Siga o Blog, nas redes sociais

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Definido?

Já li muito sobre o amor
Você sabe sou compulsivo
Por leitura, e a grande maioria deles
Poetas, diferencia o modo como se ama
Uns preferem a noite, outros o dia
O sol, a lua, uma cor predileta
Talvez eles estejam certo
Afinal, você sempre me definiu
Como louco
Eu não diferenciava nada,
Dia, noite, sol, chuva
Imagine... Tudo era igual
Qualquer dor
Tudo tornava-se igual
Por ter teu amor...
Não me preocupo
Aplauso aos poetas
Toda as glórias a eles
Prefiro meu amor, sei que não é
Uma amor louco
Afinal, para defini-lo
Louco é pouco.


Edmilson Lourenço