Siga o Blog, nas redes sociais

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

OBRIGADO ATENAS




ESSA É A ÚNICA FOTO QUE TENHO DO MEU FALECIDO AVÔ NICOLAU DIAMANTE PAPACOSTAS. ESSE POEMA ESCREVI EM SUA HOMENAGEM E ESTÁ NO MEU LIVRO "VIDA DE POETA"...




Moacir Silva Papacosta


Obrigado Atenas, por haver-me emprestado seu filho para ser meu avô querido,
Que abnegou das belas gregas para com uma imigrante italiana desposar,
Aflorava-se em terras brasileiras um sobrenome desconhecido,
Iniciava-se a história da família PAPACOSTA, da qual faz seus descendentes se orgulhar...


Porque, graças a esse grego aprendi que não devo me curvar diante das injustiças;
Aprendi que não é vergonha ir preso quando se luta pela liberdade democrática;
Aprendi ainda que, não devo me calar diante daqueles que maltratam aos menores e idosos;
Que devo falar menos e ouvir mais;
Que devo respeitar o ponto de vista de cada pessoa, sem obrigação de aceitá-lo;
Que não devo dizer amém aos corruptos nem tampouco aos poderosos;
Que devo amar e respeitar a família, a célula mater da sociedade;
Que devo ter uma religião para regular de forma adequada a minha consciência;
Aprendi também que, a única mulher merecedora de inteira confiança e de nossas lágrimas é a nossa mãe;
Aprendi e não me esqueci de que, devemos amar as pessoas pelo que elas são e não pelo que elas têm...


Herdei do grego Nicolau Diamante Papacostas uma vontade infinita de viver.
Mesmo com os pés na cova devo ter esperança de que a situação poderá se reverter. Basta Ter fé!
Aprendi que deverei estar de pé e de cabeça erguida até mesmo na hora da morte;
Que à ciência cabe prever mais ou menos o dia em que uma enfermidade poderá nos levar à óbito, mas, a decisão final está vinculada à vontade Divina;
Que não devo dar braço a torcer quando tenho argumentos convincentes para provar o contrário;
Que não devo me arrepender das coisas que faço, mas sim das que não faço;
Que não devo bater em rosto de homem já que não posso beijá-lo;
Que o corpo de mulher foi criado para ser amado e não para ser surrado;
Que só se esquece uma paixão, colocando-se outra em seu lugar;
Que a felicidade são momentos passageiros que jamais haverão de voltar;
Que o coração é moradia do amor e a mente a alavanca que não deixa a vida parar;
Que a prostituta deve ser respeitada como o médico, o advogado e o político, porque é a sua profissão;
Aprendi também que, ninguém deve vangloriar-se da desgraça alheia nem enriquecer-se ilicitamente...


Obrigado Grécia, terra de Aristóteles, Sócrates, Platão, berço eterno da civilização,
Terra das mulheres misteriosas, mas cheias de encantos mil,
Na olimpíada da vida, medalha de ouro não ganhei, mas em compensação,
de presente Deus me deu uma família com a bravura e alegria dos gregos, a coerência e amabilidade dos italianos temperada ao jeitinho brasileiro...
Somos enfim, a continuação dos PAPACOSTAS gregos, curtindo intensamente as maravilhas adormecidas nesta Pátria amada, idolatrada: Brasil!