Siga o Blog, nas redes sociais

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Ana, Feliz Aniversário.



Aos poucos deixas tua adolescência
Já pensa em ser gente grande. Mas
Para tornar-se numa grande mulher
Nunca abandone tua serenidade
Tua prudência e tolerância
Pois o verdadeiro amor é a
Simplicidade do entendimento.

Talvez até agora em seus dias, deste o menor impulso,
O menor tropeço nos seus caminhos já percorridos,
Mas a caminhada é longa e com o passar dos tempos
As malas aumentam, cansam os ombros,
Ocupam teu espaço, fatigam teu suspiro.

Que não chore lágrima os seus olhos
Por ninguém que não tenha méritos ou
Que não entenda seus anseios.
O sábio merecerá teu sorriso,
O imprudente não merecerá tua lágrima nem
Tua paz nem tua beleza nem teus encantos.

Nos caminhos que pretende seguir
Haverá sempre muita dúvida,
Observe sempre ao redor onde pode estar às saídas.
Em muitos lugares que andar eu não estarei contigo,
Mas estarei te recebendo quando voltar,
Incondicionalmente filha, este é o amor de pai.


Amauri Valim