Siga o Blog, nas redes sociais

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A História do Português no Mundo


Ao vermos a história da língua portuguesa no mundo, percebemos como seus traços históricos se relacionam.
Por um lado Brasil que antes da chegada dos portugueses estimasse que existisse cerca de 350 línguas indígenas em território brasileiro. Com tudo com a chegada dos portugueses esses numero de línguas faladas caiu para umas 170.
 Nisso percebemos que para oficializar à língua oficial do Brasil não tivemos escolha obtivemos para a então Língua Portuguesa que (a maioria) já se falavam quando o Brasil se tornou independente.
 Angola por outro lado também foi colonizada pelos portugueses que obtiveram a língua portuguesa como língua oficial devido ao numero de angolanos levados como escravos para o Brasil.
Tendo o Pernambuco um dos lugares a onde se utilizaram mais mão escrava angolana, esses e outros laços com Brasil.
Angola também se fala (ou falava) outras línguas, mas obtaram a Língua Portuguesa por causa dessas e outras semelhanças sendo também colonizada pelos portugueses.
Moçambique sendo declarado país independente em 1975, também adotou a Língua Portuguesa como língua oficial, mesmo sendo falado na época por uma minoria da população.
A razão para oficialização da língua portuguesa foi que não se apagam com uma revolução quatrocentos anos de representação portuguesa.
Sendo também que após sua independência a população começou a ser alfabetizada para falar a Língua Portuguesa, tendo os documentos totalmente em português, sendo considerado um país novíssima ao adotar essa nova língua após sua independência.
Guiné-Bissau não teve uma colonização como de Angola e Moçambique servia como uma rota comercial os portugueses iam ficavam um tempo vendendo e depois indo embora. Assim não houve como criar raízes com os portugueses em solo guineense.
Portanto Guiné-Bissau é falada por várias línguas uma delas a mais utilizada era o Criolo, cada lugar desse país falava-se uma língua.
Ao adotar a Língua Portuguesa como língua oficial é para haver melhor interação com os outros países sendo também por ter um “certo” prestigio ter uma língua européia.
Cabo Verde uma das ilhas era uma ilha sem uma vegetação sendo precisava povoa-lá e com mão escrava vida da África para conseguir transforma-lá em um ponto estratégico para abastecimento na rota Índia por via do Brasil.
 Mas a escolha da Língua Portuguesa como língua oficial foi também por haver um acesso ao universo técnico, cientifico, tendo também uns laços aos portugueses.
São Tome e Príncipe era um lugar com uma terra muito boa para se plantar e com a mão escrava conseguiram grandes lucros. Sendo independente em 1975, também oficializou a Língua Portuguesa como oficial.
A nova República (na época que se tornou independente) tinha 100 000 habitantes. Além do português também falava dialeto angolar e o dialetos criolos Forro e Moncó.
A escolha da Língua Portuguesa como oficial foi devido aos mesmos argumentos dos demais países dito anteriormente.
Língua Portuguesa Perdida
Ao mesmo tempo em que houve países que obteve a Língua Portuguesa como Oficial em outros lugares ela foi perdida.
Como foi no caso de em Goa na Índia que o português era falado pelas pessoas só que em 1961, obteve uma mudança que fez o português acabasse de maneira simplificatória.
O mesmo caso foi em Macau que após quatro séculos vividos em língua portuguesa houve a entrega do governo fez com que ocorrer a mudança da língua, havendo também a extinção da língua portuguesa.
Por ultimo o Timor também, pois o português era praticado por apenas uma elite reduzida, fazendo com que a língua se perdesse com o tempo aparentando que nunca foi falada antes, pois os povos nativos nunca se ultilizaram apenas uma minoria que classe alta.

Referência:

ELIA,Sílvio.A língua portuguesa no mundo.São Paulo:Série princípios,1989.p.79. 


Resenha feita por Alex Lopes Ozorio