Siga o Blog, nas redes sociais

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Confusão no céu


Vai tocando essa prosa
Nessa linha de cordel
Vô te dá uma prova
Que essa prosa veio do céu

São Benedito escreveu
Com a pena de São joão
Quase que o pau comeu
Quase que deu confusão

São Pedro veio apartar
Antes que o pior acontecesse
São Benedito ia apanhar
Ia levar um cacete

A pena era de ouro
São João ganhou de Nossa Senhora
Pra ele era o maior tesouro
Com ela que ele escrevia suas prosa

São Benedito pegou emprestado sem pedir
Foi ai que se deu o mau entendido
São João ficou desesperado
Foi procurar até o santo Expedito

Passou três dias, uma semana
Ninguém achou a tal da pena
São João tava furioso
Não queria nem mais fazer fogueira

Jesus Cristo apareceu
E reuniu todos os santos
Quem pegou a pena do João?
Quem pegou levanta a mão

São Jorge montado no cavalo
Aponto com a lança
Olha ali o Benedito
Tá chorando que nem uma criança

Jesus Cristo então perguntou
Foi tu Benedito?
Que pegou
Sim, fui eu meu senhor

Só peguei emprestado um pouquinho
Achei que não ia ter problema
Só queria escrever uns verso
Só queria fazer um poema

Pra entregar pra Nossa Senhora
Dar pra ela de presente
Ela é tão bondosa
Queria deixar ela contente

Cuida de todo mundo na terra
Não tem tempo pra descansar
Só queria agradar ela
Só queria lhe presentear


Com uns verso bem bonito
Numas linha de cordel
Mas João ficou enfurecido
Óia a confusão que deu no céu

João meio sem jeito
Foi logo pedindo desculpa
Desculpa Benedito
Foi tudo minha culpa

Tô nervoso porque meu dia tá chegando
Ainda não fiz nem um cordel
Meus devotos já tão me chamando
Cumé que eu vou descer aqui do céu

Não te preocupa João
Eu posso te ajudar
Já terminei o poema de Nossa Senhora
Só me falta declama

Jesus Cristo então disse:
Bom! Tá tudo resolvido
Agora vamos voltar pro trabalho
Temos um monte de serviço

Vem cá Benedito
Não sabia que tu gostava de escrever
Toma aqui essa pena
Que eu ganhei quando ainda era nenê

Ganhei de um dos reis magos
Quando nasci lá em Belém
Agora ela é tua
Escrevi pra mim também

Ô, meu senhor
Não precisa nem pedir
Que presente mais bonito
Hoje não vô nem dormir

Amanha bem cedinho
Vou lhe escrever um cordel
Agora vou ajudar João
Á iluminar esse céu

O dia dele tá chegando
A festança vai começar
Lá em baixo já tá todo mundo festejando
Esperando nóis chega......................Sandro Kretus