Siga o Blog, nas redes sociais

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O porquê ?



É complicado, mas em muitos casos me pergunto o porquê das coisas. Fico imaginando o que poderia ter ocorrido se tivesse tomado uma decisão ao contraria da que eu tomei. Se eu parar para pensar um pouco logo teria um exemplo claro quando estava terminando o ensino médio fui o único aluno ou mais ousado a falar que iria fazer curso de Letras- Inglês fui criticado por vários “amigos de sala”, mas depois de três anos consegui concluir meu curso.
Agora eu imagino se eu não tivesse feito isso e por ventura ter cursado um curso de Administração ou Educação Física com certeza conseguiria me dar bem, pois também gosto muito dos cursos e com certeza não seria o mesmo homem que sou hoje.
Realmente plantamos aquilo que colhemos e nossas escolhas que dão o resultado as vezes ruins ou boas. Tudo depende daquilo que precisamos ou queremos mesmo que na hora nossas escolhas pareçam loucuras elas podem ser ótimas colheitas no futuro ou desastres.
Esse ano com certeza foi um dos anos que mais me questionei em minha vida que parei por várias vezes para pensar nas minhas decisões realmente em alguns casos me arrependo de não ter feito e outras por ter feito. Uma delas era ficar ou namorar com uma garota da minha sala na época de escola e outra por ter dado valor para uma pessoa que não queria nada comigo (nem ser minha amiga).
Pra ser sincero muitas vezes faltou para mim ser mais maduro em vários casos principalmente em arrumar uma namorada hoje aos meus 20 anos de idade posso garantir que estou muito mais preparado para assumir um relacionamento que à uns 5 ou 3 anos atras.
Muitas vezes nós questionamos, pois precisamos pensar se estamos no caminho certo e o que precisamos fazer para melhorar naquilo que ainda está ruim. O ser humano vive de sonhos e metas sem elas não somos nada e nem adianta viver, pois pra que viver sem um objetivo?
Uma vez estava indo embora da igreja e passei perto de uma igreja evangélica com isso o pastor que estava realizando o culto disse “Deus da aquilo que precisamos” essas palavras de certo modo me deixaram-me questionando, pois nem sempre nós conseguimos reconhecer essa necessidade e muitas vezes reclamamos.
De fato posso pensar que determinadas decisões foram ótimas, pois naquele determinado contexto não estava preparado ou precisava ser mais maduro para entender. Às vezes reclamamos de algumas coisas que nem sempre é aquilo que realmente precisamos que iremos precisar (se precisar) num futuro próximo.
Muitas vezes o tempo é o melhor remédio para algumas coisas nem sempre aquilo que queremos realmente é que necessitamos. Como se diz por ai “A pressa é inimigo da perfeição”, tem algumas metas e objetivos que somente o tempo pode nós ajudar a realizar porque naquele exato momento não é o ideal.
Realmente se pararmos para pensar em nossas decisões conseguimos ver que muitas vezes foram boas e outras ruins, mas tudo serve como um aprendizado. Algumas vezes aprendemos e outras vezes precisamos cair novamente até aprendermos na onde devemos parar de errar (se conseguimos parar de errar).
Na vida sabemos que nunca iremos saber muito, pois sempre temos coisas novas para aprendermos e devemos ficar atualizados nos dias de hoje. Sobre os “Por quês” da vida acredito que é necessário nós questionar, pois a partir do momento em que paramos para pensar começamos amadurecer.
Muitas vezes devemos parar um pouco de brigar ou reclamar e nós perguntar “O por que fiz isso ou por que escolhi isso”, pois a partir do momento em que nós perguntamos reconhecemos na onde erramos e assim começar a buscar novos caminhos para melhorar naquilo que precisamos.

A vida é uma caixinha de surpresa sempre precisamos ficar atento e buscar ser feliz mesmo que pareça o fim do mundo sempre tem alguém querendo a vida que você tem. Por isso devemos sempre nós questionar para ver se aquilo que buscamos realmente é o que precisamos.


Escrito por Alex Lopes Ozorio....