividades culturais, segundo moradores da região.

Uma imagem feita pelas câmeras de segurança mostrou um homem entrando no estabelecimento. Outra mostrou os bancos virados e um homem de pé, segurando o que parece ser uma arma.

Dois homens baleados morreram no local. Depois, outro homem e uma mulher morreram no hospital. O cozinheiro Leonard Mosa ficou ferido e está no hospital em situação grave, mas estável.

A polícia foi ao local, mas o suspeito conseguiu fugir seguindo em direção ao bairro First Hill, onde matou uma mulher, Gloria Leonidas, em um estacionamento e roubou seu carro. Ele dirigiu até West Seattle, parou o carro e seguiu a pé. Quando a polícia encontrou o carro, com uma arma no banco do passageiro, encheu a região de policiais uniformizados e à paisana.

Horas depois, um deles avistou o suspeito e chamou reforço. Quando a polícia se aproximou do homem, ele atirou contra a própria cabeça. Durante a perseguição, dias escolas foram fechadas.



Alemão sequestrado na Nigéria foi assassinado

AFP


KANO — Um engenheiro alemão sequestrado na Nigéria em janeiro, aparentemente por militantes da Al-Qaeda do norte da África, foi assassinado pelos captores durante uma operação militar na cidade de Kano, informou uma fonte militar.

De acordo com a mesma fonte, "homens do grupo de missões especiais do Exército seguiram informações da inteligência até o esconderijo no qual o alemão era mantido pelos sequestradores".

Fontes policiais confirmaram a informação sobre a morte do refém alemão Edgar Fritz Raupach, que teria sido executado com tiros e facadas.

Aparentemente, vários sequestradores morreram na operação militar, mas o número exato não foi anunciado.

Jornalista francês diz que politização complicou seu sequestro


O jornalista francês Roméo Langlois, libertado ontem pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) após 33 dias de cativeiro, assegurou em entrevista que seu sequestro se complicou pela politização do caso.
"Ao princípio pensei que minha retenção era uma mera formalidade e que me soltariam depois de dois ou três dias", disse o repórter, que reside na Colômbia há anos, em entrevista à rede de televisão France 24 para a qual trabalha.
Segundo sua opinião, a sucessão de declarações dos políticos colombianos e europeus e de organizações não-governamentais exigindo sua imediata libertação "fizeram com que a guerrilha se sentisse insultada" e decidisse aproveitar o golpe midiático "para demonstrar que seguem aí e que o conflito continua".
Ele ressaltou que não teve medo de seus sequestradores já que "as Farc não estão contra os jornalistas, especialmente quando são estrangeiros, independentes, e tratam o conflito com objetividade".
Reconheceu que tinha vivido "um momento de pânico" quando foi capturado enquanto cobria uma operação antidroga da polícia e do Exército colombianos porque perdeu sua credencial de imprensa e os guerrilheiros "acharam que era um conselheiro americano ou israelense que habitualmente acompanham" as forças da ordem.
No entanto, detalhou que foi "fácil provar que era jornalista" e que, apesar de considerá-lo um prisioneiro de guerra, o grupo guerrilheiro lhe pediu perdão de forma pública, "algo que não faz jamais".
Langlois se sentiu ofendido pela insinuação do ex-presidente Álvaro Uribe de seu envolvimento com o grupo guerrilheiro e garantiu que sua relação com as Farc tinha sido "puramente profissional" até antes do sequestro.
O jornalista indicou que voltará a viver à França, algo que já tinha planejado nos últimos meses antes de seu sequestro, que não considera "determinante" em sua carreira, e que em qualquer caso vai seguir interessando-se pela cobertura da situação da Colômbia.
O repórter foi entrevistado na residência do embaixador francês em Bogotá, onde se recupera do ferimento em um braço pelo impacto de uma bala que recebeu no dia de sua captura em uma região do sul do país.

SECRETÁRIO DA ONU PEDE À SÍRIA QUE APLIQUE PLANO DE PAZ



Secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, pede que a Síria aplique o plano de paz do mediador das Nações Unidas e da Liga Árabe. Nesta quinta-feira, em visita à Istambul, na Turquia, Ban Ki-Moon participou do fórum dos sócios da Aliança de Civilizações, apoiada pela ONU.

No evento, ele pediu que a administração de Damasco aplique o plano elaborado por Kofi Annan. Segundo o secretário-geral, os monitores das Nações Unidas que estão na Síria são os "olhos e ouvidos" da comunidade internacional, para que os "autores dos crimes possam prestar contas à justiça".

Ele afirmou que a entidade não será um observador passivo das atrocidades, em referência ao massacre da semana passada, em Houla. E da recente denúncia de execução de 13 homes em Homs. O regime sírio nega responsabilidade pelas mortes de homens, mulheres e crianças; e continua a culpar "terroristas" pela violência no país.

A situação na Síria é cada dia mais tensa. Os rebeldes ameaçam retomar a luta armada, caso Bashar Al-Assad não cumpra o plano de paz nos próximos dias.

Hillary: política russa pode levar Síria à guerra civil

Uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, que permita o uso da força na Síria, ainda é uma hipótese não considerada por China e Rússia, nações próximas ao regime sírio e com poder de veto.

Essas duas nações resistem às pressões das grandes potências, e estão cada vez mais criticadas. Nesta quinta-feira, a secretária de estado americana Hillary Clinton reafirmou que a resistência, principalmente da Rússia, pode levar a Síria a uma guerra civil.

Brasil tem motivos para comemorar o Dia Mundial sem Tabaco



As importantes medidas aprovadas na luta contra o fumo recentemente no Brasil fazem com que o País tenha motivos para comemorar o Dia Mundial sem Tabaco. O aumento do preço do cigarro, por exemplo é considerado uma das medidas mais eficazes para conter o tabagismo.

O Dia Mundial sem Tabaco, que acontece nesta quinta-feira, é uma oportunidade para sensibilizar a população sobre os males causados pelo fumo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo.

Dados divulgados pela OMS mostram que mais de 5,6 milhões de pessoas morrem por ano devido aos males do tabaco, sendo 600 mil fumantes passivos, aqueles que não fumam, mas estão sujeitos à fumaça do cigarro.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o tabagismo é responsável pela morte de 200 mil pessoas a cada ano no Brasil. Atualmente, cerca de 25 milhões de pessoas são fumantes no País, mas este número está caindo.

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde aponta que de 2006 a 2011, o número de fumantes passou de 16,2% para 14,8% - menos da metade dos 34,8% de fumantes de 1989. Os homens ainda continuam sendo os maiores consumidores de cigarros, com 18,1%, enquanto 12% das mulheres são fumam.

O índice de jovens entre 18 e 24 anos que fumam é de 12,5%. A pesquisa apontou que 11,3% deles largam o vício antes de completar 25 anos. Diminuiu também a quantidade de homens que fumam mais de dois maços por dia, de 6,3% para 5,4% nos últimos seis anos.

Fatores que ajudaram na diminuição do consumo de tabaco

Em 2005, o Brasil aderiu à Convenção-Quadro do Controle de Tabaco (CQCT), instrumento legal, sob forma de um tratado internacional de saúde pública. O trabalho da CQCT é elaborar e atualizar as políticas de controle de tabaco e proteger as políticas nacionais contra os interesses da indústria do tabaco. Essas medidas têm como meta reduzir a demanda e a oferta do tabaco, proteger o meio ambiente e conscientizar a população dos perigos do cigarro.

No dia 15 de dezembro de 2011, uma nova Lei do Fumo foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff, estabelecendo o preço mínimo de três reais para o cigarro, aumentando a carga tributária sobre o produto, vetando a propaganda nos pontos de venda e proibindo o fumo em locais fechados em todo o Brasil. Os fumódromos, sejam privados ou públicos, não são mais permitidos.

"Não é fácil romper com a imagem de glamour, prazer e sedução que há muito tempo vem sendo associada ao cigarro, fazendo com que as pessoas se iludam e acabem se tornando dependentes", diz a vice-diretora da ONG Aliança de Controle de Tabagismo (ACT), Mônica Andreis. Para ela, a restrição de publicidade e o uso de imagens de advertências nos maços contribuem para uma maior conscientização sobre os males do cigarro, como dependência, doença e morte, quebrando a falsa imagem de glamour que o produto representa.

Já a proibição de fumar em lugares fechados tinha como objetivo inicial proteger as pessoas da exposição ao fumo passivo, mas acabou estimulando os fumantes a reduzirem ou pararem de fumar.

O aumento de preço do cigarro é considerado uma das medidas mais eficazes para conter o tabagismo. A nova Lei do Fumo estabeleceu em 300% a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados para cigarros. Essa elevação no preço entrou em vigor no início do ano, podendo subir até cerca de 20% em 2012 e 55% até 2015.

Além disso, a Anvisa aprovou em março a retirada de cigarros com sabor do mercado e restringe o uso de aditivos que dão aroma aos cigarros, como cravo, baunilha e mentol. De acordo com a vice-diretora da ACT, essas substâncias são usadas para atrair os jovens e facilitar sua iniciação com o cigarro.

Este ano, a OMS escolheu o tema Interferência da Indústria do Tabaco para celebrar o Dia Mundial sem Tabaco.

Conselho de Ética pode usar dados sigilosos da CPI

O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou nesta quinta-feira que vai usar informações da quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), na CPI do Cachoeira, para instruir o processo contra ele que corre no Conselho de Ética. A CPI do Cachoeira aprovou na quinta-feira a quebra dos sigilos de Demóstenes desde janeiro de 2002.

O conselho e a CPI investigam se o senador goiano usava seu mandato parlamentar em defesa do contraventor Carlinhos Cachoeira. Demóstenes permaneceu em silêncio, nesta quinta-feira, em audiência na CPI, convocada para ouvi-lo.

Relator do processo no Conselho de Ética, Costa disse que a decisão de usar o material no seu relatório não abrirá espaço para que os advogados de Demóstenes peçam mais prazo para a defesa. Isso porque o relator afirmou que não vai "atrás de coisas novas", vai apenas tentar analisar, com base nos sigilos, o que Demóstenes falou ao conselho na terça-feira.

Um exemplo da análise que o relator pretende fazer é quanto ao uso de aparelho de telefonia móvel que Demóstenes admitiu ter recebido de Cachoeira e cujas contas eram custeadas pelo contraventor. A quebra de sigilo telefônico do celular, na avaliação do relator, poderá comprovar se Demóstenes o utilizava para falar com várias pessoas, como disse ao conselho, ou apenas com o grupo comandado por Cachoeira.

"A quebra do sigilo telefônico vai comprovar se isso é verdade ou não. Se comprova que não é verdade, mostra que, de fato, ele só usava o telefone para se comunicar com algumas pessoas. Isso é algo fortemente suspeito. Além do que, isso representaria que ele não teria sido fiel à verdade no depoimento" , afirmou Costa.

O relator disse que, se o cruzamento de dados mostrar que Demóstenes mentiu ao conselho, a conduta poderia ser enquadrada como quebra de decoro, passível de cassação. "Tudo isso a gente vai ver, mas eu só vou elaborar isso aí (a análise) nas próximas duas semanas", disse.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Libertadores: Goleiro do Santos exalta força da marcação do Corinthians



Santos, SP, 25 (AFI) - Um dos heróis da classificação do Santos para a semifinal da Libertadores, ao defender um dos pênaltis do Vélez Sarsfield na noite de quinta-feira, na Vila Belmiro, o goleiro Rafael admitiu que será difícil deixar de pensar no confronto com o Corinthians, mesmo sabendo que o primeiro jogo será apenas no dia 13 de junho. E já tratou de elogiar o próximo rival na competição, exaltando a força da marcação corintiana.


"São dois grandes times. O time do Corinthians é muito forte, com jogadores que são muito aplicados na marcação. Além da marcação, tem uma saída rápida para o ataque", avaliou Rafael, durante entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, quando também comparou os dois semifinalistas. Segundo ele, o Santos é mais técnico, enquanto o Corinthians tem melhor marcação. Por isso, prevê um confronto bastante equilibrado.



Rafael ainda comentou nesta sexta-feira sobre a indefinição do local do primeiro jogo contra o Corinthians, já que o Santos não sabe se escolhe Vila Belmiro, Pacaembu ou Morumbi como palco do confronto em que será o mandante na semifinal da Libertadores. "Nosso time lutou muito para chegar até aqui. Pode ser até na Arábia Saudita, que não vai ter diferença. Vamos jogar da mesma maneira", avisou o goleiro.

Também nesta sexta-feira, antes de viajar neste sábado com Neymar para os Estados Unidos, onde eles irão se apresentar à seleção brasileira, Rafael recebeu uma bonita homenagem, ao ter sua imagem pintada por grafiteiros no muro do CT Rei Pelé, ao lado de outros astros da história santista. Mas ele diz que ainda é cedo para ser considerado ídolo do clube. "Para se tornar um ídolo, tem que ficar mais identificado com o clube e a torcida", afirmou.

 
 
Agência Estado

Cientistas afirmam que Marte tem elementos básicos da vida



Novas evidências encontradas em meteoritos sugerem que elementos básicos para o surgimento de vida estão presentes em Marte. O estudo descobriu que o carbono encontrado em 10 meteoritos, que abrangem mais de quatro bilhões de anos da história marciana, se originou no planeta e não foi o resultado de contaminação na Terra. Detalhes do estudo foram publicados na revista Science.



A pesquisa, contudo, também mostra que o carbono de Marte não veio de formas de vida. Uma equipe de cientistas baseada na Carnegie Institution for Science, com sede em Washington, encontrou "carbono reduzido" nos meteoritos e diz que o elemento foi criado por atividade vulcânica no Planeta Vermelho. O carbono reduzido é o carbono que está ligado quimicamente ao hidrogênio ou entre si.

''Química orgânica''
Eles argumentam que isso é uma evidência "de que Marte realizou química orgânica durante a maior parte de sua história". Líder do estudo, Andrew Steele disse à BBC: "Nos últimos 40 anos, procuramos uma piscina do chamado 'carbono reduzido' em Marte, tentando descobrir onde e se está lá, perguntando se, de fato, existia". "Sem o carbono, os elementos de construção da vida não podem existir (...). Então, é o carbono reduzido que, com hidrogênio, oxigênio e nitrogênio, compõe as moléculas orgânicas da vida".

Ele diz que a nova análise respondeu à primeira pergunta. "Esta pesquisa mostra que, sim, o carbono reduzido existe em Marte. E agora estamos nos movendo para o próximo conjunto de perguntas. "O que aconteceu com ele? Qual foi seu destino? Será que deu o próximo passo de criar vida em Marte?"

O cientista espera que a próxima missão a pousar no Planeta Vermelho - a Mars Science Laboratory, também conhecida como "Curiosity" - lance mais luz sobre a grande pergunta. "A questão se estamos sós tem sido um grande condutor da ciência, mas ela se relaciona com a nossa própria origem. Se não há vida em Marte, qual a razão? Isso nos permite traçar uma hipótese mais clara sobre por que há vida aqui".

Então, será que Steele acha que houve ou há vida em Marte? Ele ri: "Tragam-me algumas pedras de lá e eu vou te responder".

Microsoft mantém no Bing links que quer removidos do Google



O Google emitiu novo relatório mostrando que recebe mais de 1,2 milhão de pedidos de remoção de resultados de buscas a cada mês. No topo das reclamações está a Microsoft, que alega violação de direitos autorais sobre mais de 500 mil resultados de pesquisas, de acordo como site The Verge.

Mas ao utilizar a nova ferramenta de transparência do Google, que permite que qualquer um peneire pedidos de remoção, o site Techdirt descobriu que links para conteúdos piratas do XBox, retirados pelo Google a pedido da Microsoft, continuam no ar no Bing, ferramenta de buscas da própria Microsoft.

Ao longo do ano passado o número de avisos de remoção enviados ao Google semanalmente praticamente dobraram. A organização campeã em demandar retiradas do buscador foi uma firma chamada Marketly, que é vizinha da Microsoft em Redmond, Washington (EUA), e inclusive contratada da mesma.

A Marketly mandou pedidos de remoção para o Google solicitando a retirada de diversos links em resultados de buscas que direcionavam para jogos do XBox 360. Ao seguir um link em particular, que levava a um jogo chamado DiRT 2, o Techdirt constatou que ele havia sumido do Google, mas continuava encaminhando para um download pirata através do Bing.

O site The Verge questiona as reais intenções da Microsoft ao cobrar que o Google remova links "sujos", quando ela mesma não consegue fazer isso em seu buscador: ou a empresa está realmente focada em peneirar URLs indevidas no maior buscador da internet, ou simplesmente encontrou uma maneira efetiva de alfinetar a concorrência.

Facebook pode comprar Opera para ter navegador próprio




A próxima operação financeira do Facebook pode levá-lo a um mercados mais competitivos do mundo da tecnologia. De acordo com fontes confiáveis do site Pocket-lint, a rede social de Mark Zuckerberg está interessada na compra do navegador Opera.

Com isso, a empresa, que entrou recentemente no mercado público de ações, concorreria com produtos já bastante estabelecidos entre o Google, Microsoft, Mozilla e Apple. Lembrando que o maior destaque do Opera é seu navegador móvel – e integrações entre ele e as atualizações em redes sociais podem ser interessantes para o Facebook.

Apesar de ainda serem rumores, como já entrou no mercado de fotos com o Instagram e de buscadores com a parceria com o Bing, ter um navegador próprio seria uma ação natural para a empresa.

Com dois anos de atraso, EAS conclui o João Cândido



Com cheiro de tinta fresca e quase dois anos de atraso, o petroleiro João Cândido será entregue hoje pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS), de Pernambuco, em solenidade que contará com a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster. Apesar do clima festivo preparado, a entrega acontece sob um clima de desconfiança por parte da Transpetro, que tem outras 21 embarcações encomendadas e teme pela eficiência do estaleiro.

O presidente da estatal, Sérgio Machado, já cobrou publicamente a atração de novo sócio estratégico para o EAS, após a coreana Samsung deixar o corpo societário do estaleiro, em março. O principal temor da Transpetro é de que os próximos navios continuem saindo a conta gotas. "Demoraram quatro anos para fazer um, mas não podem levar quase um século para entregarem os 22", disse uma pessoa a par da situação.

Informações de bastidores dão conta de que os sócios do EAS - Camargo Corrêa e Queiroz Galvão - estariam negociando com estaleiros asiáticos, porém sem grandes avanços. Questionado sobre as cobranças feitas pela Transpetro, o Atlântico Sul informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não iria se manifestar.

Com a entrega do João Cândido, o desafio agora é terminar o Zumbi dos Palmares, petroleiro que está em fase de edificações. A previsão é de que seja entregue em dezembro deste ano, quase três anos e meio após o início de sua montagem, em agosto de 2009. Na avaliação da Transpetro, o EAS tem estrutura suficiente para montar pelos menos quatro navios por ano.

Instalado em 2007, o Atlântico Sul passou por problemas relacionados à mão de obra. A inexperiência dos trabalhadores contratados resultou em problemas sérios na soldagem do João Cândido, que tinha prazo original de entrega para agosto de 2010, mas teve que ser totalmente remodelado. Somente com esta embarcação, os sócios do estaleiro tiveram prejuízo de cerca de R$ 170 milhões, segundo a assessoria de imprensa do EAS. Em 2011, a empresa amargou uma perda de R$ 1,47 bilhão.

A principal justificativa é de que os contratempos do primeiro navio fazem parte da curva de aprendizagem de um setor que renasce no país, e que as próximas embarcações tendem a sair com maior rapidez. "A sequência de fabricação e de testes será importante para a otimização", afirmou o diretor de Comissionamento do EAS, Paulo Sergio Cardoso.

Ao fim da montagem, o navio ficou com índice de nacionalização de 70%, superior ao mínimo exigido (65%), mas inferior ao petroleiro Celso Furtado, entregue em dezembro pelo estaleiro Mauá, do Rio de Janeiro, que marcou 74%. Segundo Cardoso, o teste de mar realizado com o navio apresentou um resultado muito bom. "Ele foi totalmente testado em seus equipamentos e sistemas e está pronto para operar", garantiu.

Com 25 tripulantes, a embarcação, de 274 metros de comprimento e capacidade para 1 milhão de barris de óleo, inicia ainda hoje a sua primeira viagem. Após a solenidade, o petroleiro parte para a Bacia de Campos (RJ), onde será carregado na plataforma P-38. Depois, segue para o terminal da Transpetro em São Sebastião (SP), de onde o óleo será distribuído para as refinarias paulistas.

Fonte: Valor Econômico

Bares de Brasília aderem ao dia sem imposto e oferecem pratos com descontos de 35% nesta sexta-feira



Vinte e dois bares e restaurantes de Brasília aderiram às manifestações deste 25 de maio, Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos, e vão oferecer pratos com 35% de desconto nesta sexta-feira.

As ações, promovidas pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), em parceria com a Conaje (Confederação Nacional dos Jovens Empresários), IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), Instituto Millenium e entidades empresariais, são um protesto contra a alta carga tributária no Brasil.

Em Brasília, 22 bares e restaurantes oferecerão pratos 32% mais baratos – percentual composto apenas de tributos pagos ao final da conta, conforme o IBPT. O valor será arcado pelos proprietários dos estabelecimentos. O supermercado Big Box da 402 Norte, também venderá 50 cestas básicas sem encargos.



O presidente executivo da Abrasel Nacional, Paulo Solmucci Junior, destaca que o peso dos impostos prejudica tanto os empresários como o consumidor final, que não tem conhecimento do valor que paga em tributos.

— O consumidor tem o direito de ter acesso a essa informação, o que não acontece no Brasil, já que o valor do imposto está embutido no preço dos produtos.

O presidente da Abrasel-DF, Jaime Recena, acrescenta que o Brasil tem uma das maiores cargas tributárias do mundo.

— Precisamos reduzir os impostos para sermos mais competitivos, principalmente no setor de alimentação fora do lar.

O Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos foi formalmente instituído pela Lei Federal 12.325, de 15 de setembro de 2010. Com isso, o dia 25 de maio se tornou uma data de conscientização cívica a ser celebrada anualmente.



Veja a lista dos restaurantes de Brasília que oferecem pratos com descontos nesta sexta-feira:

Armazém do Ferreira

Baco (309 Norte e 408 Sul)

Bar Braham (201 Sul)

Bar do Ferreira (Pier 21)

Bar do Ferreira e Tratoria

Peluso

Bar do Mercado (509 Sul)

Empório Santo Antônio (Pier 21)

Feitiço Mineiro (306 Norte)

Gordeixo (306 Norte)

L´affaire (Hotel Mercure)

Liv Lounge (Condomínio Life Resort)

Mercado 153 (Taguatinga Shopping)

Mittelalter Taberna Medieval (203 Norte)

Oliver (Clube de Golfe)

Parrilla Madrid (408 Sul)

Pizza César (QNA 17 Taguatinga)

Pizza César (Shopping Quê Águas Claras)

Trem do Lago (Clube dos Oficiais da PM)

The Plates (706 Norte)

Xique-Xique (708 Norte)

Zahia Café e Kebab (300B - Sudoeste)

Zahia Café e Kebab (701 Sul)

Blindados do Exército entram pela primeira vez em Aleppo (ONG)

AFP


BEIRUTE — Blindados do Exército sírio entraram nesta sexta-feira, pela primeira vez desde o início da revolta na Síria, nas ruas de Aleppo, segunda maior cidade do país e palco, nas últimas semanas, de manifestações contra o regime de uma amplitude inédita, indicou uma ONG.

Os blindados circulavam principalmente nos bairros de Kalassé e Boustane al-Kasr, onde milhares de pessoas participavam do funeral de um jovem morto a tiros nesta sexta-feira, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Viva a Síria! Fora Assad", bradavam os manifestantes presentes no funeral, depois de dezenas de milhares de pessoas terem saído às ruas para exigir a queda do governo.

"São as maiores manifestações em Aleppo" desde o início da revolta, em março de 2011, havia dito Rami Abdel Rahmane, presidente do OSDH. "São manifestações inéditas e massivas depois de Aleppo ter se mantido afastada no primeiro ano da revolta".

Aleppo, situada no norte do país, se mobilizou progressivamente, impulsionada pelo movimento estudantil da Universidade de Aleppo, centro nervoso da contestação.

Grazi Massafera deve ter alta no sábado


Grazi Massafera e Cauã Reymond gravando comercial pra Suvinil (Foto: Reprodução)Grazi Massafera e Cauã Reymond


Grazi Massafera e Cauã Reymond já já vão poder levar a filhinha Sofia para casa. Segundo uma fonte da maternidade Perinatal, onde ela deu à luz, ouvida peloEGO, tudo está correndo como previsto e a atriz deve ter alta no sábado, 26.

De acordo com a mesma fonte, na tarde desta sexta-feira, 25, Grazi recebeu flores de Fausto Silva e de Xuxa para parabenizá-la pelo nascimento da bebê.

Grazi Massafera deu à luz na noite desta quarta-feira, 23, na maternidade Perinatal, da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar do esforço da atriz para ter parto normal, Sofia acabou nascendo de cesárea.

Sofia, a primeira filha de Grazi com Cauã Reymond, chegou ao mundo às 23h37, com 4,135 kg e 50 cm. "Todos passam bem", informou a assessoria da maternidade. A atriz guardou as células tronco da menina.

ONU cobra respeito aos direitos humanos durante preparativos da Copa



O respeito aos direitos humanos durante os preparativos para os grandes eventos que o Brasil vai sediar, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, é uma das grandes preocupações do Conselho de Direitos Humanos (CDH) da Organização das Nações Unidas (ONU). O Brasil passou hoje (25) pela segunda revisão do Mecanismo de Revisão Periódica Universal (RPU), em Genebra (Suíça), onde apresentou um relatório sobre a situação dos direitos humanos no país.

A revisão foi conduzida por um grupo de trabalho composto por 47 Estados-Membros do CDH. Os três países relatores - China, Polônia e Equador – vão preparar o documento final. Para o CDH, o Brasil precisa estar atento à restruturação urbana em avanço para grandes eventos a fim de prevenir os despejos forçados. Desde o ano passado, comitês populares denunciam remoções forçadas nas cidades que vão receber a Copa.

Outros problemas levantados durante a reunião foram as execuções extrajudiciais feitas pela polícia brasileira, a violência doméstica e contra a mulher, a proteção de defensores de direitos humanos e os direitos de povos indígenas e quilombolas.

Entre os pontos positivos avaliados pelo conselho são as ações de combate à pobreza, as políticas de combate à Aids, os esforços de redução da mortalidade e desnutrição infantis, além da criação da Comissão da Verdade, da implementação da Lei de Acesso à Informação e a criação do Conselho Nacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

De acordo com a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, o Brasil recebeu recomendações muito importantes e os esforços que o país vem fazendo para garantir os direitos humanos da população foram reconhecidos. “Hoje, 78 países se inscreveram e usaram a palavra [durante a reunião] e a maioria tem a mesma opinião e reconhece o esforço brasileiro para inclusão social e econômica”.

Após a apresentação do relatório, o CDH fez algumas recomendações ao Brasil, como a criação de medidas eficazes contra os homicídios cometidos por policiais e de ações para combater os chamados esquadrões da morte, ativos em alguns estados. A ONU também pediu ao Brasil que coloque defensores públicos em todos os locais de detenção, além da criação de um sistema de proteção para os juízes sob ameaça. “O Brasil se comprometeu a dar sequencia a essas políticas”, disse Maria do Rosário à Agência Brasil.

Todos os 193 países-membros das Nações Unidas são submetidos ao mecanismo a cada quatro anos e meio, o que representa uma inovação do sistema internacional de proteção dos direitos humanos. O documento, denominado 2º Relatório Nacional do Estado Brasileiro, apresentado hoje, pode ser lido na íntegra no sitewww.sdh.gov.br da Secretaria de Direitos Humanos.

Mercadante afirma que Enem 2012 terá custo maior ao governo



O ministro da Educação, Aloizio Mercadanteafirmou, nesta sexta-feira (25), que as mudanças feitas pelo MEC (Ministério da Educação) na edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012, para garantir melhores mecanismos contra fraude e um sistema mais justo de correção, vai acarretar em um custo maior para o governo, principalmente por causa da contratação de mais funcionários para trabalhar na aplicação e correção das provas.

Em 2011, o exame custou R$ 238,5 milhões para ser produzido. O orçamento para fazer a edição 2012 ainda não foi divulgado. "Vai ter um aumento de custo principalmente porque nós aumentamos o rigor da fiscalização e, sobretudo, o aumento nos corretores", disse Mercadante em frente à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), após gravar o programa Bom Dia, Ministro, em Brasília. O número vai aumentar 40%, segundo ele, de 3 mil para 4.200 corretores.

Ele afirmou, porém, que o aumento dos gastos é justificado. "É um custo muito menor do que os erros que nós podemos ter", afirmou. Segundo o ministro, o MEC vai divulgar em julho o manual de orientação aos candidatos sobre a redação do exame, que terá as inscrições abertas na próxima segunda-feira (28). saiba mais

O manual servirá como guia para que os candidatos entendam as mudanças no sistema de correção da redação. A partir deste ano, a redação será corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final é composta de cinco notas, que avaliam competências específicas do candidato.

A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de 200 pontos ou mais na nota final atribuída pelos corretores (em uma escala de 0 a 1.000), ou de 80 pontos ou mais em pelo menos uma das competências, a redação passará por um terceiro corretor, em um mecanismo que o Inep chama de "recurso de oficio". Se a discrepância persistir, uma banca certificadora composta por três avaliadores examinará a prova. Os candidatos poderão solicitar vistas da correção, porém não poderão pedir a revisão da nota.

Outra novidade na redação é o acesso dos candidatos à correção da prova. "Fizemos um acordo na Justiça para que todos os alunos tenham acesso à redação após o exame, para que cada um receba [a prova] para fins pedagógicos", disse Mercandante.

IBGE: 2,6% das calçadas de Teresina possuem rampas para cadeirantes

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (25) os dados da pesquisa “Características Urbanísticas do Entorno dos Domicílios”. Entre as conclusões: Teresina possui apenas 2,6% das calçadas com rampa para cadeirantes.





O estudo integra os dados do Censo 2010. Entre os pontos destacados estão a iluminação pública, a pavimentação das ruas, identificação dos logradouros, presença de bueiros e bocas de lobo, arborização, depósito ou acúmulo de lixo nas ruas e esgotos a céu aberto.


O Censo também verificou as áreas de responsabilidade privada. Foram coletados dados sobre calçadas, meio-fio e rampas que garante acesso aos cadeirantes. Esse último ponto foi cumprido apenas em áreas públicas, deixando a desejar nas propriedades particulares.


A pesquisa mostra ainda que na capital do Piauí, 58,1% das ruas estão corretamente identificadas. A iluminação pública, de acordo com o IBGE, chega a cerca de 96,1% das vias públicas na capital.


A pavimentação dos logradouros chegou a 86,6% em Teresina e o esgoto a céu aberto chega a 71,8%, segundo a interpretação dos dados coletados para o Censo 2010. A pesquisa elenca dados dos 224 municípios do Estado.

Banco do Brasil indica Dan Conrado para presidir Previ

O Banco do Brasil anunciou nesta sexta-feira que indicou seu atual vice-presidente de Varejo, Distribuição e Operações, Dan Conrado, para a presidência da Caixa de Previdência dos Funcionários do banco, Previ.



Conrado vai assumir o lugar de Ricardo Flores que, segundo comunicado da Previ, comunicou ao Conselho Deliberativo do fundo sua intenção de deixar o cargo a partir de 1º de junho.

O episódio encerra uma disputa pelo comando do maior banco do país travada entre seu presidente Aldemir Bendine e Flores, e que resultou em mudanças no alto escalão do BB e da Previ, maior fundo de pensão do país, com uma carteira de investimentos de cerca de 150 bilhões de reais.

Em dezembro, o BB promoveu Conrado, então diretor de Distribuição na filial São Paulo, à vice-presidência, numa troca de cadeiras que derrubou o então vice-presidente da área internacional, Allan Toledo, segundo fontes ligadas à situação, era acusado pelo grupo de Bendine de aliar-se a Flores para tentar tomar-lhe o cargo.

Na semana passada, o BB anunciou que seu conselho de administração aceitou o pedido de renúncia de Ricardo Antonio de Oliveira da vice-presidência de governo do banco. Este, por sua vez, era acusado de aliar-se a Bendine para tentar enfraquecer Flores.



Há duas semanas, a Reuters antecipou que o governo já havia comunicado a Flores e a Oliveira que ambos deveriam deixar seus cargos.

Conrado, 47 anos, vai complementar o mandato de Flores, inicialmente eleito para o período 2010-14.

Vaticano interroga 'mordomo do papa' por vazamentos, diz mídia italiana



O Vaticano anunciou nesta sexta-feira que prendeu um suspeito de vazar uma série de documentos confidenciais e cartas para a mídia. Informações de fontes não identificadas indicam que o suspeito, preso na quinta-feira, é o mordomo pessoal do papa Bento 16.



De acordo com o Vaticano, o preso está sendo questionado pelos magistrados do Vaticano. O escândalo que ficou conhecido como "Vatileaks" irritou a Santa Sé por reveler suposta corrupção, mau gerenciamento e conflitos internos.

No mês passado, o pontífice abriu uma comissão especial de cardeais para investigar os vazamentos. "O inquérito realizado pela polícia do Vaticano lhes permitiu identificar alguém em posse de documentos confidenciais", disse o porta-voz Federico Lombardi. "Essa pessoa está sendo questionada."

A mídia italiana identificou o homem preso como Paolo Gabriele, 42, mordomo pessoal e assistente do papa e um dos poucos seculares a ter acesso aos apartamentos privados do papa. Ele é membro da seleta "família do papa", grupo com permissão para entrar no quarto de estudo privado do pontífice. Além Gabriele estão nesse grupo os dois secretários do papa, os sacerdotes Georg Gänswein e Alfred Xuereb, e quatro freiras italianas da comunidade "Memores Domini", que cuidam do apartamento papal (residência oficial do papa).



De acordo com informações da mídia italiana, vários documentos confidenciais foram descobertos na casa na qual Gabriele vive com sua esposa e três filhos na Via de Porta Angelica, anexa ao Vaticano. Romano, o mordomo trabalha no apartamento papal desde 2006, após ter estado a serviço do prefeito da Casa Pontifícia, o arcebispo James Harvey.

A prisão de Gabriele, conhecido como "Il curvo" (o corvo), surpreendeu os ambientes vaticanos, e algumas fontes duvidam que ele seja o autor dos vazamentos, afirmando tratar-se de "um bode expiatório". Segundo uma fonte próxima ao papa, a prisão deixou o pontífice "doído e sentido".

A notícia sobre a prisão surge poucos dias depois de o presidente do banco do Vaticano, Ettore Gotti Tedeschi, ter sido derrubado por sua comissão diretora. A razão oficial para sua saída foi seu fracasso em cumprir "as funções primárias de seu cargo", disse o Vaticano. Mas, de acordo com algumas informações, ele era suspeito de ter relação com o vazamento. Tedeschi afirmou ter sido punido por sua tentativa de tornar o banco mais aberto. "Paguei por minha transparência", disse à Reuters.

O escândalo do Vatileaks domina a cobertura jornalística da Itália nos jornais, programas de TV e revistas pelo fato de terem sido vazados documentos internos altamente sensíveis do Secretariado de Estado do Vaticano, incluindo cartas pessoais do papa Bento 16, o que causou um embaraço para o pontífice e motivou a rara investigação.

O escândalo começou quando uma rede de televisão italiana divulgou cartas enviadas pelo atual núncio nos Estados Unidos e ex-secretário-geral do governo da Cidade do Vaticano, Carlo Maria Vigano, a Bento 16, nas quais denunciava a "corrupção, prevaricação e má gestão" na administração vaticana.

Em uma dessas mensagens, Vigano denunciou também que os banqueiros que integram o chamado "Comitê de Finanças e Gestão" do governo e da Secretaria de Estado "se preocupam mais com seus interesses do que com os nossos" e que, em dezembro de 2009, em uma operação financeira, "queimaram (perderam) US$ 2,5 milhões".

Outros documentos se referem a memorandos criticando o cardeal Tarcisio Bertone, o número dois do papa, e o relato de pagamento suspeitos do Banco do Vaticano.

Após a divulgação desses documentos, o porta-voz Lombardi denunciou a existência de uma espécie de Wikileaks para desacreditar a Igreja. O porta-voz anunciou que a Santa Sé levará à Justiça os autores do vazamento de todos esses documentos reservados e cartas confidenciais ao papa Bento 16, cuja publicação qualificou como "ato criminoso".

*Com BBC, EFE e Ansa

Vacinação não atinge meta e é prorrogada até 1º de junho

Foi prorrogada por mais uma semana, até 1º de junho, a 14ª Campanha de Vacinação contra Gripe. O prazo terminava hoje, mas de acordo com o Ministério da Saúde, que tomou a decisão, possibilitará que um número maior de pessoas se vacine e se proteja da doença. Em Ponta Grossa, o índice ainda está em 54,33%, com cerca de 25.422 vacinados.
“As pessoas não atenderam o nosso chamamento, agora eu peço que quem ainda não tomou, que por favor o faça até a nova data. Não deixem para a última hora”, reforçou a coordenadora de gerência de imunização, Úrsula Kemmelmeier. Com a vacina devem ser imunizados idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos incompletos, gestantes e profissionais da saúde que tenham contato direto com pacientes acometidos por doenças respiratórias agudas. A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar 80% da população alvo da campanha, o que representa aproximadamente 38 mil pessoas. A vacinação pode ser aplicada das 8h às 17h.

Candidato símbolo da era Mubarak, Shafiq chega ao 2º turno



Último chefe de governo de Hosni Mubarak, Ahmad Shafiq, que enfrentará o candidato da Irmandade Muçulmana, Mohamed Morsi, no segundo turno da eleição presidencial, é um produto do sistema político-militar egípcio.

Shafiq, de 70 anos de idade, foi nomeado líder do governo nos últimos dias de poder do antigo ''rais'' para tentar acalmar a revolta popular que acabou forçando a demissão do chefe de Estado, dia 11 de fevereiro de 2011.

Ex-chefe do Estado-Maior da Força Aérea, Shafiq considera que seu passado militar será uma vantagem neste período de transição, mas esse pode ser justamente seu maior problema entre os eleitores, que querem uma separação nítida entre a chefia de Estado e do Exército.

A quem o acusa de ser uma relíquia do regime deposto, Shafiq responde que foi apenas "uma das pessoas nomeadas para um posto vital" e que foi mais útil para o país trabalhando dentro do sistema do que renunciando a cargos de confiança.

Shafiq fez da segurança e da luta contra o crime seu cavalo de batalha. Se for eleito, disse que está disposto a nomear um vice-presidente islamita.

Ele esteve a ponto de ser desqualificado depois da adoção de uma lei que proibia aos altos funcionários da era Mubarak de se candidatar para as eleições presidenciais, antes de ser restabelecido in extremis.

Nas últimas semanas, acelerou sua campanha e enormes retratos seus, ligeiramente sorridente, de terno e óculos finos, podiam ser vistos no alto de muitos edifícios do Cairo e no país inteiro.

Com fama de bom técnico, Shafiq é criticado por sua proximidade com antigo regime e por ter mantido em seu gabinete muitos ministros de Mubarak, tendo, por isso, que renunciar quase um mês depois para a satisfação dos movimentos de jovens que iniciaram a revolta.

Ex-piloto como Mubarak, Shafiq se formou na Academia de Aviação Militar. Sua equipe de campanha destacou que derrubou dois aviões israelenses em uma das guerras contra o estado hebraico.

Ex-ministro de Aviação Civil, ele trocou o uniforme pelo terno civil e se vangloria de ter modernizado a companhia nacional Egyptair e o aeroporto internacional do Cairo.

Em um país onde todos os presidentes vêm do Exército desde a queda da monarquia em 1952, o general Shafiq se mostra "orgulhoso e honrado" de ser "um filho das Forças Armadas" e considera que seu passado militar lhe dará uma relação "fluida" com o exército, o que é uma garantia em tempos de transição.

Pai de três filhas, Shafiq ficou viúvo mês passado e, segundo analistas, este drama pessoal pode ter atraído a simpatia das mulheres.

Sua popularidade também se beneficiou dos choques sangrentos, pois a segurança e a luta contra o crime são o eixo central de sua campanha.

Atuação do BC faz dólar cair 1,71% e fechar abaixo de R$2

Reuters Brasil


SÃO PAULO, 25 Mai (Reuters) - Com uma nova estratégia de atuação do Banco Central, o dólar encerrou a sexta-feira com queda de quase 2 por cento frente ao real, fechando abaixo de 2 reais, o que não acontecia desde o dia 14 de maio, quando ficou em 1,9899 real na venda.

O mercado reagiu à atuação do BC que, desta vez, fez um leilão de swap cambial tradicional logo pela manhã e com a moeda norte-americana em torno da estabilidade. A partir de agora, já há operadores que acreditam que o BC pode diminuir a sua atuação, caso a moeda não volte a subir com mais força.

O dólar fechou em queda de 1,71 por cento, cotada a 1,9945 real na venda. Na semana, a divisa acumulou perdas de 1,19 por cento frente ao real, também em função das intervenções do BC, que realizou leilões de swap cambial tradicional -operação que equivale a uma venda de dólares no mercado futuro- por quatro pregões consecutivos.

"O mercado cansou de apostar na alta do dólar e se curvou ao BC. Agora vai começar a questionar se ele vai continuar vendendo dólares ou não. Se vender, eu acho que derruba muito a moeda e não é o que ele quer. Acho que já chegou o momento de ele parar ", disse o economista-chefe do BCG Liquidez, Alfredo Barbutti.

Fonte da equipe econômica afirmou à Reuters que o governo quer evitar volatilidade do mercado cambial e que a atuação nesta manhã serviu para dar um recado claro para evitar distorções nos "preços."

"É para mostrar que tem galo no terreiro", resumiu a fonte, acrescentando que houve a percepção de que tanto os exportadores quanto os importadores haviam se afastado das negociações, o que é ruim para a própria atividade econômica.

"Quando o mercado (de câmbio) começa a ficar disfuncional, o exportador e o importador começam a sair", explicou a fonte. "O mercado de câmbio não pode ficar sem preço", acrescentou.

O BC voltou a fazer leilões de swap tradicional na sexta-feira passada, quando o dólar chegou a subir mais de 2 por cento e tentando anular contratos de swap cambial reverso -que equivalem a uma compra de dólares no mercado futuro- que venciam no mesmo prazo.

A partir de quarta-feira, o BC mostrou ainda mais força, passando a fazer leilões de swap com ofertas maiores de contratos e não apenas para anular contratos de swap reverso. Na quarta-feira, o dólar chegou a máxima de 2,1070 reais durante o dia, mas acabou fechando com queda de quase 2 por cento.

Um operador de câmbio que prefere não ser identificado afirmou ainda que acredita que a atuação do BC nesta sexta-feira pode ter sido uma antecipação de futuras volatilidades.

Para ele, o BC pode diminuir a sua atuação a partir de agora, só voltando a atuar com a moeda subindo um pouco mais ou no caso de uma eventual saída mais forte de dólares do país.

O diretor de câmbio da Pionneer Corretora, João Medeiros, também destacou que a atuação do BC fez o dólar voltar a recuar e acredita que a voltará a fazer intervenções caso a moeda suba por conta de uma aversão ao risco no exterior.

"A atuação do BC foi preponderante para essa queda na semana. Se houver potencial de alta, o BC pode corrigir isso", disse Medeiros.

Itamaraty confirma detenção de jornalista brasileiro na Síria




O Itamaraty confirmou que há um jornalista brasileiro detido na Síria, mas disse que não divulgará detalhes do caso para não prejudicar as negociações com o país. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, qualquer interpretação equivocada das notícias divulgadas pela imprensa pode gerar embaraço com o governo sírio e dificultar o retorno do brasileiro.

Segundo o ministério, o jornalista não está preso e passa bem. A Embaixada do Brasil em Damasco, capital síria, está em contato com as autoridades responsáveis para que o jornalista deixe o país. Ainda não há prazo para que isso ocorra.

De acordo com o canal GloboNews, o jornalista é Klester Cavalcanti, de 42 anos, que trabalha para a Editora Três, que publica a revista IstoÉ. O Itamaraty não confirmou o nome do profissional.

Anúncio do governo sobre Código Florestal divide entidades ambientalistas



Os vetos e as alterações de texto do Código Florestal apresentados nesta sexta-feira (25) pelo governo federal dividiram organizações ambientalistas. Enquanto algumas entidades criticaram a pouca abrangência dos vetos, outras consideraram as decisões capazes de garantir a preservação. A falta de detalhes sobre as mudanças, entretanto, impediu análises mais detalhadas.

Justamente, por falta de informações oficiais sobre o texto da medida provisória que será divulgada na segunda-feira (28), o Comitê Brasil em Defesa das Florestas, que reúne mais de 160 organizações da sociedade civil - entre elas WWF, Greenpeace e SOS Mata Atlântica - cancelou a entrevista que estava marcada para anunciar a posição do grupo,

Pedro Piccolo, que representa o Comitê no Distrito Federal, adiantou que o grupo defendeu o veto total e que nem mesmo o texto do Código aprovado no Senado Federal – que ainda foi modificado pela bancada ruralista na Câmara dos Deputados - não atende às demandas ambientalistas.

“Nossa avaliação é que a medida provisória vai seguir a linha do projeto do Senado, ao qual estamos nos opondo porque, diferente do que o governo vem anunciando, o texto é insuficiente e não é o projeto do equilíbrio”, disse Piccolo.

Nem as alterações propostas nem a posição dos ministros que divulgaram os vetos, descartando interesses ruralistas ou ambientalistas na decisão, foram suficientes para algumas tranquilizar organizações sobre a eficácia das medidas.

Em nota, o WWF-Brasil afirmou que o governo contrariou os apelos da maioria da sociedade brasileira.

“Apenas o veto integral ao texto possibilitaria a regulamentação da lei atual com participação real da sociedade e da comunidade científica. Sem isso, o Brasil ainda corre risco de retrocesso legislativo, pois as medidas associadas ao veto precisarão novamente do aval do Congresso, onde ruralistas vêm tentando impor retrocessos à sociedade”, destacou o texto.

De outro lado, o presidente da Fundação Amazonas Sustentável (Faz), Virgilio Viana, comemorou as decisões. Para Viana o governo acertou ao priorizar o tratamento diferenciado aos pequenos produtores e a manutenção das áreas de preservação permanente (APP).

“Foi positivo e sensato. Não é momento de buscar vencedores e vencidos, mas é preciso que se considere o meio rural e os interesses da população como um todo. A produção agropecuária também depende disso”, afirmou Viana.

O ambientalista disse ainda que, “muitas vezes, escapa ao olhar dos ruralistas a visão de que é interesse deles manter a floresta que traz a chuva, como já foi cientificamente comprovado”.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Irã e potências terão novas negociações, diz diplomata; Teerã nega



As grandes potências e o Irã concordaram nesta quinta-feira em iniciar uma nova rodada de negociações sobre o polêmico programa nuclear da República Islâmica após dois dias de reuniões em Bagdá, segundo um diplomata, informação desmentida "no momento" por uma autoridade iraniana. "Haverá outras negociações", afirmou um diplomata ocidental que pediu para não ser identificado, depois de dois dias de intensas discussões entre a República Islâmica, de um lado, e a UE e os membros permanentes do Conselho de Segurança (Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China), além de Alemanha, de outro.

"Os representantes russo e chinês tiveram um encontro com o chefe da delegação iraniana (Said Jalili). Eles apresentaram um relatório ao grupo 5+1 e decidiu-se realizar uma nova reunião plenária com os iranianos", explicou o diplomata. No entanto, uma autoridade iraniana assegurou depois à AFP que não se chegou no momento a um acordo para manter as negociações. "Não há acordo algum no momento. Há uma reunião plenária e pode haver um acordo nesta reunião" prevista às 15h GMT (12h de Brasília), declarou.

Nesta quinta-feira, as negociações foram abertas em um clima que um representante iraniano definiu como "muito ruim". Segundo essa mesma fonte, a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, e o líder da delegação iraniana, Said Jalili, mantiveram três reuniões bilaterais.

A entrevista coletiva à imprensa de Ashton que deveria ser realizada por volta das 16h30 locais (10h30 de Brasília) foi cancelada no último minuto. O Grupo 5+1 tenta obter "garantias" de que o Irã não busca fabricar uma bomba atômica, como o suspeitam países ocidentais.

Button fecha o dia como o mais rápido

Em prática atípica com chuva no seu fim, Jenson Button ficou com o melhor tempo no segundo treino livre para o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. O piloto da McLaren terminou com o melhor tempo do dia (1m15s746) e acabou 0s392 à frente de Romain Grosjean, que repetiu o segundo lugar do primeiro treino.Button, da McLaren-Mercedes, acabou 0s392 à frente de Romain Grosjean / Jean-Christophe Magnenet/AFP 
Felipe Massa melhorou sua marca e foi o terceiro colocado, enquanto Fernando Alonso, mais veloz na primeira sessão, terminou em quarto, com um tempo pior do que o registrado antes. Já Pastor Maldonado mostrou de novo bom desempenho e voltou a ficar na quinta colocação, a 1s074 de Button, enquanto Bruno Senna foi o 13º.

Foi um treino mais agitado em relação ao anterior, já que a chuva caiu apenas 14 minutos depois de iniciada a atividade e apenas nove pilotos haviam registrado tempo com os pneus supermacios levados pela Pirelli para Mônaco.

Com isso, pilotos de ponta como Sebastian Vettel e Lewis Hamilton terminaram apenas com o décimo e 11º tempos, enquanto Sergio Perez, que havia sido terceiro no primeiro treino, acabou com a 15ª colocação.

Depois que a chuva começou, várias escapadas aconteceram como as de Massa, Senna, Maldonado e Perez, a maioria na freada para a Curva Mirabeau, num ponto em descida. No fim, a chuva parou e a pista começou a secar, mas não houve tempo para melhora dos tempos.

Os carros voltarão à pista apenas no sábado, para o terceiro treino livre e a classificação, às 9h (de Brasília).

Tempos do segundo treino livre em Mônaco:

1º - Jenson Button (ING) McLaren-Mercedes - 1m15s746
2º - Romain Grosjean (FRA) Lotus-Renault - 1m16s138
3º - Felipe Massa (BRA) Ferrari) - 1m16s602
4º - Fernando Alonso (ESP) Ferrari - 1m16s661
5º - Pastor Maldonado (VEN) Williams-Renault - 1m16s820
6º - Nico Rosberg (ALE) Mercedes - 1m17s021
7º - Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault - 1m17s148
8º - Kamui Kobayashi (JAP) Sauber-Ferrari - 1m17s153
9º - Michael Schumacher (ALE) Mercedes - 1m17s293
10º - Sebastian Vettel (ALE) Red Bull-Renault - 1m17s303
11º - Lewis Hamilton (ING) McLaren-Mercedes - 1m17s375
12º - Paul di Resta (ESC) Force India-Mercedes - 1m17s395
13º - Bruno Senna (BRA) Williams-Renault - 1m17s655
14º - Nico Hulkenberg (ALE) Force India-Mercedes - 1m17s800
15º - Sergio Perez (MEX) Sauber-Ferrari - 1m18s251
16º - Vitaly Petrov (RUS) Caterham-Renault - 1m18s440
17º - Jean-Eric Vergne (FRA) Toro Rosso-Ferrari - 1m18s522
18º - Daniel Ricciardo (AUS) Toro Rosso-Ferrari - 1m18s808
19º - Kimi Raikkonen (FIN) Lotus-Renault - 1m19s267
20º - Timo Glock (ALE) Marussia-Cosworth - 1m19s309
21º - Heikki Kovalainen (FIN) Caterham-Renault - 1m20s029
22º - Charles Pic (FRA) Marussia-Cosworth - 1m20s240
23º - Pedro de la Rosa (ESP) HRT-Cosworth - 1m20s631
24º - Narain Karthikeyan (IND) HRT-Cosworth - 1m20s886

“Novos“ destinos europeus focam nos brasileiros

DA AGÊNCIA BRASIL

O cenário de crise na União Europeia e o aumento do turismo brasileiro no Exterior estão fazendo com que novos destinos busquem atrair mais viajantes do Brasil. Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), da Organização das Nações Unidas (ONU), mostram que os turistas brasileiros aumentaram em cerca de 30% seus gastos no Exterior entre 2010 e 2011, de US$ 16,4 bilhões para US$ 21,2 bilhões. Com isso, o país passou do 18º para o 11º lugar no ranking dos que mais gastam em viagens internacionais.

A República Tcheca descobriu o valor dos turistas brasileiros em 2006, quando eles foram à Copa do Mundo da Alemanha e passaram por Praga. No ano seguinte, o país do Leste Europeu abriu um escritório turístico latino-americano para promover campanhas de marketing que atraíssem os viajantes da região. "De lá para cá, os resultados foram crescentes em todos os anos", disse o representante em São Paulo do escritório turístico da República Tcheca, Luiz Fernando Destro. "O país recebeu 43 mil turistas brasileiros em 2011, contra 11 mil em 2007."

O mais interessante para os tchecos, porém, não é o número de turistas, e sim o quanto eles gastam. "Os turistas brasileiros representam apenas 0,5% do total que visita a República Tcheca, mas seu gasto per capita diário é o terceiro maior no país, só perdendo para o dos turistas da Rússia e do Japão", disse Destro.

A Dinamarca e a Hungria são outros países que, mesmo sem voos diretos, despertaram recentemente para a importância do turista brasileiro. Nos dois últimos anos, os escritórios turísticos dinamarquês e húngaro deram início a campanhas de marketing no Brasil, com foco em feiras setoriais e agentes de viagens.

Entre março de 2011 e de 2012, 33 mil brasileiros visitaram a Dinamarca (por via aérea e em cruzeiros), um crescimento de 30% em relação ao mesmo período anterior, informou Nikolas Mortensen, do escritório de turismo do governo dinamarquês.

Alta do dólar reduz gastos de turistas brasileiros no exterior, diz BC


Brasília – Os gastos de brasileiros em viagem ao exterior chegaram a US$ 1,809 bilhão, em abril, segundo dados divulgados hoje (24) pelo Banco Central (BC). O resultado foi menor do que o registrado em abril de 2011, quando essas despesas ficaram em US$ 1,957 bilhão.

O chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha, lembrou que as viagens internacionais tem uma “relação muito elevada” com o dólar, que começou a subir em março. “Em momentos de depreciação de câmbio [alta do dólar], há tendência de gastos com viagens se reduzirem. Os brasileiros estão gastando menos no exterior. Uma depreciação do câmbio tornam mais caras as viagens internacionais”, destacou.

Segundo Rocha, no mês de maio, até ontem (23), a taxa média de câmbio teve alta de 6,6%, ante abril. A taxa média ficou em R$ 1,98.

Em abril, com taxa média de R$ 1,85, houve alta de 3,3%, em relação a março. Em abril do ano passado, a taxa de câmbio média estava em R$ 1,59.

Na comparação com o mês anterior, no entanto, houve aumento das despesas de brasileiros no exterior depois de dois meses seguidos de redução nos gastos. Em janeiro deste ano, essas despesas ficaram em US$ 2,001 bilhões. Em fevereiro, os gastos caíram para US$ 1,753 bilhão e em março, para US$ 1,627 bilhão, aumentando para US$ 1,809 bilhão em abril.

De acordo com Rocha, essa comparação com o mês anterior não é a ideal por causa da sazonalidade – as características típicas de cada período. Em fevereiro, por exemplo, há uma menor quantidade de dias úteis.

Os dados preliminares deste mês, até ontem, mostram que as despesas de brasileiros no exterior ficaram em US$ 1,239 bilhão. As despesas de estrangeiros no país chegaram a US$ 360 milhões.

De janeiro a abril, os gastos dos brasileiros em viagens internacionais chegaram a US$ 7,189 bilhões, ante US$ 6,709 bilhões observados em igual período de 2011. Esse resultado do quadrimestre é o maior já registrado pelo BC.

As receitas de estrangeiros em viagens no Brasil chegaram a US$ 557 milhões, em abril, contra US$ 527 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. De janeiro até abril, essas receitas totalizaram US$ 2,477 bilhões, ante US$ 2,275 bilhões referentes aos quatro primeiros meses de 2011.

Com os gastos de brasileiros e as receitas de estrangeiros, a conta de viagens fechou o mês passado com déficit de US$ 1,251 bilhão. No primeiro quadrimestre, o resultado negativo ficou em US$ 4,712 bilhões, ante US$ 4,434 bilhões de janeiro a abril de 2011.

Polícia de S.Bernardo descobre depósito de armas no Ipiranga



A Polícia Civil de São Bernardo descobriu na manhã desta quinta-feira uma casa no Ipiranga, na Capital, que estava sendo usada como depósito de armas, munição e drogas.

Os policiais chegaram ao local depois de receber uma denúncia e ficaram de tocaia durante a madrugada. Como não observaram nenhum movimento, invadiram o local e apreenderam 13 espingardas, 13 metralhadoras, granadas, 15 mil munições, coletes à prova de bala, além de grande quantidade de drogas. Ninguém foi encontrado.

A polícia já tem algumas pistas sobre quem frequentava a casa, mas as informações estão sendo mantidas em sigilo.

Presidente do BCE pede "salto corajoso" para salvar euro

Reuters Brasil


ROMA, 24 Mai (Reuters) - O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, pediu nesta quinta-feira que os governos deem um "salto corajoso" em imaginação política para proteger o futuro da zona do euro.

Em discurso em Roma, Draghi afirmou que levará tempo para que sejam vistos todos os benefícios dos empréstimos baratos de três anos do BCE aos bancos, e que agora o ônus recai sobre essas instituições, e especialmente governos, para que adotem suas próprias ações decisivas.

"Estamos vivendo um momento crucial na história da UE (União Europeia)", disse o presidente do BCE na versão italiana de seu discurso.

"Chegamos a um ponto em que o processo da integração europeia precisa de um salto corajoso em imaginação política para sobreviver", completou.

Draghi rejeitou ainda as críticas aos empréstimos baratos do BCE e afirmou que não há sinais de riscos de inflação no médio prazo.

Homem é detido em Nova York vinculado ao desaparecimento de menino em 1979

AFP


NOVA YORK — Um homem foi detido depois de se envolver no desaparecimento de um menino em 1979, um crime não solucionado por mais de 30 anos que ainda comove os Estados Unidos, informou nesta quinta-feira a Polícia de Nova York.
 
"Uma pessoa agora sob custódia fez declarações à NYPD envolvendo-se no desaparecimento e na morte de Etan Patz, 33 anos atrás", disse o comissário do Departamento de Polícia de Nova York, Polícia Raymond Kelly, em um comunicado.

Kelly acrescentou que forneceria mais detalhes ao longo do dia.

Segundo o jornal New York Post, o detido é Pedro Hernández, preso na quarta-feira em Nova Jersey (leste dos EUA, vizinho de Nova York).

O detido confessou à polícia que enganou o menino com doces e, após esfaqueá-lo, despedaçou seu corpo e o colocou em sacos plásticos, de acordo com o tablóide nova-iorquino, que cita fontes da investigação.

O homem estava no radar da polícia de potenciais envolvidos no caso e vivia no bairro da família de Patz quando ocorreram os incidentes, acrescentaram estas fontes.

O pequeno Etan Patz, de seis anos, desapareceu no dia 25 de maio de 1979 em sua primeira saída sozinho de casa até o ponto de ônibus.

O caso havia comovido os Estados Unidos e o rosto do menino foi um dos primeiros a aparecer nas caixas de leite para alertar a população sobre o desaparecimento de um menor.

O dia 25 de maio foi declarado "Dia Nacional do Menino Desaparecido" em sua homenagem.

Patz foi declarado formalmente morto em 2001 e, embora ninguém tenha sido acusado penalmente por seu desaparecimento, sua família ganhou em 2004 um julgamento civil de dois milhões de dólares contra José Antonio Ramos, namorado da babá de Patz e que se encontra atualmente na prisão por molestar crianças.

O promotor de Manhattan, Cyrus Vance Jr, reabriu o caso há dois anos a pedido dos pais e, após anos sem novidades, a polícia de Nova York e o FBI lançaram no mês passado trabalhos de busca em um porão a poucos metros da casa do menor.

Esta operação terminou no dia 23 de abril sem resultados, embora a imprensa nova-iorquina tenha indicado que existia um novo suspeito no caso, um carpinteiro que utilizava o porão do edifício invadido chamado Othniel Miller.

Portuguesa anuncia acordo com Dida e tira goleiro da aposentadoria


Apesar da derrota, Dida fez boas defesas (Foto: Gaspar Nobrega) 
A meta da Portuguesa tem um novo dono. Aos 38 anos, o goleiro Dida suspendeu a sua aposentadoria e defenderá a Lusa no Brasileirão. Desde o início, as conversas com o time rubro-verde, iniciadas há duas semanas, já se encaminhavam para o acerto, que foi assinado na noite da última quarta-feira. Dida ficará à frente do gol lusitano até o fim desta temporada.

O reencontro de Dida com os gramados em partidas oficiais, no entanto, ainda deve demorar. Fora de forma, o goleiro fará uma espécie de pré-temporada antes de estrear.

Ídolo de Corinthians, Cruzeiro e Milan, Dida anunciou sua aposentadoria em julho de 2010, quando se despediu do time italiano. De lá para cá, o goleiro estava parado. Ele diz que até tentou atuar por equipes europeias, mas não encontrou nada que o atraísse. No início deste mês, Dida aceitou o convite do Milan para disputar o Mundialito de Clubes de futebol de areia, realizado em São Paulo. Na ocasião, ele contou, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, que voltar aos gramados ainda estava em seus planos.

A contratação de um goleiro virou prioridade na Lusa desde a reta final do Campeonato Paulista. Com Weverton, então titular da equipe, de saída acertada para o Atlético-PR, e com o baixo rendimento de Rodrigo Calaça nas últimas rodadas do estadual, a diretoria foi ao mercado. Gledson, que disputou o último Campeonato Mineiro pelo Boa Esporte, foi contratado, mas ainda não estreou.

No futebol brasileiro, Dida defendeu as cores de Vitória, Cruzeiro e Corinthians. No exterior, passou por Lugano, da Suíça, e Milan. Com a camisa da Seleção Brasileira, disputou as Copas do Mundo de 1998, 2002 e 2006, e conquistou duas edições de Copa das Confederações (1997 e 2005), uma Copa América (2005) e um Mundial (2002).

Para evitar novo 'silêncio', CPI dispensa dois acusados



Para evitar um episódio semelhante ao depoimento de Carlinhos Cachoeira na CPI, que ficou em silêncio diante das perguntas dos parlamentares na terça-feira, o presidente da comissão, Vital do Rêgo (PMDB), dispensou os acusados Idalberto Matias Araújo, o Dadá, e Jairo Martins de Souza, que afirmaram que usariam o direito constitucional de ficar calado.

Antes de o presidente indagar os dois acusados se ficariam de fato em silêncio, foi ouvido pela CPI o ex-vereador pelo PSDB Wladimir Garcez, apontado como um dos elos entre o grupo de Carlinhos Cachoeira e agentes públicos.

Durante seu depoimento de 20 minutos, o ex-vereador negou que fosse criminoso ou que estivesse envolvido nos negócios ilícitos. Ele afirmou também ser amigo de diversas autoridades como o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; o governador de Goiás, Marconi Perillo; o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia; e até o ex-governador de São Paulo Mário Covas, já falecido.

Garcez acrescentou que fez a campanha do ex-presidente do Banco Central Henrique Meireles, e que, apesar de não ser amigo de Paulo Paim (PT-RS), o senador chegou a ficar hospedado em sua casa.

O assessor também deu uma nova versão para a casa do governador de Goiás, Marconi Perillo, onde Cachoeira foi preso. Ele disse que comprou a casa do governador tucano para tentar lucrar em uma futura revenda. O imóvel, avaliado em R$ 1,4 milhão, foi comprado com três cheques nominais de Leonardo de Almeida Ramos, sobrinho de Cachoeira.

Cantor Pedro Leonardo deixa UTI de hospital após sair do coma

G1


O cantor Pedro Leonardo foi transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Sírio-Libanês, na noite desta quarta-feira (23), de acordo com a assessoria de imprensa de seu pai, Leonardo. Ele está estável e se recuperando da cirurgia na perna esquerda a que foi submetido na terça (22).
foto 
O cantor foi transferido para a unidade semi-intensiva do hospital, que não divulgou boletins nesta quarta. Mais cedo, a assessora Ede Cury disse que Pedro "sentia dor" mas estava lúcido e conversando. A operação serviu para corrigir uma fratura no fêmur, e transcorreu bem. O procedimento durou pouco mais de três horas.

Aprenda

FGV registra inflação menor em cinco capitais

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) apresentou decréscimo em cinco das sete capitais pesquisadas pela FGV (Fundação Getulio Vargas), na semana de 22 de maio, em relação à semana anterior. A maior queda foi observada na cidade do Rio de Janeiro, de 0,17 ponto percentual (ao passar de 0,57% na semana de 15 de maio para 0,4% na de 22).

Outras cidades que tiveram redução foram Belo Horizonte (0,14 ponto percentual, ao passar de 0,62% para 0,48% no período), Porto Alegre (0,11 ponto percentual, passando de 0,57% para 0,46%), Brasília (0,07 ponto percentual, de 0,48% para 0,41%) e São Paulo (0,02 ponto percentual, indo de 0,43% para 0,41%).

As cidades de Salvador e Recife tiveram alta nas taxas do IPC-S. A inflação em Salvador aumentou 0,15 ponto percentual, ao passar de 0,68% para 0,83%. Em Recife, houve aumento de 0,06 ponto percentual, ao passar de 0,74% para 0,8%.

Na semana de 22 de maio, o IPC-S ficou em 0,5%, na média global. O resultado é 0,05 ponto percentual inferior ao da semana do dia 15 (0,55%).

Desabrigados pelas chuvas no Amazonas serão transferidos para balsas

As famílias desabrigadas em função das chuvas que atingem o Estado do Amazonas serão transferidas para abrigos construídos em balsas. A operação, que começa esta semana, segundo a assessoria do governo estadual, vai começar pelo município de Careiro da Várzea, na região metropolitana de Manaus.

No Careiro, 22 famílias estão abrigadas em uma escola. As mais afetadas serão levadas para quatro balsas montadas em uma estrutura que funciona como moradia e inclui barracas, banheiros químicos, fornecimento de água, alimentação e kit dormitório.
Foto: ReutersÁrea alagada após cheia nos rios da bacia amazônica
Em todo o Estado, mais de 77 mil famílias foram atingidas de alguma forma pelas chuvas que afetaram 53 dos 62 municípios. Cinquenta cidades decretaram estado de emergência e três – Barreirinha, Anamã e Careiro da Várzea – decretaram estado de calamidade pública.
O governo estadual afirmou que está ajudando as famílias que moram às margens de igarapés com a limpeza desses cursos d'água e com um plano emergencial de cerca de R$ 2 milhões, para a compra de madeira e, assim, erguer os assoalhos das casas alagadas e fazer pontes e passarelas.
Como o problema é periódico, a assessoria do governo estadual garantiu que já está adotando medidas para minimizar os impactos no futuro. Segundo balanço do governo, 13,8 mil famílias que moravam às margens de igarapés foram retiradas desses locais. Mais mil famílias também devem ser transferidas até o primeiro semestre do ano que vem. Desse total, pelo menos 4 mil famílias ainda devem ser remanejadas este ano.
Na agricultura, os prejuízos provocados pelas chuvas já ultrapassam a casa dos R$ 60 milhões, pelas contas da Secretaria Estadual de Produção Rural. A cifra corresponde à produção de 14 mil famílias de agricultores que foram afetadas. De acordo com o órgão, em alguns municípios toda a produção foi perdida.
O governo federal está disponibilizando uma linha de crédito especial no valor de R$ 350 milhões, por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), com juros de 1% ao ano, carência de três anos, prazo de até dez anos para pagamento e desconto de 40% no valor do empréstimo.

Corinthians e Boca Juniors nas "meias" da Taça Libertadores



O Corinthians derrotou o Vasco da Gama, por 1-0, no Pacaembu, na madrugada desta quinta-feira, em partida dos "quartos", e apurou-se as meias-finais da Taça Libertadores. No Rio de Janeiro, o Boca marcou no fim e eliminou o Fluminense.


O golo da vitória corintiana só aconteceu aos 88 minutos. O trinco Paulinho marcou de cabeça, impedindo que a eliminatória fosse decidida nos penáltis, após empate sem golos na primeira-mão, em São Januário.

Com o resultado, o Timão aguarda o desfecho do duelo entre Santos e Vélez Sarsfield - os argentinos estão em vantagem (1-0). Em caso de vitória do Santos, a equipa de Neymar e Ganso será o adversário do Corinthians. Se o Vélez passar, os argentinos terão, obrigatoriamente, de enfrentar o Boca Juniors, e, portanto, o adversário do atual campeão brasileiro sairia do confronto entre Universidad do Chile e Libertad.

Com um golo do avançado "Tanque" Silva no último minuto, o Boca Juniors eliminou o Fluminense (1-1), no Engenhão, e garantiu vaga nas "meias" do torneio mais importante da América do Sul. Carleto marcou o golo do emblema carioca.

Petrobras confirma nova reserva de petróleo

A Petrobras confirmou nesta quinta-feira (24) a descoberta de mais um reservatório de petróleo na camada pré-sal da Bacia de Campos. Estima-se que o bloco BM-C-33, localizado no sul da bacia, tenha volumes recuperáveis de 700 milhões de barris de petróleo de boa qualidade e 545 milhões de barris de óleo equivalente de gás natural.


A descoberta foi feita por meio do poço Pão de Açúcar, localizado a 195 quilômetros da costa fluminense e a 2.800 metros abaixo da superfície da água. Outros poços perfurados no bloco, Seat e Gávea, já tinham revelado o potencial da área.


O consórcio, formado pela operadora Repsol Sinopec Brasil (35%), pela Statoil (35%) e pela Petrobras (30%), está preparando um plano de avaliação para apresentação à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Talento individual x organização tática na Libertadores



Santos e Vélez Sarsfield-ARG devem fazer o duelo mais técnico e complexo da rodada desta quinta-feira na Libertadores. De um lado, o time brasileiro conta com o gigantesco talento de Neymar e do outro os argentinos ostentam uma organização tática de dar inveja a qualquer treinador brasileiro.

Quem não acredita na eficácia de do jogo coletivo argentino deve rever o VT da partida de ida, em Buenos Aires. Apesar de análise simplista da maioria de que Neymar jogou mal e o Santos não foi o mesmo, o que se viu foi um Santos fez diante de um rival bem postado taticamente.

Essa dificuldade deve se repetir, já que com a vantagem é natural que o Vélez tente minimizar os riscos e apostar no contra-ataque. Héctor Canteros deve ser a peça central e o fator desequilibrante nessa estratégia, já que é um volante que defende muito e sabe sair jogando como um verdadeiro meia quando preciso. Além deve, atletas como o lateral direito Fabián Cubero, Zapata e Emiliano Papa devem se dedicar exaustivamente em diminuir os espaços de Neymar nas laterais de campo.

Em tese, o técnico Ricardo Careca deve em jogadores como mobilidade no ataque como Juan Manuel Martínez e David Ramírez. Centro-avantes de ofício, Lucas Pratto e Mauro Obolo só devem ser acionados somente caso o Peixe abra o placar. Contudo, seja qual for a escolha de Careca, o Vélez deve apresentar um time mais equilibrado do que o instável Santos de Muricy Ramalho.

Fator Neymar

Se o Vélez é superior taticamente, o Peixe conta com o maior talento da América do Sul e portanto entra como franco favorito em qualquer jogo. Neymar é o fiel da balança. Caso acorde em um dia inspirado, a chance do Santos sair vitorioso é grande. No entanto, Neymar não esta livre de ter um dia de jogador normal.

O time de Muricy também conta com o talento de Ganso que joga a partida e vai fazer nova cirurgia no joelho direito. Se precisa do procedimento é evidente que não jogará em plenas condições. Mesmo assim pode decidir devido a sua grande capacidade técnica. Elano e Alan Kardec também são pontos fortes do alvinegro praiano.

O setor mais vulnerável do Peixe é a defesa. Apesar da boa fase, Edu Dracena e Durval formam uma dupla lenta e tem adversários rápidos e técnicos pela frente. Os laterais Léo e Henrique também devem ter trabalho com os rápidos atacantes argentinos. Enfim: talento individual x organização tática. Quem leva?

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 1º de junho



A 14ª campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada em uma semana, até o dia 1º de junho. Inicialmente, a ação nacional do Ministério da Saúde estava prevista para terminar nesta sexta-feira (25).

De acordo com Programa Estadual de Imunização no Paraná, até o início da manhã desta quinta-feira (24), mais de 1 milhão de pessoas já tinham tomado a vacina, o que representa 65% do público-alvo, formado por idosos (com 60 anos ou mais), gestantes, crianças (de seis meses a menores de dois anos), indígenas e trabalhadores de unidades de saúde que fazem atendimento a casos de influenza.

Dos 399 municípios, apenas 85 já atingiram a meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde, que é vacinar (80% do público-alvo. Somente os municípios de Goioxim, Nova Aliança do Ivaí e Pitangueiras já imunizaram 100% das pessoas que deveriam receber a dose. "Estamos intensificando a campanha nas regionais de saúde para que os municípios vacinem todos os grupos prioritários", afirma o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz.

A vacina está disponível em todas as unidades de saúde do Estado das 8h às 17h. "É fundamental que a população se sensibilize e procure as unidades de saúde para receber a vacina o quanto antes", afirma o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto. A vacina, que leva cerca de 15 dias para fazer efeito, protege contra os três vírus influenza mais circulantes no país: influenza A (H3N2) - sazonal, influenza A (H1N1) e influenza tipo B.

NÚMEROS – De acordo com Programa Estadual de Imunização a melhor adesão à campanha no estado é da população indígena, que alcançou 97% de cobertura, o que representa mais de 12,8 mil vacinados. Neste público, a vacinação ocorre nas aldeias onde vivem.

Mais de 153 mil crianças já receberam a vacina, o que representa 69% do total. Já entre os idosos, o índice de cobertura vacinal até agora foi de 65%. O percentual corresponde a 765 mil pessoas com 60 anos ou mais.

Também foram vacinados 92,7 mil trabalhadores de saúde, o que representa 66% do total. As gestantes alcançaram o percentual de 53,4% de cobertura, ou seja, 60,1 mil futuras mães já procuraram uma unidade de saúde para receber a vacina.

CRIANÇAS - As crianças de seis meses a menores de dois anos que não receberam a dose da vacina no ano passado, deverão receber duas doses (a segunda dose 30 dias após a primeira). Já os pequenos que foram imunizados na campanha passada devem tomar apenas uma dose. "É essencial que os pais levem a carteira de vacinação das crianças para que as doses fiquem registradas", explica o superintendente.

A vacina só é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática prévia ou alergia severa ao ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer componente da vacina, e também para pessoas que apresentaram reações anafiláticas graves a doses anteriores.

Recomendações para prevenção de infecções respiratórias:

• Higienize as mãos frequentemente utilizando água e sabão, especialmente após tossir ou espirrar;

• Utilize solução de álcool gel após a higiene das mãos;

•Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca após contato com superfícies (mesas, computadores de uso comum, maçanetas, botões de elevador, entre outros);

•Não compartilhe alimentos, copos, talheres, toalhas e objetos pessoais;

• Ao tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com lenço descartável;

•Sempre que possível, evite aglomerações ou locais pouco arejados;

•Mantenha ambientes ventilados, inclusive em transportes coletivos;

•Adote uma rotina frequente de limpeza dos sistemas de ar condicionado;

•Evite o contato próximo com portadores de síndromes gripais ou outras doenças respiratórias;

•Adote uma rotina frequente de limpeza do ambiente em que vive.

Egípcios retomam votação presidencial

AFP


CAIRO — Os locais de votação reabriram as portas nesta quinta-feira para o segundo e último dia da eleição presidencial histórica, a primeira desde a queda de Hosni Mubarak em fevereiro 2011.

O primeiro turno, que acontece em dois dias, começou na quarta-feira.

As zonas eleitorais abriram às 8H00 (3H00 de Brasília) e a votação prosseguirá até 20H00 (15H00 de Brasília). No caso de longas filas, o horário será ampliado, o que aconteceu na quarta-feira.

Para estimular o comparecimento dos funcionários públicos, o governo decretou feriado nesta quinta-feira.

Doze candidatos disputam a eleição, depois de décadas de pleitos vencidos pelo regime de maneira antecipada.

A comissão eleitoral não divulgou dados sobre a taxa de participação na quarta-feira, mas o governo destacou um "grande comparecimento".

O resultado das urnas é vital para a orientação do país de maior população do mundo árabe, com 82 milhões de habitantes, dividido entre a tendência islamita e a de uma normalização encarnada, paradoxalmente, por personalidades da era Mubarak.

Os principais candidatos são o representante da Irmandade Muçulmana Mohamed Mursi, o islamita independente Abdel Moneim Abul Futuh, o último primeiro-ministro de Mubarak, Ahmed Shafiq, o ex-ministro das Relações Exteriores e ex-secretário-geral da Liga Árabe Amr Musa e o nacionalista árabe Hamdin Sabahi.

Mais de 50 milhões de egípcios estão registrados para vota, entre 12 candidatos, que incluem islamitas, laicos, de esquerda ou liberais, partidários da "revolução" e antigos funcionários do regime Mubarak.

Os resultados do primeiro turno devem ser anunciados em 27 de maio. Caso nenhum candidato consiga maioria absoluta, o segundo turno acontecerá nos dias 16 e 17 de junho.

Taxa de desemprego no país é a menor em dez anos, diz FGV



A taxa de desemprego ficou em 6% em abril, indicando uma estabilidade em relação a março, quando o percentual foi 6,2%. O resultado é um pouco menor do que o observado no mesmo período de 2011, quando o nível de desemprego atingiu 6,4%. A taxa de abril deste ano é a menor para o mês desde 2002, quanto teve início a série histórica.

De acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgados hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população desocupada totalizou 1,5 milhão de pessoas em abril, sem variação na comparação com o mês anterior e com o mesmo período de 2011.

A população ocupada, que somou 22,7 milhões, também ficou estável na passagem de um mês para o outro, mas aumentou 1,8% em relação a abril do ano passado. Esse resultado revela um adicional de 396 mil pessoas ocupando postos de trabalho.