Siga o Blog, nas redes sociais

quinta-feira, 31 de maio de 2012

SECRETÁRIO DA ONU PEDE À SÍRIA QUE APLIQUE PLANO DE PAZ



Secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, pede que a Síria aplique o plano de paz do mediador das Nações Unidas e da Liga Árabe. Nesta quinta-feira, em visita à Istambul, na Turquia, Ban Ki-Moon participou do fórum dos sócios da Aliança de Civilizações, apoiada pela ONU.

No evento, ele pediu que a administração de Damasco aplique o plano elaborado por Kofi Annan. Segundo o secretário-geral, os monitores das Nações Unidas que estão na Síria são os "olhos e ouvidos" da comunidade internacional, para que os "autores dos crimes possam prestar contas à justiça".

Ele afirmou que a entidade não será um observador passivo das atrocidades, em referência ao massacre da semana passada, em Houla. E da recente denúncia de execução de 13 homes em Homs. O regime sírio nega responsabilidade pelas mortes de homens, mulheres e crianças; e continua a culpar "terroristas" pela violência no país.

A situação na Síria é cada dia mais tensa. Os rebeldes ameaçam retomar a luta armada, caso Bashar Al-Assad não cumpra o plano de paz nos próximos dias.

Hillary: política russa pode levar Síria à guerra civil

Uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, que permita o uso da força na Síria, ainda é uma hipótese não considerada por China e Rússia, nações próximas ao regime sírio e com poder de veto.

Essas duas nações resistem às pressões das grandes potências, e estão cada vez mais criticadas. Nesta quinta-feira, a secretária de estado americana Hillary Clinton reafirmou que a resistência, principalmente da Rússia, pode levar a Síria a uma guerra civil.