Siga o Blog, nas redes sociais

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Quanto tempo



Faz um tempo
Que venho guardando
Meu coração para ti.

Nada é por acaso
Ontem aprendi a escrever
E hoje sou Poeta da Madrugada.

Ontem vi velhos casais,
Hoje vi novos casais,
Amanha virei novos casais se formando.

Sou poeta,
Não sei como é o amor de verdade,
Mas escrevo melodias,
Entre linhas e linhas,
Vou escrevendo e escrevendo,
Até conseguir escrever este poeminha,
Num simples papel com linhas.

Escrito por Alex Lopes Ozorio, O Poeta da Madrugada