Siga o Blog, nas redes sociais

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Um dia fui um poeta


Um dia cheguei a escrever
Vários poemas.
Mas o tempo passou e eu
Parei de escrever o que
Mais gostava só para saber
Como as pessoas eram de verdade.
Vi que eu não era um ser igual a eles,
Pois gostava de criar vários mundos.
Então acabei me apaixonando por uma
Mulher que gostava de cálculos e eu
Não conseguia entender como, pois gosto de letras.
Os dias foram passando e vi que ela não era mesmo
Para mim, pois eu gostava dela ,mas ela me odiava.
Isto me deixou desanimando.
Mas fazer o que ?
Voltei a navegar no mundo das palavras
E deixe elas me levar, mas não havia adiantado.
Então vi que elas precisava de alguém que as usa sem
Foi então que vi um papel e uma caneta e voltei a escrever.
Nisto depois vi que era este mundo a quem eu pertencia e
A quem as palavras precisava de um Poeta da Madrugada.


Escrito por Alex Lopes Ozorio,O Poeta da Madrugada