Siga o Blog, nas redes sociais

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Vida Cruel


Amor… Amor
Aquela onda do mar
Amor... Amor
Aquelas estrela do mar
Tigre corre... sobe
Na arvore do pobre...
... desce na casa do rico
Deixa tuas garras no mundo
Mundo... pequeno...
Ser grande... valente
Agua para morrer...
... agua para viver
Vem apagar a tristeza
Dentro do meu ser
Com certeza...
Amor... Amor
Nao morra... sem mim
Nao se esqueça que existo
Para sobreviver...vivo por viver
Vida Cruel...
Eu esqueço com o teu olhar...
Corpo que quero...Abraçar
Sentirmos a dor de amar...
Amor infinito... que o mundo me deu
Perdi... Vivi... Sobrevivi... Sou Eu
Estou aqui... Sofri... E Amo Voçe.
Autoria Poemas do Sandro.