Siga o Blog, nas redes sociais

terça-feira, 6 de novembro de 2012

“Resistir é preciso”.


Não importa qual é a nossa luta. Se estamos certos de que há alguma coisa ainda a se fazer, lutaremos até o fim.

Que se cumpra a lei e que todos os índios e povos ribeirinhos do Xingu sejam ouvidos!

Vamos que vamos!
Juntos fazemos a diferença!