Siga o Blog, nas redes sociais

sexta-feira, 10 de julho de 2015

O que eu sou?



O espelho me vê
Minha imagem chora.

 A porta fala, 
Do que não houve.

 A cama geme, 
O chão treme. 

O dente range,
 A brisa pulsa. 

O vento chora, 
O teto grita. 

A lua observa, 
O quintal lá fora. 

A estrela pisca 
Só pra mim. 

No portão da rua, 
Reflete a lua. 

O que eu sou? 
Senão o reflexo 
No meu espelho?