Siga o Blog, nas redes sociais

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Leitura emoção - Cura interna

Há duas horas antes me lembrei por que as pessoas se drogam - num é nada difícil - peguei um café - a vida 
é um xadrez danado, mexer as pedras exige raciocínio
e aí chorei por três minutos aproximadamente e em seguida peguei um exemplar do periódico GAZZETTA D'ITALIA e a crônica Inflação do Carlos Briganti - médico psiquiatra - dei risadas, sarei ... “Antes, porém, li o editorial com um título que já aliviou o pensar sobre drogas:” Estão tentando assassinar o português” - ao ler o enunciando pensei que se tratava de uma piada a La português de Portuga - um editorial circunscrito sobre o chamado
livro com erros de gramática, onde a Língua padrão descamba para o grotesco da informalidade, se ainda pendessem para o regionalismo, os dialetos pensa-se ser mais lógico.
A leitura certa na hora certa e olha que muitas das vezes visualizo o que está ocorrendo ao meu redor.
Ler ainda é o melhor remédio para o emocional.


Bindes, FÁ - autenticando