Siga o Blog, nas redes sociais

sábado, 13 de outubro de 2012

Você escolhe o título


( Taís F. Sacchi )

Vem tempestade ai
Um céu distante com nuvens
Um céu constelante de estrelas
Pairam como vaga-lumes
sobre a água
Fazem rodízio
mudam de cor
Calor refrescante
pós clima de fervor

Parado, imóvel
Hipnotizado, observo
Sublime céu escuro
Que intriga a perfeição
Sou um astronauta
Sem fôlego, sem nave
Viajo para galáxias "n"
Por intelecto

Absorvo o ar
NÃO HÁ OXIGÊNIO
não porque esteja no espaço,
Mas porque inclino meu peito
Para visualizar melhor
Estou a 90°
CESSOU A PASSAGEM DO AR!
Porém nem percebo.
Como é belo o universo inteiro!

Eu posso te tocar
Te mudar de lugar
És tão supremo que nenhuma diferença fará
Será sempre o 'pai de tudo'
Sou o simples absurdo órfão
-filho da mãe Natureza e do pai Universo-
Não sou a essência
Nem o soluto
Sou o solvente que carrega todas as suas sementes

SEU MOVIMENTO
SEU COMPLEMENTO
E POR FIM, SEU BANAL ELEMENTO.