Siga o Blog, nas redes sociais

domingo, 28 de outubro de 2012

ASSIM NASCEM OS HERÓIS

Terminei recentemente de ler o quarto livro de George R. R Martin, “O Festim dos Corvos”, este autor cria um ambiente para seus leitores de forma inusitada, a novidade de, ao invés de usar capítulos intitulados, separar os acontecimentos pelos nomes dos personagens é incrivelmente criativo. Criando assim, diversas histórias dentro de uma e com variados personagens centrais. Porém o nascer de seus heróis segue o padrão. Padrão que percebemos em todas as histórias, seja D. Quixote de Cervantes, o Candido de Voltaire e também até no personagem de Kafka (Josef) no livro “O Processo”, todos a começar com Jó na bíblia, quando Deus o faz sofrer e o prepara para ser o exemplo de conduta para a posteridade. O herói tem que sofrer para se tornar o vencedor das tormentas, pois só assim, ele estará preparado para vencer, só quem passa pelas dificuldades sabe como alcançar a vitória e se tornar o herói. Tanto na ficção quanto na realidade.

Lucio Sá