Siga o Blog, nas redes sociais

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Não sinto sua falta

Alguns anos estava afim dela,
Mas ela nem me dava bola.

Sempre sorria,
Eu ali apaixonado,
Por alguém que não me da bola.

Demorei dois anos para ver isso,
Mas o tempo passa,
Hoje se faz dois anos que não gosto dela,
Apenas observo.

Uma fez vi ela dizer,
Que apenas sorria quando,
Ela pensava que eu gostava dela.

Mas o tempo passa nem sei,
A onde está,
Também ando ocupado,
Mas quando estava escrevendo este poema,
Lembrei dela.

Gostaria de relatar que não,
Achei alguém para substituir este vazio,
Mas ando escrevendo,
Estudando e trabalhando.

E claro ainda busco alguém ,
Para substituir este vazio,
Mas em quanto isso irei, 
Ficar aqui escrevendo mais um poema. 

 Escrito por Poeta da Madrugada